AMA Motocross 2013 rumo à Thunder Valley

Por Mariah Morgado | 22 de Maio de 2013 - 20:07

O altamente esperado AMA Motocross 2013, supervisionado pela AMA Pro Racing, começou no último Sábado na ensolarada Califórnia, onde a ação da corrida alcançou as expectativas da campanha publicitária do off season. Ryan Villopoto e Ken Roczen são os pilotos a serem vencidos depois da primeira etapa.

Neste sábado, 25 de maio, o campeonato segue para Lakewood, nas grandes altitudes do Colorado, para a segunda etapa das doze corridas do campeonato, na famosa pista de Thunder Valley MX Park. 

Ryan Villopoto, da equipe oficial Monster / Kawasaki lidera a altamente competitiva categoria 450 nessa segunda etapa do final de semana depois de varrer as duas baterias da etapa de abertura no circuito de Hangtownn MX Classic. Depois de perder a temporada 2012 inteira lesionado, o campeão 2011 retornou para o AMA Motocross com uma vitória dominante em sua primeira corrida de volta.

O atual campeão do campeonato, Ryan Dungey, começou sua temporada com uma dobradinha no segundo lugar em Hangtown, onde o piloto da equipe oficial Red Bull / KTM ficou  a tarde toda na tentativa pela liderança. Como o campeão em Thunder Valley em 2012, Dungey entra no final de semana com um desejo forte de recuperar a primeira posição na classificação do campeonato.

James Stewart, da equipe oficial Yoshimura / Suzuki saiu balançando nessa temporada depois de se ausentar por quase a metade do campeonato do ano passado. Stewart pegou os dois holeshots em Hangtown, onde um resultado consistente (3-3) o premiou com o pódio. Stewart brigou com Dungey e Villopoto durante as duas baterias, conforme o trio deram um show emocionante que com certeza vai continuar durante a temporada 2013. 

Tanto Dungey quanto Stewart já tiveram grande sucesso em Thunder Valley, combinando vitórias anteriores para reivindicar quase a metade do total das vitórias na categoria 450 na história da pista. Atualmente Dungey sustenta as três ultimas vitorias gerais no Colorado, enquanto Stewart vai querer repetir as vitórias de 2007 e 2008.

Entretanto, algumas das ações mais emocionantes na etapa de abertura do AMA Motocross aconteceu além das três primeiras posições. Trey Canard e Justin Barcia da equipe oficial Honda / Muscle Milk deram tudo na etapa, onde a dupla assegurou, respectivamente, a quarta e quinta posições. 

Outros pilotos de dianteira para ficarmos de olho são Mike Alessi da equipe privada Smartop / MotoConcepts, Josh Grant da equipe oficial Toyota / JGR / Yamaha, Ryan Sipes, da equipe semi-oficial Rockstar / Suzuki, Malcolm Stewart da equipe semi-oficial Lucas Oil / Troy Lee /  Honda e Dean Wilson, da equipe semi-oficial Monster Energy / Pro Circuit / Kawasaki.

Ken Roczen, campeão Mundial 2011 da categoria MX2, abriu a temporada de forma incrível, assegurando sua primeira vitória da carreira na categoria 250 em Hangtown MX Classic. O piloto da equipe oficial Red Bull / KTM brigou com o companheiro de equipe Marvin Musquin, Eli Tomac, da equipe semi-oficial Geico / Honda, e o atual campeão da categoria 250, Blake Baggett, da equipe semi-oficial Monster / Pro Circuit / Kawasaki. Mas Roczen provou ser a força dominante com uma varredora vitória nas duas baterias. 

Tomac também se colocou na disputa pela liderança nas duas baterias, trocando posições com Baggett, Musquin e até mesmo com o colega de equipe, Zach Osborne, no início. Empatado com Baggett pelo segundo lugar na classificação atual, Tomac entra no Colorado, Estado onde nasceu, nesse final de semana com um desejo ainda maior de assumir a posição número 1.

Na categoria 250 no ano passado em Thunder Valley, Justin Barcia emergiu vitorioso com resultados (1-2) nas baterias. A mudança completa de Barcia nessa temporada para a categoria 450, deixa o campeão 2011 de Thunder Valley, Blake Baggett, como o único vencedor anterior a permanecer na categoria, aumentando as chances de um vencedor novato no evento em potencial no Colorado. 

Desde que se tornou parte do AMA Motocross em 2005, Thunder Valley MX Park tem sido uma das paradas mais populares do campeonato. Com seu layout de altitude elevada e alastrada por quilômetros, Thunder Valley apresenta um dos desafios mais raros para os pilotos e suas equipes. O ar rarefeito de montanha rouba o poder da moto enquanto também teste a resistência do piloto. É uma combinação única que só é encontrada em Thunder Valley e a cada ano, é uma das histórias mais importantes da corrida. Além disso, o cenário pitoresco e a localização em encosta a torna um dos melhores locais para os fãs, com vistas incríveis de qualquer ponto na pista.

A etapa de Thunder Valley vai ser realizada no próximo sábado, 25 de maio, começando às 15:00 horas (horário local) sendo 18:00 horas no Brasil pelo horário de Brasília. E você poderá assistir as baterias aqui no site Mundocross. Confira na sexta-feira os horários das transmissões Ao Vivo pelo site Mundocross.

Serviço da primeira etapa e classificação atual
AMA Motocross 2013
Hangtown MX Classic
Prairie City OHV Park

Sacramento / Califórnia
18 de maio de 2013
Primeira de doze etapas

13mxpro_thundervalley_rockwell

Resultado da categoria 450 em Hangtown
1. Ryan Villopoto – Kawasaki (1-1)
2. Ryan Dungey – KTM (2-2)
3. James Stewart – Suzuki (3-3)
4. Trey Canard – Honda (4-4)
5. Justin Barcia – Honda (5-5)
6. Ryan Sipes – Suzuki (8-7)

7. Andrew Short – KTM (6-10)
8. Mike Alessi – Suzuki (12-6)
9. Tyla Rattray – Kawasaki (9-9)
10. Weston Peick – Suzuki (13-8)

 
Classificação do campeonato na categoria 450
1. Ryan Villopoto – 50 pontos
2. Ryan Dungey – 44
3. James Stewart – 40
4. Trey Canard – 36
5. Justin Barcia – 32
6. Ryan Sipes – 27

7. Andrew Short – 26
8. Mike Alessi – 24
9. Tyla Rattray – 24
10. Weston Peick – 21 pontos

Resultado categoria 250 em Hangtown
1. Ken Roczen – KTM (1-1)
2. Blake Baggett – Kawasaki (3-2)
3.
Eli Tomac – Honda (2-3)
4. Marvin Musquin – KTM (4-4)
5.
Zach Osborne – Honda (9-5)
6. Kyle Cunningham – Yamaha (8-7)
7. Jason Anderson – Suzuki (12-6)

8. Jeremy Martin – Yamaha (7-13)
9.
Joseph Savatgy – KTM (10-11)
10.
Justin Hill – Kawasaki (13-9)

Classificação do campeonato na categoria 250
1. Ken Roczen – 50 pontos
2.
Eli Tomac – 42
3. Blake Baggett – 42
4. Marvin Musquin – 36
5. Zach Osborne – 28
6. Kyle Cunningham – 27
7. Jason Anderson – 24

8. Jeremy Martin – 22
9.
Joseph Savatgy – 21
10.
Justin Hill – 20 pontos

Calendário do AMA Motocross 2013
Segunda Etapa – 25 de maio – Thunder Valley National / Lakewood – Colorado
Terceira Etapa – 1º de junho – Bristol National / Blountville – Tennessee
Quarta Etapa – 8 de Junho – High Point National / Mt. Morris – Pensilvânia
Quinta Etapa – 22 de junho – Budds Creek National / Mechanicsville – Maryland
Sexta Etapa – 29 de junho – Moto X 338 National / Southwick – Massachussets
Sétima Etapa – 6 de julho – RedBud National / Buchanan – Michigan
Oitava Etapa – 20 de julho – Washougal National / Washougal – Washington
Nona Etapa – 27 de julho – Spring Creek National / Millville – Minnesota
Décima Etapa – 10 de agosto – Unadilla National / New Berlin – New York
Décima Primeira Etapa – 17 de agosto – Miller Motorsports Park / Salt Lake City – Utah
Décima Segunda Etapa – 24 de agosto – Lake Elsinore National / Lake Elsinore – Califórnia

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly