Próxima parada do Mundial de Motocross será na França

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 31 de Maio de 2013 - 18:37

A França será o palco da oitava e próxima etapa do campeonato Mundial de Motocross MX1 / MX2 2013, que acontecerá na próxima semana, dia 9 de junho. Durante o GP também acontecerá a segunda etapa do campeonato Europeu EMX 250.

Construído em um vale localizado à apenas algumas horas da capital francesa, Paris, o circuito de Ernée tem uma história de 23 anos com o campeonato Mundial de Motocross. As primeiras corridas aconteceram em 1990, e o já falecido piloto norte- americano Donny Schmit venceu a etapa francesa na categoria 125 2T.

Embora Ernée tenha sediado apenas alguns GPs até 2000, desde que a Youthstream entrou em cena em 2004 o circuito se tornou uma parada obrigatória nos calendários do campeonato. E desde então houveram momentos que se destacam na história do circuito.

1305291124ernee

Circuito de Ernée na França

Há oito anos, em setembro de 2005, o Team USA, de Ricky Carmichael, Kevin Windham e Ivan Tedesco levaram os Estados Unidos ao degrau mais alto do pódio do Motocross das Nações, após vencerem uma linda disputa contra as tradicionais equipes francesas e belgas. Em o que foi considerado um dos melhores Motocross das Nações da história do esporte, Carmichael mostrou ao mundo todo o seu talento ao vencer as duas baterias, embora tenha sido a performance do novato neozelandês, Ben Townley, que roubou a atenção do público.

“Fiquei surpreso com a pilotagem de Townley,” disse Carmichael na época. “Ele andou bem, e eu não consegui me distanciar muito dele. Eu amo correr no Motocross das Nações e o circuito dificultou bastante. O público foi muito solidário.”

Outro final de semana que se destacou na história do circuito de Ernée foi o dia em que o lendário belga, Stefan Everts, venceu três categorias em um único dia. Everts venceu a MX1, a MX2 e a 650 no Grand Prix da França de 2003. Foi a única vez na história do esporte que um piloto venceu as três categorias em um único dia.

Outro momento para Everts foi quando ele encerrou sua carreira brilhante no Motocross no circuito em 2006. Ele venceu seu 101º GP e a imensa multidão gritava seu nome no final da corrida, se despedindo de seu herói. Um circuito especial para um momento especial.

O ano de 2006 também presencial a disputa real entre o piloto da casa Christophe Pourcel e o italiano Antonio Cairoli. Cairoli venceu o GP com David Philippaerts em segundo, embora tenha sido Pourcel o vencedor do campeonato daquele ano na categoria MX2.

O que o GP trará esse ano nós só saberemos no dia 9 de junho, quando Antonio Cairoli, Jeffrey Herlings, Gautier Paulin e Clement Desalle entrarem na pista para apreciar o maravilhoso circuito de Ernée.

1305301609EMX250start_MXGP_6_P_2013

Europeu de Motocross 250 será disputado junto com o GP da França

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly