Resultados de domingo do Brasileiro de MX em Sorriso

Por Comunic.Ativa | Fotos por Kelson Rene | 23 de junho de 2013 - 23:18

Cerca de cinco mil pessoas assistiram ao show que os melhores pilotos do Brasil deram durante a terceira etapa do campeonato Brasileiro de Motocross 2013, realizada neste domingo, 23 de junho, em Sorriso, no Mato Grosso.

Na categoria MX1, o dia foi do inglês Adam Chatfield que já liderava o campeonato e agora abriu mais ainda a vantagem, ao somar 125 pontos. O piloto venceu a primeira bateria e chegou em segundo na segunda bateria. “Consegui fazer uma boa prova. Foi muito difícil. Tive que fazer uma prova de recuperação na segunda bateria, mas realizei boas ultrapassagens e me mantive na liderança”, conta o inglês, que foi vice-campeão em 2012.

Balbi Jr. ficou na segunda colocação da prova ao terminar na segunda posição na primeira bateria e vencer a segunda bateria. Com os bons resultados, o piloto somou 120 pontos e ultrapassou o atual campeão Carlos Campano na classificação geral, com 112 pontos. “Cheguei um pouco desacreditado na etapa. Depois do acidente que sofri na segunda etapa, em Três Lagoas, mal consegui treinar com a moto. Mas eu tentei muito. Dei meu máximo e consegui fazer uma boa etapa”, conta Balbi.

O piloto que além de ultrapassar Campano agora está a apenas cinco pontos da liderança. “Tem muito campeonato ainda pela frente. Está tudo em aberto e venho forte para brigar por esse título”, afirma Balbi.

Humberto Martin ficou em terceiro na somatória das duas baterias. O português Joaquim Rodrigues e o espanhol Carlos Campano completaram o pódio.

Primeira Bateria Categoria MX1

O piloto Jean Ramos saiu na frente e começou a abrir vantagem para o pelotão formado por Wellington Garcia, Joaquim Rodrigues, Adam Chatfield e Balbi Jr, do segundo ao quinto, respectivamente.

Mas Jean Ramos teve problemas na parte elétrica da moto. Após vários minutos de fora da prova, todos já acreditavam que o piloto havia abandonado a disputa. Mas Jean retornou para ficar com a 16ª colocação na bateria.

Adam Chatfield

Com a saída de Jean Ramos, Wellington Garcia liderou até o final. A mudança no pelotão que iniciou a prova foi só quando Adam Chatfield conseguiu uma bela ultrapassagem sobre Joaquim Rodrigues, para terminar na segunda colocação.

Segunda Bateria Categoria MX1

Wellington Garcia veio para tentar vencer mais uma bateria. O piloto largou muito bem, mas não durou muito tempo na prova. Na primeira curva, Jean Ramos que veio junto na largada tocou Wellington que sofreu uma queda. O guidão da moto do piloto quebrou e ele ficou de fora da disputa.

Nessa confusão toda, Carlos Campano que vinha logo atrás acabou batendo na moto de Wellington e também sofreu uma queda. O espanhol se recuperou bem, não tanto quanto em outras etapas, mas terminou a prova na quarta colocação.

O piloto Balbi Jr que estava na segunda colocação estava mais rápido do que o líder, Jean Ramos, chegou para tentar uma ultrapassagem, mas caiu antes do arco de chegada.

Balbi demorou para conseguir levantar a moto e Jean abriu boa vantagem. O piloto da moto #3 até tentava tirar a diferença, mas não conseguia se aproximar do líder.

Jean já estava começando a administrar a bateria, quando faltando um minuto para completar o tempo de prova, teve um novo problema e teve dificuldades de completar a bateria, na 11ª colocação. Adam Chtfield, que também caiu na largada terminou a bateria em segundo.

Pódio MX1(1)

Clique aqui e confira o resultado completo da etapa de Sorriso na categoria MX1

Clique aqui e confira a classificação atual do Brasileiro de MX na categoria MX1

Bateria Única Categoria Júnior

O piloto Enzo Lopes venceu a terceira etapa do Brasileiro de Motocross na categoria Júnior e assumiu a liderança isolada da categoria na classificação geral da competição. Enzo Lopes agora soma 72 pontos.

Até esta etapa, realizada em Sorriso, Enzo Lopes e Ramyller Alves estavam empatados na primeira colocação com 47 pontos. Ramyller Alves não compareceu, pois participa da competição classificatória do Loretta Lynn’s. “Fiquei muito feliz de vencer a prova. Consegui abrir uma certa vantagem e agora vou tentar somar mais pontos nas próximas etapas para assegurar o título”, explica Enzo.

Enzo Lopes(1)

Quem saltou para a segunda colocação da tabela foi o piloto Vitor Igor, 60 pontos, que fez uma excelente prova recebendo a bandeira quadriculada em terceiro lugar. Kioman de Jesus que chegou em segundo nesta etapa aparece agora na terceira colocação da classificação geral, com 54 pontos.

Kioman

Clique aqui e confira o resultado completo da etapa de Sorriso na categoria Júnior

Clique aqui e confira a classificação atual do Brasileiro de MX na categoria Júnior

Categoria MX2

Paulo Alberto foi o nome da categoria MX2 nesta etapa do Brasileiro de Motocross, em Sorriso. O piloto português subiu no lugar mais alto do pódio após vencer as duas baterias da categoria.

Se a disputa já estava acirrada, agora ficou tudo embolado. Com o Thales Vilardi chegando nas duas baterias na segunda colocação, os pilotos empataram na liderança do Campeonato com 141 pontos.“A briga vai ser muito boa. Fiquei feliz de conseguir esta vitória. Sabia que minha hora estava chegando e agora é brigar pelo título”, declara Paulo Alberto.

Paulo Alberto

Thales Vilardi que antes desta etapa liderava com seis pontos de vantagem foi castigado pelo forte calor da cidade localizada no norte de Mato Grosso. No final da segunda bateria precisou de ajuda devido à exaustão.  “Estava muito quente. Esta foi uma das provas mais difíceis. Dei tudo de mim na primeira bateria e faltou energia no final da segunda”, conta o Thales Vilardi.

Agora os pilotos voltam a se enfrentar na quarta etapa da competição que será realizada em Aracaju, Sergipe, nos dias 13 e 14 de julho. “Agora é treinar bastante para tentar bons resultados na próxima etapa, mas sei que será muito difícil porque o nível está muito forte”, afirma Paulo Alberto.

Primeira Bateria Categoria MX2

Na largada uma confusão generalizada. Quatro motos foram para o chão. Rafael Faria com dores nas costas abandonou a prova. Endrews Armstrong largou na frente, mas logo nas primeiras voltas o português Paulo Alberto que vinha na segunda colocação assumiu a ponta.

Hector Assunção que estava na quarta posição conseguiu boas ultrapassagens sobre Anderson do Amaral e Endrews, que na pressão sofreu uma queda. Anderson Cidade que vinha logo atrás passou Hector e assumiu a segunda colocação.

A partir desse momento da prova a atenção ficou por conta do piloto Thales Vilardi, que foi um dos envolvidos na queda na largada da prova. O piloto fez uma grande prova de recuperação e recebeu a bandeira quadriculada na segunda colocação.

Segunda Bateria Categoria MX2

Endrews largou na frente novamente, mas logo foi superado por Thales Vilardi. Endrews sofre nova queda e vai parar na quarta colocação.

Dessa vez foi o piloto Paulo Alberto que conseguiu fazer boas ultrapassagens. Da quarta colocação pulou para a segunda rapidamente. Embora Thales já tivesse aberto uma boa vantagem, o português conseguiu tirar a diferença e partir para cima.

Na primeira tentativa de assumir a ponta da bateria, Paulo Alberto acabou tomando o troco em um X, nome dado a uma ultrapassagem devido ao formato, realizado por Thales. Mas o ritmo do português era mais forte e conseguiu chegar à frente na bateria.

Pódio MX2(1)

Clique aqui e confira o resultado completo da etapa de Sorriso na categoria MX2

Clique aqui e confira a classificação atual do Brasileiro de MX na categoria MX2

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly