As grandes performances dos belgas no AMA MX

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 28 de Maio de 2013 - 8:47

Clement Desalle e Kevin Strijbos, da Rockstar Energy / Suzuki no Mundial de Motocross MX1, fizeram o sexto e nono lugares no overall do final de semana na segunda etapa do campeonato AMA Motocross, em Thunder Valley, Lakewood, no Colorado.

Nos dias que antecederam a corrida, os pilotos do MX1 GP (convidados para irem aos Estados Unidos para fazerem duas etapas do campeonato como convidados da Rockstar Energy Drink), se reuniram com os mecânicos da Rockstar / Suzuki Racing para ajustarem suas máquinas: a suspensão, escapamento e rodas/pneus foram ajustadas para combinar com os ajustes normais de Grand Prix dos belgas e então afinar para a altitude do circuito e altas velocidades.

E com bom resultado já que os dois pilotos saíram acelerando na primeira bateria de classificação. Desalle conseguiu uma segunda posição fantástica atrás do vencedor da corrida Ryan Villopoto e Strijbos fez o sexto tempo classificatório, o que se tornou o sétimo depois da segunda sessão classificatória.

A primeira bateria viu Desalle na quinta posição na primeira curva atrás de Trey Canard e mesmo fazendo voltas mais rápidas, o belga fez vários ataques no piloto a sua frente, mas não conseguia ultrapassar. Strijbos se enrolou com Chad Reed na primeira cuva e lutou da 25ª posição até o top 10.

A segunda bateria viu os dois pilotos próximos ao americano, Mike Alessei, com Desalle em sexto na primeira metade de corrida, seguido por Alessi e Strijbos. O vice-campeão mundial 2012 teve que se estabelecer em sétimo, quando Alessi colocou pressão nas últimas voltas, e assegurou a sexta posição no overall.

Com Strijbos seguindo em oitavo, o belga de 28 anos ficou com a nona colocação no overall em sua primeira vez no AMA MX.

Clement Desalle

“Eu estou bem satisfeito com essa corida; Eu tive um bom tempo classificatório e uma largada razoável na primeira bateria. Eu estava tentando alcançar os primeiros cara para seguir o ritmo, mas cometi um pequeno erro que permitiu que Canard passasse. Eu tentei ultrapassá-lo já que senti que estava mais rápido do que ele, mas não foi tão fácil. Na segunda bateria, minha largada não foi tão boa quanto na primeira, mas eu não tinha a força para avançar. Eu acho que toda a viagem para e do Brasil pode ter influenciado. O formato leva um tempo para se acostumar, com apenas dois treinos cronometrados e tudo em um mesmo dia, mas eu não acho que é ruim; No final é o mesmo para todos!”

clement-desalle-2013-colorado-1

Clement Desalle

Kevin Strijbos

“Foi uma grande experiência! Eu não sabia o que esperar, mas depois das sessões classificatórias eu me senti confortável na pista e senti que minha velocidade estava boa em oposição aos outros. Eu estou um pouco chateado por ter caído na largada da primeira bateria, consegui subir para a 10ª posição o que no final foi bom, mas também gastou muita energia. Então para a segunda corrida, depois de umas voltas, eu senti que tinha que me estabelecer em uma posição mais baixa para completar a corrida, o que no final também não foi ruim com uma oitava posição. É bom trabalhar com os rapazes da Rockstar Racing, nósestamos aprendendo em ambos os sentidos aqui!”

s780_052713thvalpb020

Kevin Strijbos conversando com James Stewart

Agora Desalle e Strijbos estão em Corona, Califórnia para mais alguns testes e treinamento antes de pegarem um avião rumo a terceira etapa do AMA Motocross na pista de Muddy Creek em Blountville, Tennessee no próximo sábado.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly