Resultados dos treinos do GP da Itália de Motocross

Por Mariah Morgado | Foto por Divulgação | 15 de junho de 2013 - 20:08

Finalmente o grande dia chegou e alguns dos melhores pilotos de Motocross do mundo correram na renovada pista de Maggiora, que esteve fechada por 14 anos. A emblemática pista italiana sediou os treinos e as corridas classificatórias das categorias MX1 e MX2, e também a primeira corrida da quinta etapa do campeonato Mundial de Motocross MX3 e a terceira etapa do campeonato Mundial Feminino de Motocross.

Gautier Paulin obteve sua segunda pole de overall desse ano e Alexander Tonkov venceu sua primeira corrida da carreira da MX2, hoje. Na categoria MX3 foi Martin Michek que venceu a primeira corrida e a piloto da casa, Chiara Fontanesi, dominou a corrida da categoria WMX do início ao fim.

Vamos conferir o que aconteceu no GP da Itália em cada categoria durante o dia deste sábado, 15 de junho.

Categoria MX1
O piloto da equipe Kawasaki Racing, Gautier Paulin, não teve a melhor de suas largadas hoje na corrida classificatória, mas depois de três voltas o francês conseguiu subir para a segunda posição, atrás de Tommy Searle que liderava a corrida desde o inicio. Paulin admitiu que se sentia muito confortável e restando três voltas para acabar, ele cravou a volta mais rápida da corrida e conseguiu ultrapassar o Searle.

Paulin-italy-2013

Gautier Paulin

Tommy Searle, da CLS MX2 Kawasaki Monster Energy Pro Circuit, sofreu um grande acidente nos treinos pré-classificatórios, mas isso não impediu que ele participasse da corrida classificatória. Na verdade, o piloto inglês teve a melhor largada da temporada e ele conseguiu liderar por quase a corrida inteira. No final da corrida, Searle não conseguiu manter a liderança, mas ele estava satisfeito com seu desempenho de hoje e está muito otimista para as corridas de amanhã.

A terceira posição ficou para a equipe Red Bull KTM Factory Racing e seu piloto Ken De Dycker que teve problemas com a largada mais uma vez, mas conseguiu sair da nona posição para a terceira. O belga foi o quinto colocado nos treinos pré-classificatórios, então ele está ansioso para correr amanhã e tentar voltar a subir no pódio em uma pista especial como a de Maggiora.

Max Nagl, da Honda World Motocross, teve uma corrida classificatória muito boa. Largando na 13ª posição, mas conseguindo terminar em quarto colocado. O piloto alemão estava muito a vontade hoje, mas agora ele apenas quer se sair bem amanhã e tentar dar para sua equipe o primeiro pódio da temporada.

O piloto da ICE1racing, Xavier Boog, teve uma excelente largada na segunda posição, mas o piloto francês não conseguiu manter o ritmo dos pilotos da frente e cruzou a linha de chegada em quinto. Boog está muito feliz por poder correr entre os melhores pilotos do top da MX1, já que ele retornou de sua lesão apenas na semana passada na França.

Davide Guarneri, que estava vestindo um design antigo em seu equipamento e também em sua KTM, hoje largou com o grupo da frente e conseguiu ficou em sexto colocado. Seu compatriota, Antonio Cairoli, caiu na volta de abertura da corrida classificatória e mesmo com um corte profundo no braço esquerdo, ele conseguiu terminar a corrida na sétima posição, ficando na frente de Evgeny Bobryshev, que também caiu depois da largada, e de Jeremy Van Horebeek. Clement Desalle largou na 20ª posição e quando estava recuperando algumas posições, Jonathan Barragán bateu nele. No final, o belga recuperou o ritmo e conseguiu ficar em décimo.

O piloto da casa, David Philippaerts, teve uma largada excepcional. Mas, infelizmente ele caiu enquanto estava na segunda posição. O italiano bateu a cabeça quando caiu e foi levado ao hospital para realizar mais exames.

Billy Mackenzie ficou muito satisfeito por voltar a correr no Grand Prix e hoje ele conseguiu terminar a classificatória em 12º. O piloto inglês ficou impressionado com o quanto o campeonato cresceu e amanhã ele espera fazer boas largadas e vai tentar ficar entre o top 10 ou no top 15 da categoria.

O norte-americano, Jeff Alessi, teve um problema mecânico com sua Yamaha e teve que entrar no pitlane nas primeiras voltas da corrida classificatória.

Resultado da corrida classificatória da categoria MX1
1. Gautier Paulin (Kawasaki)
2. Tommy Searle (Kawasaki)
3. Ken de Dycker (KTM)
4. Maximilian Nagl (Honda)
5. Xavier Boog (KTM)
6. Davide Guarneri (KTM)
7. Antonio Cairoli (KTM)
8. Evgeny Bobryshev (Honda)
9. Jeremy van Horebeek (Kawasaki)
10. Clement Desalle (Suzuki)


Categoria MX2
Hoje Alexander Tonkov, da equipe Esta Motorsports / Honda, estava muito satisfeito por ter conseguido sua vitória de estréia de sua carreira na corrida classificatória da MX2. O russo, que fará 20 anos no próximo mês, fez o melhor tempo nos treinos pré-classificatórios e depois de fazer o holeshot na classificatória, ele conseguiu manter um bom ritmo na frente. Jeffrey Herlings alcançou o russo e na última volta o piloto holandês assumiu a liderança, mas caiu algumas voltas depois e Tonkov recuperou a primeira posição.

O piloto da Monster / Yamaha, Dean Ferris, fez uma boa largada hoje e andou em quarto durante a maior parte da corrida, mas no final ele ultrapassou José Butrón e quando Herlings caiu, o australiano assumiu a segunda posição. Ferris, que vencer a corrida classificatória em Ernée, na França, está preparado para mais uma vez disputar pelo pódio amanhã. Ele está muito a vontade em sua Yamaha e na pista italiana também.

José Butrón, da KTM / Silver Action, hoje voltou a correr no grupo da frente e depois de uma largada muito boa, ele correu confortavelmente na terceira posição. Entretanto, ele foi surpreendido por Ferris e perdeu uma posição, mas ele se recuperou quando Herlings caiu na última volta.

Jeffrey Herlings, da KTM Factory Racing, não fez o holeshot, mas ele teve uma boa largada na segunda posição, atrás de Tonkov. O atual dono do plate vermelho andou atrás do russo durante toda a corrida e quando conseguiu ultrapassá-lo na última volta, ele cometeu um erro e caiu. Herlings não se machucou, mas ele teve que se acomodar na quarta posição.

Seu colega de equipe, Jordi Tixier, foi o oitavo na largada, mas ele conseguiu achar um bom ritmo e cruzou a linha de chegada em quinto. A volta mais rápida da corrida pertenceu ao piloto da KTM Factory, o que prova que ele se sentia muito bem na pista italiana e amanhã ele pode voltar a subir no pódio se conseguir fazer uma boa largada.

Outro piloto que não largou muito bem foi Jake Nicholls, mas ele fez uma recuperação incrível. Ele saiu da 11ª posição e terminou a corrida em sexto. Alessandro Lupino estava muito satisfeito com seu sétimo lugar de hoje, ele não teve muita sorte nos Grand Prix anteriores e espera fazer bonito amanhã diante do público conterrâneo. Romain Febvre ficou em oitavo na corrida classificatória, e Priit Ratsep e Mel Pocock completaram o top 10.

Resultado da corrida classificatória da categoria MX2
1. Alexander Tonkov (Honda)
2. Dean Ferris (Yamaha)
3. Jose Butron (KTM)
4. Jeffrey Herlings (KTM)
5. Jordi Tixier (KTM)
6. Jake Nicholls (KTM)
7. Alessandro Lupino (Kawasaki)
8. Romain Febvre (KTM)
9. Priit Ratsep (KTM)
10. Mel Pocock (Yamaha)

MXGP da Itália – Curiosidades
Tamanho do circuito: 1.520 metros
Tipo de terreno: duro

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly