Prévia do AMA Motocross em Millville

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 26 de julho de 2013 - 18:40

Na etapa mais recente do AMA Motocross em Washougal, Ryan Villopoto trocou vitória de baterias com Ryan Dungey para vencer no geral da categoria 450 em Washington, Estado onde nasceu. Neste sábado, 27 de julho, Dungey vai enfrentar Villopoto no território de sua casa na nona etapa do campeonato que acontecerá em na pista de Spring Creek, na cidade de Millville, no Estado do Minnesota.

A popular pista de Spring Creek MX Park tem desafiado os melhores pilotos do mundo por mais de três décadas e nesta temporada será o 31º ano que a pista recebe uma etapa do AMA Motocross. 

Com 12 das 16 vitórias de baterias até o momento, Villopoto já provou ser a força dominante da temporada na categoria 450. Entretanto, o atual campeão da categoria, Ryan Dungey é o maior concorrente de ‘RV’ com três vitórias no geral e sendo o vice na classificação do campeonato ao longo das oito primeiras etapas. O nativo de Minnesota teve muito sucesso em Spring Creek onde ele não perde desde 2008 quando ele ainda competia na categoria 250. Neste sábado, Dungey vai tentar manter sua sessão de cinco anos de vitórias diante dos fãs de sua cidade natal, amigos e familiares no AMA Motocross de Spring Creek.

56477_dungey-washougal2013-_53662_600

Ryan ‘RD’ Dungey

James Stewart da Suzuki entra em Spring Creek com dois pódios consecutivos que permitiram que o campeão 2008 da categoria subisse uma posição, ocupando o quarto lugar na classificação do campeonato. Stewart é um tetracampeão em Spring Creek. Sua vitória mais recente sendo na temporada de 2008, seguindo as três vitórias na categoria 250 nas temporadas de 2002 a 2004. Stewart ainda tem que vencer no geral nesta temporada, mas o piloto da Flórida pretende manter seu desempenho anterior para subir no degrau mais alto do pódio nos morros arenosos de Spring Creek.

56507_r_m_11_52_31107_600

Foi em Millville em 2011 que Chad Reed teve esta grande queda

Imagem de Amostra do You Tube

A categoria 250 continua provendo uma competição excepcional na temporada 2013. Eli Tomac da Geico / Honda trouxe a batalha pelo campeonato para uma diferença de um ponto em relação a Ken Roczen depois de vencer as duas baterias na última etapa. Ao longo de oito etapas, Tomac  possuiu a maior parte das vitórias da temporada, somando três vitórias no geral e superando as duas de Roczen. Como campeão 2012 da etapa em Spring Creek, Tomac pretende conquistar sua segunda vitória consecutiva em Minnesota no sábado.

56478_roczen-washougal2013-_53df5_600

Kenny ‘Ken’ Roczen

Marvin Musquin da KTM voltou ao pódio na etapa anterior com seu terceiro lugar em Washougal. Musquin se une a Roczen e Tomac nessa temporada com suas várias vitórias na categoria 250, até agora o francês venceu duas vezes no geral. E temos o piloto Pro Circuit / Kawasaki, Blake Baggett, que ocupa o quarto lugar na classificação do campeonato com apenas uma vitória. Na última etapa, Baggett estava correndo para faturar seu segundo lugar na primeira bateria, mas um problema mecânico impediu o atual campeão da categoria 250 de pontuar na bateria. Baggett vai tentar faturar sua primeira vitória em Spring Creek no meio de um gate super disputado da categoria 250.

Spring Creek é uma parada obrigatória do AMA Motocross desde que sediou sua primeira corrida do campeonato em 1983. Desde então tem sido um pit stop muito esperado no calendário graças a seu esboço desafiador que apresenta uma variedade saudável de obstáculos, e também muitas mudanças dramáticas de altitude. Millville é a casa de três dos maiores destaques icônicos do esporte, incluindo a maior largada do AMA Motocross, o salto ‘Holy Schmit’ (nomeado em homenagem a lenda local, o falecido Donny Schmit) e as famosas costelas de areia que com frequência são o local onde se vence ou perde a corrida.

Fiquem ligados no Mundocross para mais informações e transmissão e cronometragem Ao Vivo do AMA Motocross em Spring Creek.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly