Hot News Mundocross by Jorge Soares #7

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 26 de abril de 2013 - 23:45

O Hot News Mundocross, coluna do site Mundocross, é publicada semanalmente aqui no site Mundocross, com notícias para quem gosta de estar por dentro das últimas do Mundo do Cross, especialmente as com assuntos nacionais. Boa leitura !!!

Agora para você o Hot News Mundocross by Jorge Soares #7

Vídeos da abertura do Capixaba de Motocross 2013
Vídeos On Board do piloto Daniel Pessanha, ‘Federal’ #35 na primeira etapa do campeonato Capixaba de Motocross 2013 em Itarana, no Espírito Santo, no dia 21 de abril. Assista os vídeos com os melhores momentos da principal categoria.
Clique aqui e assista a primeira bateria
Clique aqui e assista a segunda bateria
Vale a pena assistir os vídeos e ver os pegas entre Higor Pasos, Daniel Pessanha e Tiago Brinati.

Léo Nunes é uma das revelações da equipe X Motos
Ee garantiu mais um pódio para a escuderia neste final de semana, quando chegou em 3º lugar na primeira etapa do Arena Cross 2013. Durante o primeiro treino, Léo Nunes virava as melhores voltas, mas não conseguia manter uma constância. Ele estava ansioso e caiu 5 tombos em apenas 10 minutos. “Não conseguia me concentrar durante o treino e isso me tirou das primeiras colocações. A tranquilidade é uma das habilidades decisivas para atingir bons resultados em qualquer prova”, disse. Mas como treino não ganha campeonato, Léo partiu para o classificatório convicto do pódio. Ele conseguiu virar o segundo melhor tempo, sendo assim o segundo a escolher o gate de largada. Ele largou em quinto e na primeira curva foi a terceiro. Léo estava passando o segundo e o primeiro quando teve uma queda que o levou a 8º posição. Contudo, o pódio não estava longe e Léo resolveu acelerar. Foi então que em apenas 5 minutos de prova ele passou cinco pilotos e terminou na terceira posição a 0.37 segundos do segundo.

Nunes 02

Léo Nunes 

 

Jean Ramos na MX Pró: 250 X 450
Jean Ramos provou mais uma vez que garra e determinação são sim os diferenciais que garantem o sucesso em qualquer corrida. Jean quebrou a moto na primeira bateria e com outra emprestada terminou em sétimo lugar na primeira fase do Arena Cross 2013. Jean Ramos dominou tanto os treinos livres quanto os cronometrados, sempre abrindo vantagem sobre os adversários.  Na primeira bateria, Jean largou na ponta e impôs seu ritmo abrindo pouco a pouco uma vantagem sobre o segundo colocado. “A minha moto começou a perder rendimento e eu cai. Passei a correr na segunda posição quando a moto perdeu rendimento novamente, provocando uma segunda queda”, contou. Jean vinha recuperando quando o motor da moto travou ocasionando outro tombo: desta vez assustador e que deixou todos que assistiam preocupados. Mas o atleta saiu andando e bem.  “Sem moto para a segunda bateria, Jean recebeu o convite de usar a moto do Gustavo Amaral. A moto era igual a que ele andou no AMA Supercross, mas era uma 250 contra 11 motos 450cc. Mesmo assim terminou na 7º posição”, disse Cale Neto, chefe da Escuderia X Motos.
 
Gustavo Oliveira se recupera de acidente
O piloto Gustavo Oliveira não correu neste sábado, pois se recupera do acidente que sofreu na primeira etapa do Campeonato Paranaense de Motocross. Por má sinalização da pista, o piloto sofreu um tombo que ocasionou traumatismo craniano, perda de memória, ombro deslocado, além de vários cortes por todo o corpo. “Essa semana recebo o resultado do exame, mas tudo leva a crer que terei que operar o ombro esquerdo, onde rompi diversos ligamentos e fraturei o osso”, explicou. Gustavo espera correr na segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, que acontece no final do mês de Maio no Mato Grosso do Sul. A segunda etapa do Arena Cross 2013 acontece dia 08 de junho em local a ser definido pela organização do evento.

Cauê Aguiar venceu segunda etapa do CACC em Mogi das Cruzes
A pista do ASW Off-Road Park foi o palco para a segunda etapa do CACC – Copa Adrenatrilha de Cross Country – neste domingo, 21, em Mogi das Cruzes. O piloto IN Kawasaki Racing, Cauê Aguiar, foi um dos destaques do evento ao vencer a classe XC2 e ainda terminar na 2ª posição na classificação geral.Apesar de nunca ter competido nesta modalidade, Cauê mostrou-se a vontade no circuito de Mogi, que mesclava partes de Motocross, com um trecho de trilhas cheio de subidas, descidas, buracos e muitas raízes. Mesmo vencendo com uma boa margem, o piloto não teve vida fácil durante mais de uma hora de prova. “Na primeira volta um outro piloto se chocou comigo e nós dois caímos, acabei ficando preso debaixo da moto e demorei muito para conseguir levantar. Achei que não teria como recuperar” contou o piloto. Cauê se recuperou ao longo da prova e depois de alcançar a liderança, ainda teve tempo para abrir uma grande vantagem com sua KX450F antes de comemorar a 1ª posição. “Fiquei muito satisfeito com o resultado e com o desempenho da minha moto, a KX450F, consegui manter um ritmo de prova bom durante todo o tempo. Gostei muito do Cross Country, afinal, a modalidade mescla Motocross com Enduro. Com certeza estarei presente nas próximas etapas” completou ele. Mesmo com a ausência na etapa de abertura do certame, o piloto IN Kawasaki Racing entrou na briga pelo título da classe XC2, já que, conforme o regulamento, todos os pilotos têm direito a um descarte.

415c5ad8ff80fca9d5402fa744e8cf58foto1

Cauê Aguiar

 

Equipe Dunas conquista pódio em duas categorias no Arenacross
A exemplo do que ocorreu na abertura do Brasileiro de Motocross, dias 13 e 14, a equipe Dunas repetiu o bom desempenho também na primeira etapa do Arena Cross no último dia 20, em Jundiaí (SP). Endrews Armstrong foi rápido na MX2 e garantiu a 3ª posição na prova e no pódio. O paranaense chegou colado no segundo colocado e marcou também a segunda melhor volta da prova. No campeonato o piloto tem 15 pontos. Na categoria Júnior Vitor Almeida teve um bom início, largando no terceiro posto. Ainda nas primeiras voltas o piloto assumiu a 2ª posição e teve de suportar os ataques dos adversários, para encerrar a corrida na vice-liderança, alcançando mais um pódio para a equipe Dunas. Na classificação geral ele tem 17 pontos, três a menos que o ponteiro. Haverá um intervalo de cerca de um mês para as próximas provas do calendário nacional e os pilotos Dunas seguirão a rotina intensa de treinos até a data do próximo desafio.

Jadson Teles dá nome de eterno campeão ao filho

537037_485484564839715_1800792066_n

 

Felippe Menuzzi em busca de recuperação no Gaúcho de Motocross
Neste final de semana a cidade de Segredo na região central do Rio Grande do Sul, o piloto Felippe Müller Menuzzi encara a segunda etapa do campeonato Gaúcho de Motocross 2013. Esta será a grande chance para Felippe tentar um grande resultado para encostar no líder. Na primeira etapa Felippe teve problemas em sua moto e não conseguiu ter um bom rendimento na etapa de abertura do campeonato em Maratá. Com os problemas na moto solucionados Felippe teve uma grande participação na etapa de abertura do Brasileiro de Motocross na cidade de Carlos Barbosa, onde conquistou a quinta colocação após sofrer três quedas, sendo o único gaúcho entre os dez primeiros colocados da etapa. No último final de semana Felippe aproveitou para participar da 6ª etapa do Zona Sul de Velocross que foi realizado na sua cidade. Na etapa Felippe aproveitou para testar em condições normais de prova a sua KTM 2013, o rendimento do piloto foi muito bom, no entanto, as quedas novamente foram decisivas nos resultados, Felippe ficou em segunda na Mirim B e oitavao colocado categoria C150. Nesta semana Felippe enfrentou novamente problemas com sua moto que o acampanha a mais de um ano, foi durante os treinos na pista do CT da Perazzo Racing na cidade de Rio Grande. No entanto, nesta quinta o jovem pedritense conseguiu realizar normalmente treinos com sua moto nova na cidade de Novo Hamburgo. “Consegui fazer um treino muito bom, o André, mecânico que preparou a moto, deixou ela perfeita, me senti seguro na moto ela está respondendo muito bem. Não vejo a hora de entrar na pista em Segredo, quero conseguir um bom resultado para entrar na briga pela liderança.” – comentou Felippe.

Rômulo Bottrel nos X Games
Nesta primeira etapa da nova jornada global da competição, tivemos o prazer de ter o nosso piloto Rômulo Bottrel como atleta convidado, a fazer parte do seleto grupo de atletas, que disputaram a modalidade Endurocross, ou EnduroX, modalidade que mescla os obstáculos de um extreme enduro, troncos, pedras, rampas de madeira, poço de lama, com técnica e velocidade. Realmente um evento muito legal de se assistir, é ação o tempo todo. A estréia de Bottrel foi ótima, apesar de não ter quase nenhuma experiência nesse tipo de competição, nosso piloto representou, mesmo não conseguindo se classificar para a final, conseguiu uma largada épica na LCQ (repescagem), mas teve dificuldades com a pista, que já era díficil, e se tornou ainda mais pesada com o anoitecer, e o sereno típico de Foz do Iguaçu, tornando os obstáculos ainda mais molhados e escorregadios. A classificação para a tão sonhada final não veio, mas a experiência e bagagem para os próximos eventos são enormes.

Team Rinaldi defende lideranças no Gaúcho de Motocross
O Team Rinaldi defende lideranças na segunda etapa do Rinaldi Gaúcho de Motocross, que será realizada neste final de semana na cidade de Segredo, localizada na região central do Estado. Duda Parise está na ponta das principais classes, a MX Pró e a MX2, enquanto Maiara Basso quer manter o primeiro lugar na categoria feminina MXF. “Espero fazer boas corridas e manter a liderança da MXF. Cansa bastante correr em três baterias, é preciso saber poupar quando houver oportunidade, mas sempre vou com força máxima”, garantiu a gaúcha de Gentil, que acelera ainda na MX3 e na Intermediária. Os irmãos dela, Lucas e Mateus Basso, estão garantidos nas corridas da MX Pró e da MX2. Duda Parise está em recuperação de uma queda que sofreu em Carlos Barbosa, na abertura do Brasileiro da modalidade no início do mês. “Apesar de ainda não estar 100%, estou muito empolgado e vou usar a cabeça no Gaúcho”, disse o piloto 15 vezes campeão estadual. Nas categorias de base, Gabriel Della Flora defende o título da Júnior (antes 85cc) e Gabriel Andrigo alinha no gate da 50. “Estou bastante preparado, treinei bastante para a corrida. Quero vencer e dedicar o título a minha irmã Briane, que faz aniversário de 12 anos no domingo”, concluiu Andrigo.

xDSC_7011

Douglas ‘Duda’ Parise

 

Pensamento da Semana

10017_160194690808312_858785666_n

 

Colaboração:
Mundopress
André Charão
Mariah Morgado
Paulo Eduardo de Araújo

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly