Heróis alemães

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 25 de julho de 2013 - 16:05

A Alemanha é um país muito orgulhoso com sucesso estrondoso em diversos esportes, seja Fórmula 1, Tênis, Golfe, Futebol ou até mesmo o Motocross. Nomes como Michael Schumacher, Boris Becker, Sebastian Vettel, Steffi Graf, Franz Beckenbauer e Bernard Langer deram à Alemanha muita credibilidade no mundo esportivo.

Felizmente, o Motocross não passou despercebido quando pilotos como Ken Roczen e Paul Friedrichs deram ao país campeonatos Mundiais de Motocross.

Friedrichs foi o primeiro das histórias alemãs de sucesso, com os campeonatos Mundiais da categoria 500 nos anos de 1966, 1967 e 1968. Ele também foi um piloto que faturou 28 vitórias de Grand Prix e até a poucos anos atrás estava dentro do top 10 dos maios vencedores de GP de todos os tempos, Mickael Pichon e Joel Smets  ultrapassaram sua marca, do mesmo modo que logo será com Jeffrey Herlings que já tem 28 vitórias de GP.

Falando em Ken Roczen, seu campeonato Mundial 2011 na categoria 250 atraiu muito interesse do público alemão e como o ex-piloto alemão Pit Beirer disse, o desempenho de Roczen realmente ajudou o esporte em seu país.

Roczen-face

Kenny ‘Ken’ Roczen

“De um lado foi uma pena que Ken tenha mudado para os Estados Unidos,” disse Beirer. “Ele realmente aparecia muito na televisão alemã, chegou onde nenhum outro piloto alemão tinha visto e o interesse estava aumentando rápido.”

É claro que não foi apenas o desempenho dos dois campeões mundiais que trouxeram o esporte para um lugar melhor. O próprio Beirer, várias vezes vencedor de GPs, também foi uma parte importante da história de sucesso da Alemanha.

O piloto alemão no Grand Prix atualmente, Max Nagl, também contribuiu com suas quatro vitórias de GP e sua aparição de sucesso no Motocross das Nações em 2012. Como Beirer, Nagl é um guerreiro que nunca desiste e é por isso que ele é tão popular dentro do paddock do Grand Prix e ao redor do mundo.

1307231207Nagl2013

Maximilian ‘Max’ Nagl

Outros nomes como Adolf Weil, Willy Bauer, Rolf Deffenbach, Roland Diepold, todos tiveram várias vitórias de GP. Um outro grupo de pilotos tiveram apenas uma vitória de GP, foram eles: Siegfrid Bauer, Arno Drechsel, Bernd Eckenbach, Fritz Köbele, Klaus-Bernd Kreutz, Dietmar Lacher, Hahns Maisch e Fritz Schneider.

Neste final de semana, dias 27 e 28 de julho, durante a décima terceira etapa, no lindo circuito de Lausitzring, Nagl vai tentar e continuar sua busca para vencer outro Grand Prix. Com o circuito sendo uma novidade para todos os pilotos, qualquer coisa é possível e pode-se ter certeza que o público alemão vai chegar tocando buzinas de ar soprando e gritando com enorme entusiasmo pelos pilotos alemães.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly