Brasileiro e Gaúcho de Velocross agitam Dom Pedrito

Por André Charão | 25 de junho de 2013 - 7:54

A cidade de Dom Pedrito, uma das precursoras do veloterra no Brasil, entra definitivamente para o cenário nacional da modalidade neste final de semana dias 29 e 30 de junho em grande estilo quando sediará a segunda etapa do campeonato Brasileiro e quarta etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross. A cidade será ‘invadida’ pelos melhores pilotos de Velocross do Brasil.

A expectativa do Moto Clube de Dom Pedrito é que cerca de 300 pilotos de várias regiões do Brasil e também do Uruguai lotem as dependências do ‘Motódromo Chico Giacomini’.

Localizado dentro da área urbana, o motódromo conta com toda a estrutura necessária para acomodar os visitantes, tal como, água, luz, banheiros, e seguranças.

“Estamos ansiosos, afinal de contas, foram alguns meses de intenso trabalho, não vemos a hora de ver o público e pilotos lotarem o motódromo”, comentou Paulo Viero, membro do Moto Clube e coordenador da obras de reforma da pista.

O campeonato Brasileiro de Velocross chega a Dom Pedrito com dois gaúchos na liderança de duas das principais categorias, Lucas Basso na VX1 e Fernando Sanches na VX3, além do Brasileiro, os dois pilotos também são líderes no campeonato Gaúcho de Velocross,  Lucas é o líder na categoria VX2 e Fernando lidera as categorias VX3 e VX4.

Com uma vitória na primeira etapa do campeonato Fernando Sanches vê na etapa de Dom Pedrito, uma grande oportunidade de manter a liderança da VX3 e quem sabe assumir a ponta na VX4. “A primeira etapa foi muito difícil, a pista não era nada parecida com a que estamos acostumados a andar, muitos paredões em uma pista muito rápida. Estou confiante para Dom Pedrito, já competi na pista em um campeonato regional e me dei bem, espero repetir os resultados neste final de semana novamente”, comentou Fernando.

O atual campeão Brasileiro nas categorias VX2 e VX1, Lucas Basso encara a etapa de Dom Pedrito com o objetivo de manter a liderança na VX1 e recuperar o prejuízo na VX2. “Ao contrário da VX1 tive um começo complicado na VX2 no Brasileiro de Velocross no Paraná, a prova foi disputada no barro e tive problemas acabando em oitavo. A pista de Dom Pedrito é muito boa, mesmo sendo rápida exige bastante técnica. Vou dar o meu melhor para sair de lá com grandes resultados”, disse Lucas, líder da VX1 no Brasileiro e líder da VX2 no Gaúcho de Velocross.

Para o diretor de Velocross da FGM, Jair Costa, a etapa é um grande marco para a modalidade. “É um prazer imenso para nós trazermos o Brasileiro de Velocross para a região onde tudo isso começou. Dom Pedrito, juntamente com a cidade vizinha de Santana do Livramento foram fundamentais para o surgimento do veloterra, ou como chamam agora, Velocross. Nada mais justo que trazer o principal campeonato do país às suas origens”, falou Jair.

Distâncias das principais cidades para Dom Pedrito
Porto Alegre – 440 Kms
Florianópolis – 890 Kms
Curitiba – 1.155 Kms
São Paulo – 1.555 Kms
Campo Grande – 1.640 Kms
Caxias do Sul – 533 Kms
Pelotas – 254 Kms
Santa Maria – 255 Kms
Uruguaiana – 314 Kms
Rio Grande – 304 Kms
Chuí – 507 Kms
Santana do Livramento – 98 Kms
Santa Rosa – 465 Kms
Passo Fundo 604 Kms
Alegrete – 230 kms
Bagé – 64 Kms
Caxias do Sul – 533 Kms
Erechim – 683 Kms
Chapecó/SC – 726 Kms

Calendário do Rinaldi Gaúcho de Velocross 2013
30/06 – 4ª Etapa Gaúcho e 2ª Etapa Brasileiro de Velocross – Dom Pedrito
11/08 – 5ª Etapa Gaúcho e 2ª Etapa Sul-Brasileiro de Velocross – Santa Rosa
08/09 – 6ª Etapa – Santana do Livramento
22/09 – 7ª Etapa – Veranópolis
30/11 – 8ª Etapa – Santa Vitória do Palmar

Inscrições
As inscrições para a segunda etapa do campeonato Brasileiro e quarta etapa do Gaúcho de Velocross já estão abertas no site da FGM. As inscrições online, garantem sua inscrição com custo reduzido. Toda a inscrição efetuada no dia da prova será mais cara:

Antecipadas
Via On-Line – R$100,00 cada categoria – Reinscrição R$50,00

Clique aqui e faça a sua inscrição.

Inscrições no local (somente no sábado até as 18:00 horas)
Na secretaria de prova – R$150,00 por categoria.

Obs.: Domingo não haverá inscrição, somente a confirmação das incrições On-Line até às 09:30 horas

Cartaz Velocros 2013 (4)

Serviços da Quarta Etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross 2013
Cidade: Dom Pedrito
Estado: Rio Grande do Sul
Região: Campanha
Treinos: Sábado – 29 Junho
Corridas: Domingo – 30 de Junho
Local: Motódromo do Moto Clube  de Dom Pedrito (Pista do Chico Giacomini)
Ingresso: R$10,00
Vendas de Ingresso: Entrada da Pista
Serviço Hospitalar: Pronto Socorro da Santa Casa de Dom Pedrito (53) 3243-1157
Promoção: Motoclube Dom Pedrito
Apoio: Prefeitura Municipal de Dom Pedrito
Realização: Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM
Supervisão: Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM
Cenografia: FGM
Narração: Márcio Frozza

Rede Hoteleira
Gilton Hotel (53) 3243-1864
Hotel Nativo (53) 3243-1818
Hotel Alexandre (53) 3243-3033 / 3243-3484
Hotel Itaipú (53) 3243-3354 / 3243-9156
Dallas Motel (53) 3243-4811
Motel Pousada da Corticeira (53) 3243-9412
Pousada Central (53) 3243-5392
Hotel do Trevo (53) 3243-3329

O Motódromo do Moto Clube de Dom Pedrito possuí estrutura para camping como banheiros, luz e água e seguranças.

O campeonato Gaúcho de Velocross 2013 tem o patrocínio master da Rinaldi, Honda, Total Distribuidora Moto Peças Ltda., IMS Racewear, co-patrocínio da SobreRodas e apoio da Vitrine da Moto, M3 Racing Kawasaki, Farover, Kimoto e Artemoto, Vinhos e Sucos Galiotto.

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly