Entrevista com o locutor Christian Mascary

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 23 de Maio de 2013 - 14:49

Iniciamos hoje aqui no site Mundocross uma série de entrevistas com os locutores de Motocross pelo nosso Brasil afora. A intenção é valorizar quem ajuda a dar brilho aos eventos de Motocross nos nossos campeonatos Regionais, Estaduais e Nacionais, informando ao público o que está rolando na pista, e também fazendo entrevistas com os pilotos, que são as grandes estrelas das corridas de Motocross.

Para começar a série de entrevistas com os locutores, que serão mensais aqui no Mundocross, ouvimos o mineiro Christian Mascary, que atualmente é locutor do campeonato Brasileiro de Motocross. Curtam então agora a entrevista com o Mascary. Boa leitura !!!

Mundocross – Como você entrou nessa vida de locutor de Motocross ?

Christian Mascary – Tudo começou no ano de 2003, quando fui convidado pra narrar uma corrida na minha cidade, no interior de Minas Gerais. Os pilotos gostaram da emoção e começaram a me levar para as corridas próximas, e assim eu fui crescendo e amando o Motocross cada vez mais.

Mundocross – Como é a vida na estrada para as corridas de Motocross ?

Christian Mascary – Muito cansativa, mas ao mesmo tempo prazerosa. As vezes a saudade da família machuca um pouco, mas o encontro com os amigos e o amor pelo esporte faz tudo passar. Viajo o ano todo com eventos e a gente acaba se acostumando.

Mundocross – Conte um fato pitoresco que te aconteceu durante uma narração de uma corrida de Motocross.

Christian Mascary – Sem dúvida nenhuma foi um fato que aconteceu quando eu narrava uma corrida no Parque Hotel Pimonte e no momento da bandeirada, engoli um pedaço de terra enorme e não consegui narrar a bandeirada. A disputa era emocionante, e de repente o locutor ficou mudo. Depois do susto, valeu as risadas !!!

IMG_20120505_213858

Christian Mascary

Mundocross – Qual corrida que mais te marcou ? E por quê ?

Christian Mascary – A primeira do campeonato Brasileiro de Motocross que fiz, em Nova Alvorada do Sul, no Mato Grosso do Sul, na temporada 2011, e o Desafio Internacional de Supercross, em Capim Branco, Minas Gerais.

Mundocross – Quais os campeonatos de Motocross que você está narrando no momento na temporada 2013 ?

Christian Mascary – Esse ano eu fechei somente o Brasileiro de Motocross, já que assumi o cargo de Assessor na prefeitura do meu município, e ainda concilio com as narrações do futebol nos campeonatos Brasileiro, Libertadores, Copa do Brasil entre outros, além de shows de freestyle e outros eventos esportivos. 

Mundocross – Qual a maior dificuldade (ou maiores) que você enfrenta como narrador de corrida de Motocross ?

Christian Mascary – Com certeza, a falta de estrutura e de valorização do trabalho em alguns eventos. No Brasileiro, tudo tem corrido super bem, mas não é sempre assim em outros eventos. Além também das inseguranças com relação aos eventos, já que hoje os organizadores não tem se preocupado muito com a qualidade do serviço prestado, e sim com os valores gastos.

Motocross em São Gotardo
Mundocross – Você acha que durante os eventos de Motocross, deve haver junto com o narrador um comentarista, para que aja uma dinâmica maior e uma folga para o locutor, pois narrar por 6 a 8 horas seguidas não é fácil, não é mesmo ?

Christian Mascary – Com certeza. Já trabalhei assim em alguns eventos e isso, além de ajudar muito o locutor, ainda dá mais brilho ao evento.

Mundocross – Atualmente você só faz narrações de Motocross ou também tem trabalhado em outros seguimentos ?

Christian Mascary – Tenho feito futebol, cerimoniais, freestyle, encontros de motociclistas entre outros. Aja fôlego, mas o amor pela profissão ajuda sempre.

Mundocross – Qual a sua visão sobre o Motocross na mídia hoje em dia ?

Christian Mascary – Sem dúvida nenhuma. A mídia esportiva tem um papel importante pra divulgação do evento, mas infelizmente, falta investimentos e sem dinheiro, não se pode fazer muito. Revistas e sites especializados tem dado uma contribuição enorme, mas ainda é necessário que se invista mais em outras modalidades do esporte e não só no futebol, como acontece no Brasil.

Mundocross – Agora a palavra e o espaço são todos seus.

Christian Mascary – Quero agradecer ao Mundocross pela oportunidade em mostrar um pouco da minha carreira. Agradecer à minha família, esposa, filhos e amigos pela paciência nas minhas ausências e pela força nos momentos difíceis. A CBM, em nome do presidente Firmo, pela confiança no meu trabalho, aos pilotos pelo carinho e respeito. A Deus, pelo dom que me deu e por todas as conquistas em minha vida. Dedico todo o meu trabalho, ao meu maior herói, meu pai, que faleceu em 2007 e não pôde me ver chegar onde cheguei, mas que faz parte de toda essa vitória. Que Deus possa continuar a me guiar como tem feito. Obrigado.  

Perfil do locutor Christian Mascary
Nome completo : Christian Firmino Mascarenhas
Data de nascimento : 12 de outubro de 1975
Cidade onde nasceu : Oliveira – MG.
Cidade onde mora : Carmo da Mata – MG.
Apelido : Christian Mascary
Quem é para você uma lenda do Motocross Brasileiro : Antônio Jorge Balbi Júnior
Pista de Motocross favorita no Brasil : Pista do Parque Hotel Pimonte em Minas Gerais
Comida favorita : Strogonoff
Bebida favorita : Coca-Cola
Tipo de filme preferido : Terror
Lazer preferido : Xbox
E-mail : [email protected]
MSN : christian.mascarenhas
Facebook :Christian Mascary

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly