Brasileiro confirmado no Mundial de MX Júnior

Por WNK Comunicação & Marketing | Fotos por Divulgação | 10 de julho de 2013 - 18:55

Pelo terceiro ano consecutivo, o Brasil terá um representante no campeonato Mundial Júnior de Motocross. O jovem paranaense Matheus Favero, campeão Brasileiro na categoria 50 em 2011, recebeu um convite para disputar a competição, através da equipe KTM Paraguay, e vai defender as cores do país no principal evento Mundial da categoria 65, que acontecerá nos dias 10 e 11 de agosto, em Jinin, na República Tcheca.

“O convite veio através da equipe KTM, que o Matheus defende no campeonato Paraguaio. Lá estamos liderando o campeonato após vencer todas as etapas da categoria 65. Recebemos a notícia com muita alegria, pois mostra a capacidade do Matheus no Motocross”, declara o pai do jovem piloto, Juliano Cesar Silva.

Matheus é irmão mais novo de Gabriel Favero, outro jovem talento da família, campeão paraguaio da 65 em 2012 e dono de resultados importantes no currículo, como a vitória na etapa de Foz do Iguaçu do campeonato Brasileiro de Motocross em 2012 na 65.

01_matheus_favero_foto_de_Kelson_Rene_CBM

Matheus Favero

“O Motocross está no sangue da família. Fiquei muito feliz e empolgado com o convite. Disputar um campeonato Mundial é um sonho para qualquer piloto”, afirma Matheus, que tem apoio da KTM Paraguay, Alpinestars e Giga Racing.

Em 2011, o gaúcho Enzo Lopes conquistou o vice-campeonato Mundial na categoria 65. Já em 2012 foi à vez do catarinense Arthur Todeschini participar da competição na categoria, terminando na 19ª colocação. No mesmo ano, Enzo Lopes foi o 15º na categoria 85.

 

“Agora precisamos cuidar de todos os detalhes com passagens, hospedagem e alimentação. Nem tudo é simples, mas sabemos que é uma oportunidade excelente para o Matheus, e será uma grande experiência para ele lembrar para o resto da vida”, completa Juliano.

02_matheus_favero_div

Matheus Favero

O campeonato Mundial Júnior de Motocross foi disputado pela primeira vez em 1997, sendo que a categoria 65 foi incluída a partir de 2010, e já teve entre seus campeões pilotos como Zach Osborne, Eli Tomac, Ken Roczen e Jeffrey Herlings.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly