Resultados dos treinos do Mundial de MX na Suécia

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 30 de junho de 2013 - 7:38

O primeiro dia do Grand Prix sueco do campeonato Mundial de Motocross MX1 / MX2 2013, o décimo da temporada, começou com nuvens escuras e começou a chover forte logo depois dos treinos livres. As condições da pista mudaram significativamente. e mesmo que a chuva já tinha parado na metade da corrida classificatória da MX2, os pilotos acharam a pista muito pesada. Jeffrey Herlings obteve sua quarta pole ontem, mas a grande surpresa do dia foi o retorno triunfal de Steven Frossard que dominou toda a corrida classificatória da MX1.

Os pilotos do EMX250 se dividiram nas baterias da Semi Final na manhã deste sábado e enquanto o proprietário do plate vermelho, Valentin Guillod, tenha dominado a corrida do Grupo A, Jeremy Seewer obteve uma vitória confortável no Grupo B.

Categoria MX1
Hoje Steven Frossard, da Yamaha, finalmente retornou as pistas do campeonato Mundial de Motocross depois de perder a maior parte da temporada com uma lesão no pé e no joelho. Mesmo assim, ele não podia ter tido um retorno melhor. O piloto francês dominou a corrida classificatória do início ao fim. Frossard tem treinado muito para se sair bem nesse final de semana e mesmo que tenha sentido um pouco de dor durante a volta de reconhecimento, quando o gate caiu ele deu o seu melhor e ninguém pôde impedi-lo de vencer a corrida. Ele admitiu que pode ser que seja muito difícil para ele manter um bom ritmo durante as duas baterias de hoje, mas seu objetivo é terminar entre os três melhores pilotos.

A segunda posição da corrida classificatória da MX1 foi do piloto Suzuki World, Clement Desalle, que obteve o melhor tempo de volta no treino pré classificatório. O piloto belga realmente gosta da pista sueca, mas achou difícil superar Frossard mesmo estando mais rápido do que o piloto francês no começo da bateria. Desalle admitiu que estava feliz com sua pilotagem, mas depois da corrida ele fez mais umas mudanças no acerto de seu motor para se certificar que terá um bom resultado amanhã, do mesmo jeito que teve no ano passado em Uddevalla.

Desalle-contents

Clement Desalle

Ken De Dycker, piloto KTM Factory Racing, começou a bateria em quarto logo atrás de Shaun Simpson. Mas depois de quatro voltas o piloto belga passar para a terceira posição. Quando De Dycker ultrapassou o piloto inglês, Frossard e Desalle já tinham aberto uma grande vantagem, então o piloto KTM decidiu fazer uma corrida segura e assegura uma boa escolha do gate hoje.

A quarta posição foi para Shaun Simpson que está correndo com a JK SKS Gebben / Yamaha nesse fim de semana. O piloto inglês e a equipe TM Racing concordaram em trabalhar separadamente a partir de agora até o final da temporada. Ontem Simpson provou que ele se adaptou muito rápido com sua nova Yamaha porque ele obteve o melhor resultado da temporada.

O piloto da KTM Factory Racing, Antonio Cairoli, foi um dos primeiros a chegar à primeira curva depois da largada da corrida classificatória, mas depois de duas curvas, ele caiu para a quinta posição. Como as condições da pista estavam realmente exigentes, o italiano decidiu pilotar com segurança e não arriscar muito, fazendo uma corrida consistente em quinto. Cairoli admitiu que ele não sente mais dor no joelho e que está muito confiante para as corridas de hoje, já que espera-se um dia ensolarado.

Cairoli-face

Antonio Cairoli

Jeremy Van Horebeek também fez uma corrida consistente na sexta posição, do mesmo jeito que Max Nagl e Evgeny Bobryshev que cruzaram a linha de chegada em sétimo e oitavo, respectivamente. Tommy Searle andou na nona posição durante a corrida classificatória inteira, ao passo que Kevin Strijbos estrelou uma recuperação incrível, saindo da última posição para terminar na décima.

Nagl-braz-2013

Max Nagl

Tanel Leok, que voltou nesse fim de semana de uma lesão no ombro, teve um pouco de dificuldades na pista sueca. O piloto estoniano caiu algumas vezes e terminou em 16º, mas ele está muito feliz por ter voltado a correr com a TM e ele espera obter um bom resultado com sua nova equipe nessa segunda parte da temporada.

TanelLeok

Tanel Leok

10 primeiros colocados na Corrida Classificatória da MX1
1. Steven Frossard (Yamaha)
2. Clement Desalle (Suzuki)
3. Ken de Dycker (KTM)
4. Shaun Simpson (Yamaha)
5. Antonio Cairoli (KTM)
6. Jeremy van Horebeek (Kawasaki)
7. Maximilian Nagl (Honda)
8. Evgeny Bobryshev (Honda)
9. Tommy Searle (Kawasaki)
10. Kevin Strijbos (Suzuki)


Categoria MX2
Jeffrey Herlings, da KTM Factory Racing, conseguiu ter uma boa largada na corrida classificatória deste sábado e ele dominou a bateria até a bandeira quadriculada. O piloto holandês admitiu que mesmo que tivesse vencido com 12 segundos de diferença para o segundo classificado, ele achou a pista muito pesada devido a forte chuva no começo da corrida. Herlings espera ter uma corrida seca hoje e tentar obter sua primeira vitória de Grand Prix em Uddevalla.

Herlings-cropped-bra-2013

Jeffrey Herlings

O piloto da Kawasaki / Pro Circuit, Alessandro Lupino, estava muito confortável hoje em Uddevalla e depois de obter o segundo tempo mais rápido no treino pré classificatório, ele conseguiu correr em segundo durante toda a bateria classificatória. O italiano andou bem próximo a Herlings no começo da corrida e ele até abraçou o tempo mais rápido na quinta volta, mas Lupino não conseguiu acompanhar o ritmo de Herlings e cruzou a linha de chegada a 12 segundos atrás do piloto holandês.

A terceira posição da corrida classificatória de hoje foi de Christophe Charlier, da Yamaha. O piloto francês largou atrás de Lupino e pressionou bastante para ultrapassa-lo, mas um problema com sua viseira no começo da corrida o forçou a fazer uma corrida segura em terceiro lugar.

Jordi Tixier, da KTM Factory Racing, largou em quarto atrás de Lupino e Charlier e mesmo que ele tenha tentado seguir os traçados deles e acompanhar o pelotão da frente, ele perdeu terreno e teve que se acomodar na quarta posição. O piloto francês está animado para as corridas de hoje porque se estiver ensolarado como diz a previsão do tempo, ele está confiante que pode correr por um lugar no pódio.

Dean Ferris, piloto da Yamaha, teve uma boa largada em quinto e cometeu um erro depois de três voltas, perdendo duas posições. Entretanto, ele conseguiu voltar rapidamente para sua Yamaha e recuperou a velocidade, ultrapassando seu colega de equipe, Mel Pocock e José Butrón para cruzar a linha de chegada na quinta posição.

José Butrón não estava muito confortável ontem na pista sueca e ele cruzou a linha de chegada em sexto, mas ele também está positivo para hoje e vai se esforçar para defender sua terceira posição do campeonato. Romain Febvre também não teve uma boa largada, mas conseguiu subir da décima posição para a sétima. Glenn Coldenhoff também teve êxito em melhorar sua 11ª posição inicial, para a oitava.

O norueguês Even Heibye obteve seu melhor resultado de corrida da temporada, cruzando a linha de chegada em nono, na frente do inglês Mel Pocock. Depois largar bem na oitava posição, Jake Nicholls teve dificuldades de manter seu ritmo e só conseguiu terminar na 11ª posição. O mesmo aconteceu com Alexander Tonkov que obteve um eventual 12º lugar.

10 primeiros colocados na Corrida Classificatória da MX2
1. Jeffrey Herlings (KTM)
2. Alessandro Lupino (Kawasaki)
3. Christophe Charlier (Yamaha)
4. Jordi Tixier (KTM)
5. Dean Ferris (Yamaha)
6. Jose Butron (KTM)
7. Romain Febvre (KTM)
8. Glenn Coldenhoff (KTM)
9. Even Heibye (KTM)
10. Mel Pocock (Yamaha)

MXGP DA SUÉCIA – CURIOSIDADES
Tamanho do circuito: 1557m
Tipo de solo: terra batida

Acompanhem o que acontece no Mundial de Motocross na Suécia pelo Mundocross.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly