Resultados deste sábado do Brasileiro de Motocross

Por Comunic.Ativa | Fotos por Kelson Rene | 25 de May de 2013 - 19:29

A primeira categoria a iniciar a disputa da segunda etapa do campeonato Brasileiro de Motocross 2013, neste sábado 25 de maio, foi a MX3. E mais uma vez quem chegou à frente foi Milton ‘Chumbinho’ Becker, com uma diferença de quase 22 segundos do segundo colocado, Erivelto Nicoladelli.

Chumbinho também havia vencido a primeira etapa, em Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul, no dia 14 de abril. “O que eu quero é continuar correndo. Eu faço isso por diversão, é o que eu mais gosto. Nem me importo tanto com a colocação, mas a vitória também é muito boa”, destaca o piloto #2.

Chumbinho conseguiu o bom resultado mesmo sem estar 100%. Depois da etapa de Carlos Barbosa ele rompeu um músculo do pescoço, em uma etapa do regional, e ainda não está totalmente recuperado. “Foi uma prova bem difícil para mim, já que tenho trabalhado muito, principalmente fora da pista, com médicos para me recuperar totalmente”.

Corrida da categoria MX3

Ademir Todeschini foi quem largou na frente, mas acabou terminando a prova em sexto lugar. Davis Guimarães foi outro que largou bem, mas não teve tanta sorte. Em Carlos Barbosa, o piloto perdeu a terceira marcha durante a prova. Nesta etapa sofreu uma queda e acabou demorando para ligar a moto e abandonou a disputa. Willian Guimarães que também estava em boa posição, chegou a ficar em segundo aos 12 minutos, sofreu uma queda e deixou a prova.

Chumbinho(3)

Milton ‘Chumbinho’ Becker

Chumbinho que garantiu a primeira colocação saiu em terceiro, mas logo conquistou a liderança da prova. Erivelto ‘Nico’ Nicoladelli ficou em segundo, Wolney Ferreira em terceiro e depois de uma prova de recuperação Mariana ‘Mari’ Balbi terminou em quarto. Ela começou bem, mas foi perdendo posição. Estava em sétimo quando começou a recuperar novamente. E nos minutos finais de prova Walter Tardin passa Ademir ‘Aço’ Todeschini, e fica em quinto.

Chumbinho2

Pódio da categoria MX3 em Três Lagoas

Clique aqui e confira o resultado completo da categoria MX3

Clique aqui e veja a classificação atual do Brasileiro de Motocross na categoria MX3

 

Corrida da categoria 65

Nessa categoria, os jovens pilotos mostraram porque são o futuro do motociclismo brasileiro. Mas os pequenos encontraram dificuldades no traçado. Por isso, as quedas foram inevitáveis.

Durante boa parte da prova, um pelotão formado por quatro competidores andaram na frente. Mas Léo Nunes que fez o holeshot conseguiu ter melhor desempenho e abriu vantagem para conquistar a sua primeira vitória no campeonato Brasileiro de Motocross e assumir a ponta da  classificação. “Consegui uma largada muito boa. No começo ainda fui pressionado, mas quando consegui abrir uma vantagem fiquei mais tranquilo e só administrei até o final”, explica.

Leo Nunes

Léo Nunes

Léo Cassarotti que venceu a primeira etapa e ocupava a liderança do Campeonato sentiu dores e abandonou a prova. “Sofri uma queda treinando para essa etapa e logo no comecinho da prova eu cai e senti dores, por isso decidi abandonar a disputa”, ressalta.

Apesar da etapa ter custado a Cassarotti a liderança  da competição,  o piloto fez questão de entregar a premiação ao  colega vencedor da prova Léo Nunes. “Esse é o espírito esportivo.  Ele é meu amigo e fiquei feliz pela vitória dele”, declara Cassarotti.

podio 65cc

Pódio da categoria 65 em Três Lagoas

Clique aqui e confira o resultado completo da categoria 65

Clique aqui e veja a classificação atual do Brasileiro de Motocross na categoria 65

A competição está sendo realizada em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, organização da segunda etapa Brasileiro de Motocross é da Confederação Brasileira de Motociclismo e realização da Federação de Motociclismo do Estado do Mato Grosso do Sul. Em Três Lagoas a organização é do promotor de justiça, Antônio Carlos Garcia de Oliveira (Totó) e do jornalista, Ricardo Ojeda, com o apoio da Prefeitura de Três Lagoas, Câmara Municipal, Sejuvel (Secretaria Municipal de Esportes, Juventude e Lazer), Fundesporte e Perfil News. O Campeonato Brasileiro de Motocross 2013 tem o patrocínio da Rinaldi, Honda, Yamaha, X Motos do Brasil, Petrobrás, Lubrax, IMS Racing, Peterlongo e Circuit.

Confira os resultados dos treinos cronometrados das categorias MX1 / MX2 e Júnior

Neste domingo, 26 de maio, serão realizadas as provas das categorias MX1, MX2  e Júnior. Neste sábado os pilotos dessas categorias entraram na pista para os treinos cronometrados, que valem vagas no gate.

Na MX1, o espanhol Carlos Campano fez o melhor tempo (1.23.724) e será o primeiro a escolher a posição para a largada. Mas o piloto afirma que a vantagem não é tanta:  “Do primeiro ao quinto a escolher o lugar não muda muita coisa. O importante é saber que estou bem, andando rápido”.

O português, Joaquim Rodrigues, foi o segundo mais rápido da categoria, com o tempo de 1.24.588. O piloto que chegou para disputar o campeonato Brasileiro de Motocross este ano espera continuar com o bom desempenho neste domingo, quando serão realizadas as duas baterias da MX1. “Vou tentar fazer uma boa largada e andar rápido como hoje. A gente sabe que na prova é outra história. Só espero estar relaxado e conseguir dar o meu melhor”, ressalta Joaquim Rodrigues.

Na categoria Júnior, o mais rápido foi Kioman de Jesus, com 1.33.271. O piloto conseguiu fazer a melhor volta com quase dois segundo e meio a menos que o segundo nos treinos cronometrados, Enzo Lopes (1.35.659).

Já na MX2, Paulo Alberto foi o mais veloz, com 1.25.449. O piloto que vai ser o primeiro a entrar no gate neste domingo esta confiante para as baterias decisivas. “Espero repetir amanhã o bom desempenho, mas é claro que todos vão querer vencer, por isso estou esperando uma prova bem difícil”, declara.

Clique aqui e confira o resultado dos treinos cronometrados da categoria MX1

Clique aqui e confira o resultado dos treinos cronometrados da categoria MX2

Clique aqui e confira o resultado dos treinos cronometrados da categoria Júnior

 

Disputas continuam neste domingo

Confira a programação do Brasileiro de Motocross neste domingo – 26 de maio

Warm-up

09:00 horas – Categoria MX1 (15min)

09:30 horas – Categoria Júnior (15min)

10:00 horas – Categoria MX2 (15min)

11:00 horas – Abertura Oficial

Provas

11:40 horas – Categoria MX1 – Primeira bateria (30min + 2 voltas)

12:40 horas – Categoria MX2 – Primeira bateria (30min + 2 voltas)

14:00 horas – Categoria MX1 – Segunda bateria (30min + 2 voltas)

15:00 horas – Categoria Júnior – Bateria única (20min + 2 voltas)

15:40 horas – categoria MX2 – Segunda bateria (30min + 2 voltas)

*Horários do Mato Grosso do Sul

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly