Mariana Balbi viaja aos USA visando o WMX

Por Broop Comunicação | Foto por Divulgação | 26 de abril de 2013 - 7:42

A piloto mineira Mariana Balbi embarcou na tarde desta quarta-feira (24) rumo aos Estados Unidos para dar início a sua preparação para a disputa do WMX – Women´s Motocross 2013. A mais importante competição da modalidade voltada a mulheres em todo o mundo, que terá a primeira etapa realizada no dia 18 de maio, em Sacramento, na Califórnia.

Mari aproveitará as próximas semanas para se readaptar a motocicleta 250, já que no Brasil ela disputa as categorias Feminina e MX3 do campeonato nacional com uma 450. Com sua base em Perris, também na Califórnia, a atleta Pro Tork terá ao seu alcance pistas de alto nível para treinar e fazer os acertos finais no equipamento.

Seu objetivo é superar o resultado alcançado na última temporada, um quarto lugar. “Estou feliz pelos calendários não terem coincidido e pelo suporte que estou recebendo da minha equipe. A disputa neste ano será curta, com apenas três etapas. É importante eu estar pronta para o desafio, dar o meu melhor em todas as corridas e cuidar para não colocar tudo a perder. Estou confiante”, afirma.

Copa Ninja 250`


O maior nome entre as mulheres no Motocross nacional tem 26 anos, 21 deles dedicados ao esporte. Seu currículo é repleto de grandes conquistas, Mari foi a primeira mulher a vencer uma prova entre homens no Brasileiro e também a única na história do Mundial a se classificar para um Grand Prix na classe principal. Ela também é referência no exterior graças ao desempenho expressivo no WMX.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly