Prévia do Mundial de Motocross no GP da Suécia

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 28 de junho de 2013 - 10:27

Neste final de semana o campeonato Mundial de Motocross MX1 / MX2 2013 viaja para a Suécia para a disputa do décimo Grand Prix da temporada na natural e linda pista de Uddevalla. Antonio Cairoli e Jeffrey Herlings vão correr o GP sueco como os líderes dos campeonatos da MX1 e MX2, mas o atual detentor do plate vermelho do campeonato Europeu EMX250, Valentin Guillod, também estará presente em Uddevalla porque a pista sueca também vai sediar a terceira etapa do campeonato neste sábado e domingo, 29 e 30 de junho.

1306270608Herlings france 2013

Categoria MX1
Antonio Cairoli, piloto da KTM Factory, está viajando para a Suécia depois de perder a vitória no geral em seu território, mas ele ainda está liderando a classificação da MX1 com 51 pontos de vantagem sobre Gautier Paulin. O italiano não tem boas lembranças de Uddevalla, foi na pista sueca que Cairoli teve duas desistências no ano passado e perdeu o plate vermelho para Desalle. Entretanto, o proprietário do plate vermelho está determinado a deixar o passado para trás e voltar para casa com oura vitória de Grand Prix.

O piloto francês da equipe Kawasaki Racing, Gautier Paulin, terminou em sétimo em Uddevalla no ano passado, mas ele será claramente um dos favoritos para disputar a vitória no geral neste final de semana principalmente depois de ter vencido Cairoli na Itália há duas semanas. Gautier Paulin é o mais novo na categoria MX1, mas ele tem sido o piloto mais consistente junto com Cairoli e ele continua a ter melhoras significantes a cada final de semana.

1306271712Paulin013

Clement Desalle, da equipe Suzuki World, deixou Maggiora com um gosto amargo na boca. Ele venceu a primeira corrida do GP italiano, mas teve uma desistência na segunda devido a um problema mecânico. O piloto belga recuperou um pouco as boas vibrações e está determinado a dar o seu melhor para repetir sua vitória no geral de 2012 na pista de Uddevalla.

Com 15 pontos atrás do belga, temos o seu compatriota Ken De Dycker, que voltou a subir no pódio em Maggiora e obteve pontos valiosos para se aproximar dos três primeiros pilotos da categoria MX1. Depois da etapa italiana, o piloto da KTM Racing teve uns dias de folga antes de começar novamente a treinar forte para subir no pódio neste fim de semana na Suécia.

O piloto da equipe Suzuki World, Kevin Strijbos terminou no terceiro degrau do pódio do ano passado em Uddevalla, então ele pode disputar as cinco primeiras posições mais uma vez neste fim de semana ou até mesmo subir no pódio. O piloto belga é o atual quinto colocado na classificação da MX1, mas Tommy Searle está com apenas cinco pontos atrás dele.

Olhando para o progresso de Tommy Searle em sua temporada novata na categoria MX1, tem-se um desenvolvimento significante nessa segunda parte da temporada e sua estréia no pódio da MX1 pode estar mais próxima do que parece. Outro piloto que está tentando subir no pódio esse ano é Max Nagl. O alemão teve algumas dificuldades no começo da temporada, mas ele provou no último Grand Prix que tem a velocidade para correr entre os cinco primeiros pilotos da categoria MX1.

Jeremy Van Horebeek começou a segunda metade da temporada correndo com os cinco primeiros pilotos da categoria MX1, então ele é outro candidato ao pódio, seja neste fim de semana ou no próximo Grand Prix. Atualmente, o piloto belga é o oitavo colocado na pontuação e Rui Gonçalves e David Philippaerts completam o top 10.

Steven Frossard volta a subir em sua moto Yamaha neste fim de semana. Sua lesão no joelho não foi tão séria quanto se pensava no início. O piloto francês correu apenas nos dois primeiros Grand Prix da temporada, então ele está ansioso para voltar a correr mesmo sabendo que seu período de adaptação não será fácil.

Pódio da MX1 em 2012
1. Clement Desalle
2. Christophe Pourcel
3. Kevin Strijbos
Melhor volta no treino em 2012 – Antonio Cairoli

Categoria MX2
O piloto da KTM Factory Racing, Jeffrey Herlings, venceu todos os Grand Prix até o momento da temporada, mas se ele vencer em Uddevalla neste fim de semana será a primeira vez que o piloto holandês vence na pista sueca. O proprietário do plate vermelho continua estando completamente confiante, mas em Maggiora ele foi surpreendido por Alexander Tonkov que conseguiu liderar algumas voltas do Grand Prix da Itália.

O segundo lugar do Campeonato continua com Jordi Tixier, mas ele não sobe no pódio desde o Grand Prix do Brasil. O piloto da KTM Factory Racing não foi muito consistente no último GP, mas ele ainda está com 38 pontos na frente de José Butrón, que ocupa o terceiro lugar da classificação da MX2.

O piloto da KTM Silver, José Butrón, foi o segundo no geral em Maggiora e ele cimentou sua terceira posição no Campeonato e agora está com 24 pontos na frente de Christophe Charlier. O piloto espanhol não teve um bom fim de semana no ano passado na Suécia e ele terminou na décima posição, mas ele está determinado a correr por outro pódio neste fim de semana e se aproximar do atual vice colocado, Jordi Tixier.

Christophe Charlier, da equipe Yamaha, obteve seu primeiro pódio da temporada na França e sua sexta posição no geral na Itália o elevou para a quarta posição do Campeonato. O objetivo principal de Charlier na segunda metade da temporada é tentar ser mais consistente para conseguir entrar no top 3 até o final de ano.

Glenn Coldenhoff, da Standing Construct KTM, não teve um bom fim de semana na Itália e caiu uma posição na pontuação do Campeonato. O piloto holandês está com um ponto atrás de Charlier, então ele vai tentar o seu melhor na Suécia para retomar a quarta posição do campeonato.

1306270612coldenhoff

Dean Ferris continua na sexta posição da classificação da MX2, mas no último GP ele provou que pode facilmente correr entre os cinco primeiros ou até mesmo os três primeiros pilotos da categoria MX2. O piloto australiano teve que perder algumas corridas no começo da temporada devido à várias lesões, então ele precisa está totalmente focado na segunda metade do campeonato se ele quer subir algumas posições na classificação.

Jake Nicholls obteve sua estréia no pódio em Valkenswaard, mas desde então falta-lhe um pouco de consistência e ele é o sétimo colocado no campeonato. O piloto britânico terminou entre o Top 3 em várias ocasiões depois do GP holandês, mas por uma razão ou outra ele sempre teve problemas nas segundas corridas. Neste fim de semana, Nicholls vai se esforçar para obter resultados consistentes e para subir no pódio mais uma vez.

Max Anstie é o atual oitavo colocado na classificação da MX2, mas Alessandro Lupino está a três pontos atrás do piloto inglês. Dylan Ferrandis, que obteve sua estréia no pódio da MX2 no ano passado em Uddevalla, completa o top 10.

Alexander Tonkov está na 13ª posição, mas ele será um piloto para se acompanhar no fim de semana. Ele vai se esforçar para subir no pódio e para correr de novo pelas três primeiras posições como fez na Itália.

Pódio da MX2 em 2012
1. Tommy Searle
2. Jeffrey Herlings
3. Dylan Ferrandis
Melhor volta no treino em 2012 – Jeffrey Herlings

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly