Prévia AMA Motocross em Washougal

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 19 de julho de 2013 - 12:53

Pela primeira vez desde a etapa de abertura da temporada, o campeonato AMA Motocross retorna a hora do Pacífico neste sábado, 20 de julho, com sua visita anual a Washougal, para Washington para o Nacional de Peterson CAT Washougal, a oitava das 12 etapas do campeonato.

55914_misc-washougal-2011-fredrickson-0764_600

O piloto nativo de Washington, Ryan Villopoto, pretende aumentar sua liderança da pontuação da categoria 450, vencendo pela primeira vez diante do público de sua cidade natal no sábado. Em quatro inscrições para o evento em Washougal, Villopoto nunca venceu na pista dentro de casa. O piloto da Kawasaki atualmente detém 11 vitórias de baterias, a maioria da temporada, enquanto lidera com quatro vitórias no geral ao longo das sete etapas até o momento.

O principal desafiante à dominância de Villopoto nesta temporada tem sido Ryan Dungey da Red Bull KTM. O atual campeão da categoria 450 venceu três vezes no geral para manter-se na disputa com Villopoto na classificação do campeonato. Dungey venceu cinco corridas consecutivas em Washougal nas duas categorias e o piloto nascido em Minnesota pretende ampliar suas vitórias antes de embarcar para a pista de sua casa em Spring Creek na próxima semana.

Na última etapa, o piloto da Suzuki, James Stewart, fez uma pilotagem incrível em Red Bud para faturar o segundo lugar no overall atrás de Villopoto, se colocando em quinto lugar na classificação do campeonato. O campeão 2008 da categoria 450 parece que vai aproveitar esse impulso da última etapa com outro pódio em Washington.

A categoria 250 dessa temporada continua com sua competição excepcional com quatro vencedores diferente no geral ao longo das sete etapas. O piloto KTM, Ken Roczen, liderou a categoria na última etapa, conseguindo sua segunda vitória da temporada no geral depois de trocar vitórias de baterias com Eli Tomac da GEICO Honda. Tomac, que também possuiu duas vitórias no geral, está com apenas sete pontos atrás do alemão na classificação do campeonato. Os dois pilotos se preparam para continuar sua batalha no sábado em Washougal.

55915_roczen-redbud2013-cudby-008_600

O companheiro de equipe de Roczen, Marvin Musquin, perdeu o pódio nas duas últimas etapas o que causou uma perda de pontos valiosos para o francês na briga pelo campeonato. Musquin atualmente ocupa o quinto lugar na classificação com duas vitórias no geral até o momento. Blake Baggett da Pro Circuit / Kawasaki atualmente é o quarto colocado com apenas 13 pontos atrás de Musquin. Com sua vitória de 2011, Baggett é o único piloto atualmente na categoria 250 a ter vencido em Washougal. Além disso, o atual campeão da categoria vai tentar assegurar sua segunda vitória no geral da temporada 2013 no sábado.

O Washougal MX Park é uma das paradas mais antigas no calendário do AMA Motocross e é a única etapa da temporada no Noroeste do Pacífico. O primeiro nacional em Washougal foi em 1980 e com a exceção de 1987, a pista tem sido parte do campeonato pelos últimos 30 anos. Sobre esse período, o circuito tem sido o palco de muitos momentos memoráveis do esporte e se tornou um dos circuitos mais desafiadores do calendário. Washougal gaba-se de uma das maiores subidas do circuito com o icônico Horsepower Hill. Seu cenário pitoresco, rodeado de árvores perenes e colinas, o torna uma atração para qualquer entusiasta do motocross.

Acompanhem ao vivo a transmissão do AMA Motocross em Washougal, aqui pelo Mundocross.

Resultados da última etapa e pontuação atual do campeonato

AMA Motocross em RedBud
Buchanan, Michigan
06 de julho de 2013
7ª etapa de 12 etapas

Categoria 450 (Posição em cada bateria)
1. Ryan Villopoto – Kawasaki (1-1)
2. James Stewart – Suzuki (2-2)
3. Josh Grant – Yamaha, (3-5)
4. Trey Canard – Honda, (5-6)
5. Justin Barcia – Honda (9-4)
6. Justin Brayton – Yamaha (6-8)
7. Malcolm Stewart – Honda (8-7)
8. Andrew Short – KTM (4-12)
9. Jake Weimer – Kawasaki (7-13)
10. Broc Tickle – Suzuki (11-11)

Classificação do campeonato 450
1. Ryan Villopoto – Kawasaki – 333 pontos
2. Ryan Dungey – KTM – 291 pontos
3. Justin Barcia – Honda – 249 pontos
4. Trey Canard – Honda – 200 pontos
5. James Stewart – Suzuki – 184 pontos

6. Mike Alessi – Suzuki – 170 pontos
7. Andrew Short – 137 pontos
8. Broc Tickle – Suzuki – 135 pontos
9. Josh Grant – Yamaha – 131 pontos
10. Jake Weimer – Kawasaki – 131 pontos

Categoria 250 (Posição em cada bateria)
1. Ken Roczen – KTM (2-1)
2. Eli Tomac – Honda (1-2)
3. Jeremy Martin – Yamaha (4-3)
4. Marvin Musquin – KTM (3-4)
5. Zach Osborne – Honda (10-5)
6. Kyle Cunningham – Yamaha (7-8)
7. Cooper Webb – Yamaha (6-9)
8. Cole Seely – Honda (5-11)
9. Blake Baggett – Kawasaki (8-10)
10. Justin Bogle – Kawasaki (12-7)

Classificação do campeonato 250
1. Ken Roczen – KTM – 312 pontos
2. Eli Tomac –  Honda – 305 pontos

3. Marvin Musquin – KTM – 260 pontos
4. Blake Baggett – Kawasaki – 247 pontos
5.
Zach Osborne – Honda – 212 pontos
6. Jason Anderson – Suzuki – 176 pontos

7. Jeremy Martin – Yamaha – 162 pontos
8. Kyle Cunningham – Yamaha – 158 pontos
9. Justin Bogle – Honda – 145 pontos
10. Cooper Webb – Yamaha – 140 pontos

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly