Foto do Dia Mundocross

Por Broop Comunicação | Foto por Divulgação | 08 de julho de 2013 - 2:00

O que se viu na Trilha do Pro Tork Bananalama 2013 foi muita diversão. Crianças e adultos, homens e mulheres, enfim, todos curtiram o percurso de 60 quilômetros. Alguns com mais facilidade, outros nem tanto. É o caso do experiente piloto Paulo Stedile, campeão Brasileiro de Motocros, Velocross, Cross-Country, Supermoto e Supercross, mas que nunca havia participado de um evento desta modalidade. “Dei risada do início ao fim e fiz muita gente rir também com as minhas trapalhadas. Sou um verdadeiro roia. Logo no primeiro riacho, deixei a moto morrer e cai, levando outros Trilheiros comigo. A experiência é incrível, a largada então, é emocionante. Eu estou acostumado a alinhar com 40 motos no gate e me vi cercado de milhares de pessoas, não tem como não se arrepiar. Quase não acreditei quando me falaram que ela durou cerca de uma hora”, disse Stedile.

MCA_4973

Paulo Stedile

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly