Pilotos do Nordeste se preparam para correr em casa

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 09 de julho de 2013 - 19:45

O campeonato Brasileiro de Motocross 2013 segue na estrada rumo à região Nordeste do país. A próxima parada do campeonato será o Estado do Sergipe, no próximo fim de semana, dias 13 e 14 de julho, e o palco está sendo montado na capital Aracaju, na Pista Jurinha Lobão localizada na famosa orla da praia de Atalaia.

 O circuito que recebe o campeonato pelo terceiro ano consecutivo é misto, metade areia e metade terra, e além da adrenalina e da emoção de toda a ação que acontece dentro da pista, o público e os pilotos ainda vão poder usufruir das belezas naturais que o litoral da capital sergipana tem a oferecer. E os leitores do site Mundocross, sabiam que Aracaju é a casa do nosso amigo Cariracross ? Ele também estará na etapa recebendo os amigos nos boxes.

Atualmente o Nordeste brasileiro vem se destacando no cenário nacional do esporte e concentra um número cada vez mais crescente de pilotos e fãs do esporte. Então se pode dizer que o Nordeste é onde o Motocross acontece nos dias de hoje e até mesmo que é a região polo atual dessa categoria esportiva. Então podemos esperar os boxes lotados, muitas motos, muitos pilotos, gates lotados e arquibancadas lotadas e repletas da acolhida calorosa pela qual o povo nordestino é conhecido.

Nos últimos dois anos em que recebeu uma etapa do campeonato Brasileiro, Aracaju foi considerada uma das melhores pistas do calendário e uma das favoritas entre os pilotos. E devido ao grande número de pilotos locais, além dos pilotos tradicionais do campeonato, é de se esperar um alto nível de concorrência por um lugar no pódio. E buscando uma melhor performance, os pilotos nordestinos já voltaram seus olhos para o evento de âmbito nacional.

Os pilotos pernambucanos da equipe Lucena, com Alex, Alan, Emerson Popó e Laninha, que vêm tendo excelentes resultados nas provas regionais, já começaram a se preparar para correr em casa na categoria 230. A equipe conta com o patrocínio da Pro Tork, Rinaldi, Salão da Moto, PRN Extintores, Transunião e FMX Personal e os quatro pilotos que normalmente treinam a parte aeróbica durante três vezes por semana, intensificaram a parte da resistência e os treinos técnicos para Aracaju.

alex

popo

A etapa terá novidades, uma categoria Feminina que vai valer separadamente e com direito a pódio e uma categoria regional, obra do presidente da Federação Sergipana de Motociclismo, Juvenal Alves, pensando nos pilotos locais que com certeza irão lotar os gates do final de semana.

“Estamos bem ansiosos, principalmente eu, não sei se você sabe mais dentro dessa regional vai ter uma categoria feminina e são meninas também ‘regionais’ kkkkkk por isso aumentamos a rotina de treinos e exercícios”, disse Laninha, da Equipe Lucena. “Estamos muito felizes por nesta etapa ter uma categoria regional, devemos agradecer ao Sr. Juvenal por pensar nos pilotos do Nordeste nas categorias nacionais, já que Aracaju não foi escolhida pra ter uma etapa oficial valendo pontos para o campeonato.” Laninha diz em nome da equipe.

“Subir no pódio mais desejado do país não é fácil, mais vamos buscar com unhas e garras e porque não estar lá.” completa a piloto.

lucena

A equipe Dinotrilha, considerada a maior equipe do nordeste, também vem treinando forte. Os pilotos Júnior Cão, Pedro Patrick e Pedro Neto (que entrarão na pista nas categorias MX2 e Júnior) estão se preparando para o Brasileiro em sua cidade natal, Maravilha, no Alagoas, sob a tutela do pai e chefe de equipe Pedro Cão. Vale ressaltar que todos os pilotos da equipe alagoana são campeões sergipanos e alagoanos e atualmente vêm brilhando nos campeonatos regionais e que dois deles tiveram destaque na Superliga Brasil de Motocross em 2012, e prometem levar ótimas performances para as areias da praia de Atalaia. A equipe manteve os treinos técnicos diários e deu um enfoque na parte física, buscando melhorar a resistência.

dinotrilha

“Os meninos estão bastante confiantes e vão fazer o máximo que puderem para realizarem uma belíssima prova. É uma prova muito especial afinal além de correr diante do público nordestino, também terão a presença de amigos e da família”,disse Catarina Melo, mãe dos pilotos e responsável pelo setor financeiro da equipe. Os pilotos Dinotrilha são patrocinados por VLT Gas, ASW, MRP, Motul, Neyfa, Rede Farma, Smith,Fa , W-Tech, Detone Gráficos, Interativa Soft e Mixx Propaganda.

Confiram um dia de treinos com o piloto Dinotrilha, Pedro Neto:

Imagem de Amostra do You Tube

 

Jadson Teles também marcará presença em Aracaju. A etapa marca a corrida em casa para o piloto de Tobias Barreto, cidade do interior do Sergipe, que correrá na categoria MX3. Sendo um dos nomes de maior destaque no esporte nordestino ‘Zangão’, como é conhecido no esporte, é destaque nos campeonatos regionais e também o atual líder da Copa Sisal de Motocross e está bem ansioso e animado para correr na pista em que costuma treinar. Como preparação para a corrida, ‘Zangão’ manteve sua rotina de treinos físicos na academia com seu personal trainer e também os treinos técnicos, que busca sempre treinar em diversas pistas diferentes para manter-se adaptado a terrenos e solos diferentes. Mas para esta etapa, ele focou bastante os treinos na areia. Buscando um reforço para o Brasileiro e para se adaptar com sua nova moto, o piloto também fez um curso de pilotagem com o piloto espanhol, Adrian Garrido, no último final de semana. Jadson ‘Zangão’ entra na pista Jurinha Lobão patrocinado pela Loja Gabriela, P e R Veículos, Posto Bel, MRP Racing Campinas, Academia Master Connection, Adessploter.

Zangão (1)

O alagoano Talvan Victor, que atualmente é um dos cinco primeiros colocados do campeonato sergipano, também está focado na corrida, mantendo seu treinamento técnico semanal e os treinos físicos de 3 a 4 vezes por semana. O piloto não está podendo participar de todos os eventos desse ano devido à questão dos estudos e trabalho, então ele divide seu tempo. Ele vai para Aracaju conhecendo bem a pista e sentindo-se confortável na parte de areia, já que um de seus pontos fortes é estar acostumado com pistas de areia.

“Vou pensando em fazer o meu melhor e com vontade de pontuar no brasileiro”, afirma Talvan Victor que corre em Aracaju com o patrocínio da Zoolo e S2 Sports.

O piloto Juninho, que venceu a terceira etapa do campeonato Brasileiro em Sorriso na categoria 65cc e apontou entre os 10 primeiros nas duas primeiras etapas, está de volta a sua casa em Santa Cruz do Capibaribe, cidade pernambucana que é considerada a capital do Motocross nordestino, focando agora todo o treinamento com seu treinador, Mair, para a quarta etapa do campeonato e também a etapa de Salvador, Bahia.

juninho

Não podemos falar sobre uma etapa do campeonato Brasileiro de Motocross em Aracaju sem falar da cria da casa! O piloto Rodrigo Lama, nascido e criado na capital sergipana, não correu na última etapa em Sorriso devido a lesões e seu retorno ainda estava indefinido. Lembrando que ele deslocou o ombro há um mês e trincou uma costela há 15 dias. O site Mundocross entrou em contato com Lama para a criação desta matéria e ele nos confirmou a sua presença na etapa e que voltou a treinar há duas semanas para tentar recuperar ao máximo a sua preparação, perdida com esse período de cerca de mais de um mês sem treinar. Durante o nosso papo o piloto nos contou que não mudou sua rotina de treinos para a corrida q que apenas forçou mais os treinos. Rodrigo Lama também trás uma novidade vai correr a etapa dentro de casa pela TM Racing, que o apoiou no GP Honda Brasil de Motocross em maio, nas categorias principais.

“Espero fica entre os 10 e quem sabe entre os 5 primeiros !!! O evento é indiscutível, nunca vi uma etapa tão bem organizada e com essa estrutura”, disse Lama, que entrará na pista da Orla do Atalaia com o apoio da Habitat Funcional, Tuche Fitness, Trato Graphics, CPF, Rinaldi, Mundial Distribuidoras, Circuit e TM Racing.

O piloto pernambucano Júlio César, piloto da equipe Amaral Racing / Rota do Mar, também viaja de Santa Cruz do Capibaribe rumo ao Sergipe. O ‘Casco de Navio’ que é destaque não só nas corridas regionais, mas também no cenário nacional, está se preparando para mais uma vez dar um show de pilotagem na MX3 e mostrar porque é a lenda do Motocross do nordeste.

juliocesar

Além desses pilotos a quarta etapa do campeonato poderá contar com a presença de mais pilotos da região, vejam a lista dos pilotos confirmados até o momento para a etapa de Aracaju:

Categoria 65: Jean Luiz (Paulistinha), Tales Nathan, Massud Ramos e Juninho.

Categoria MX Júnior: Yuri Gabriel, Pedro Neto, Eduardo Dudu, Igor Roberto e Leonardo Feitosa

Categoria MX2: Rodrigo Lama, Raí Arruda, Júnior Cão e Talvan Victor

Categoria MX3: Jadson Zangão, Júlio César, Israel Feitosa e Beto Sogoma

Categoria MX1: Matheus Andrade e Adrian Garrido

Categoria 230: Alan e Alex Lucena, Popó e Laninha

Como podemos ver as terras nordestinas prometem um evento de alta qualidade, belas disputas, gates lotados, arquibancadas cheias, boa competição, lindos saltos e pilotagem de alto nível. Quem passar por Aracajú no final de semana vai encontrar além das lindas paisagens, comidas típicas, sol e praia, e uma recepção calorosa típica do povo nordestino, vai poder desfrutar de uma boa dose de adrenalina junto com os melhores pilotos do país. Os roncos dos motores vão estremecer Aracaju e as cores das motos e dos equipamentos dos pilotos vão dar um colorido extra às areias da praia de Atalaia.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly