Resultados treinos do Mundial de MX neste sábado

Por Mariah Morgado | 13 de julho de 2013 - 22:57

Clement Desalle e Glenn Coldenhoff dominaram as corridas classificatórias das categorias MX1 e MX2 no primeiro dia do Grand Prix da Finlândia, e Jeremy Seweer e Brent Van Doninck venceram as baterias semifinais.

Na categoria MX1, Kevin Strijbos fez o holeshot e liderou as primeiras voltas da classificatória, mas um erro o fez cair para a segunda posição. O belga cruzou a linha de chegada em terceiro, atrás de Antonio Cairoli que fez uma recuperação incrível depois de uma largada ruim.

Na categoria MX2, Jordi Tixier terminou em segundo e Romain Febvre em terceiro. Jeffrey Herlings só conseguiu terminar em nono depois de cair na primeira curva e teve que sair da última posição. O escapamento de sua moto foi esmagado na colisão e por isso o holandês não pôde brigar pela liderança como costuma fazer nas pistas arenosas como a de Hyvinkää.

Categoria MX1

Mx1startSat_MXGP_12_ FIN_2013
O piloto Suzuki, Clement Desalle, obteve sua segunda pole position da temporada depois de vencer a corrida classificatória de hoje com seis segundos de vantagem sobre Antonio Cairoli. O piloto belga largou em terceiro e aproveitou os erros de Strijbos e Bobryshev para assumir a liderança depois da quarta volta. Desalle admitiu que ele treinou duro antes de embarcar para a Finlândia porque realmente quer vencer o GP nesse final de semana.

Desalle_MXGP_12_ FIN_2013

Clement Desalle

Antonio Cairoli e sua KTM Factory passaram a primeira curva na 11ª posição, mas o ritmo e a velocidade do italiano estavam muito bons e ele logo passou para a quinta posição. Cairoli conseguiu alcançar Ken de Dycker, Evgeny Bobryshev e Gautier Paulin que estavam brigando pela quarta posição e depois de duas voltas, ele deixou todos para trás e lançou-se em uma perseguição atrás de Jeremy Van Horebeek na terceira posição. O piloto KTM também conseguiu passar o belga e depois passou Kevin Strijbos faltando quarto voltas para a corrida acabar. Ele cruzou a linha de chegada na segunda posição.

PaulinSat_MXGP_12_ FIN_2013

Gautier Paulin

Quem fez o holeshot foi Kevin Strijbos e ele liderou as primeiras voltas com sua Rockstar Suzuki com uma vantagem confortável na frente dos outros pilotos. Porém, o piloto belga errou e seu colega de equipe o ultrapassou. Strijbos se recuperou rapidamente de um acidente e conseguiu andar em segundo até ser ultrapassado por Cairoli. Ele ficou um pouco desapontado, mas ao mesmo tempo muito feliz por ter andado novamente com os pilotos da dianteira e espera fazer o mesmo amanhã.

Jeremy Van Horebeek foi o mais rápido nos treinos pré-classificatórios e estava muito confortável durante a classificatória. Na verdade, ele largou muito bem na quarta posição e depois de algumas voltas já estava na terceira. A partir daí, o belga conseguiu manter o bom ritmo e fez uma corrida consistente, mas não conseguiu impedir que Cairoli o passasse e acabou terminando a corrida na quarta posição. O piloto Kawasaki admitiu que vai se esforçar ao máximo amanha para terminar entre os três primeiros pilotos da categoria MX1.

O piloto russo oficial da Honda, Evgeny Bobryshev, largou muito bem hoje. Mas ele cometeu um erro enquanto estava em segundo, logo atrás de Strijbos e caiu para a quinta posição. Bobryshev perdeu uma posição quando Cairoli o ultrapassou, mas restando duas voltas ele reassumiu a quinta posição porque De Dycker teve problemas com sua KTM na quarta posição. De Dycker terminou a corrida, mas cruzou a linha de chegada na 12a posição.

Tommy Searle largou em sexto, mas perdeu a posição para De Dycker logo no começo da corrida deixando o inglês em sétimo. Searle mais uma vez tinha a velocidade dos pilotos da frente e ele trocou sua posição com Cairoli em algum momento da corrida, mas o piloto Kawasaki finalmente terminou em sexto na frente de Gautier Paulin. O piloto francês escolher o gate de dentro e quando chegou na primeira curva, ele estava quase em último. Gautier subiu para a décima posição ainda na primeira volta e terminou a corrida em sétimo.

Mais uma vez Rui Gonçalves fez uma largada muito boa, mas não conseguiu manter sua quinta posição porque caiu no mesmo lugar que seu colega de equipe, Xavier Boog, caiu uma volta depois. Gonçalves concluiu a corrida na oitava posição, mas Boog decidiu se retirar quando sentiu muita dor no joelho. Completando as dez primeiras posições, tivemos Max Nagl e Shaun Simpson.

Steven Frossard não teve sorte de novo, ele quebrou dois ossos do pé depois de bater no chão com muita força enquanto andava em na 11ª posição.

10 primeiros colocados na corrida classificatória da categoria MX1
1. Clement Desalle (Suzuki)
2. Antonio Cairoli (KTM)
3. Kevin Strijbos (Suzuki)
4. Jeremy van Horebeek (Kawasaki)
5. Evgeny Bobryshev (Honda)
6. Tommy Searle (Kawasaki)
7. Gautier Paulin (Kawasaki)
8. Rui Gonçalves (KTM)
9. Maximilian Nagl (Honda)
10. Shaun Simpson (Yamaha)

Categoria MX2

MX2startSat_MXGP_12_ FIN_2013
Glenn Coldenhoff obteve sua Terceira pole position da temporada hoje em Hyvinkää e depois dominando a corrida classificatória do início ao fim. O piloto holandês admitiu que estava se sentiu muito a vontade na pista, principalmente porque é muito arenosa e normalmente ele larga muito bem nesse tipo de solo. Coldenhoff aproveitou que Herlings caiu na largada e conseguiu se manter focado na liderança até o final da corrida. Amanha Coldenhoff vai se esforçar ao máximo e sua Standing Construct KTM para obter o que pode ser sua estreia no pódio do Campeonato Mundial MX2.

ColdenhoffSat_MXGP_12_ FIN_2013

Glenn Coldenhoff

Jordi Tixier da KTM Factory não teve uma largada muito boa e ele era o nono depois da primeira curva. Porém, o piloto francês tinha a velocidade para não só cravar a volta mais rápida, mas também para assumir a segunda posição. Tixier foi o segundo melhor piloto nos treinos pré-classificatórios e ele está muito positivo sobre as corridas de amanhã.

Romain Febvre, piloto Wilvo Nestaan JM Racing KTM, fez uma de suas melhores corridas desde que retornou de sua lesão. O piloto francês largou muito bem e depois de quatro voltas, ele conseguiu ultrapassar Christophe Charlier. Mas ele não conseguiu impedir que Tixier o passasse e acabou ficando com o terceiro lugar. Febvre está ansioso para as corridas de amanhã e também para voltar a subir no pódio como fazia no início da temporada antes de machucar a perna.

Christophe Charlier largou muito bem e andou na segunda posição durante as primeiras voltas da corrida. Entretanto, o piloto francês achou a pista muito técnica e no meio da corrida, ele estava na quarta posição. Charlier, que recentemente renovou seu contrato com a Monster Energy Yamaha para mais uma temporada, está positivo para amanhã e espera brigar por uma das três primeiras posições.

O piloto Wilvo Nestaan JM Racing KTM, Jake Nicholls, largou em quarto, mas foi ultrapassado por Tixier depois das duas primeiras voltas da corrida classificatória. O piloto inglês manteve um bom ritmo e fez uma corrida consistente na quinta posição até a bandeira quadriculada.

José Butrón não largou muito bem hoje, mas conseguiu passar da nona posição para a sexta. Mel Pocock ficou na frente do piloto da casa, Harri Kullas, na sétima posição e Jeffrey Herlings e Ivo Monticelli completaram o top 10.

KullasSat_MXGP_12_ FIN_2013

Harri Kullas

10 primeiros colocados na corrida classificatória da categoria MX2
1. Glenn Coldenhoff (KTM)
2. Jordi Tixier (KTM)
3. Romain Febvre (KTM)
4. Christophe Charlier (Yamaha)
5. Jake Nicholls (KTM)
6. Jose Butrón (KTM)
7. Mel Pocock (Yamaha)
8. Harri Kullas (KTM)
9. Jeffrey Herlings (KTM)
10. Ivo Monticelli (TM)

MXGP DA FINLÂNDIA – CURIOSIDADES
Tamanho do circuito: 1.550 metros
Tipo de solo: areia

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly