Vídeo – Catarinense de Velocross em Agrolândia

Por Bárbara Sales | Foto por Tiago Wolff | 01 de agosto de 2013 - 23:47

 

Luiz Henrique Zimmerman (VX1 e Nacional Força Livre), Leandro Lemos (VX2 e Nacional 230), Braz dos Santos (VX3), Lucas Gadotti (Intermediária), João Antônio Vergutz (Nacional 300), Gerson Ledra (Nacional VX3), Iago Sgorla (Nacional Estreante), Márcio Roberto Rover (Nacional 150), Diego Heining da Silva (85), João Alfonso Claudino dos Santos (65), Anthony Gervásio (Mini-motos) e Amabily Cardoso (Batom) foram os vencedores da quarta etapa do Campeonato Catarinense de Velocross, disputada no fim de semana, 27 e 28 de julho, em Agrolândia, Santa Catarina. Os vídeos são uma produção de Tiago Wolff, do site Racecross.

 

A VX1, principal categoria, teve mais uma vitória de Luiz Henrique Zimmerman, que largou na frente e não teve muito trabalho para administrar a prova. Enquanto isso, Leandro Lemos, o Lele, e Edinilson Batista disputaram a segunda colocação volta a volta. A disputa entre os pilotos durou até a 14ª volta, quando o pneu dianteiro do lageano furou e não conseguiu continuar na disputa. Melhor para Ednilson que ficou com a segunda posição e segurou até o final. Luciano de Oliveira foi o terceiro colocado. Com o resultado, Zimmerman abre mais vantagem na ponta da classificação. “A prova foi com muito sacrifício, levei um corte na perna durante os treinos, estou com o joelho inchado, mas deu para andar de moto. Larguei em segundo, mas na primeira curva já passei, consegui abrir uma boa distância que foi confortável no final”, destaca o vencedor da prova.

 

Tiago Hort largou na frente na VX2, mas sofreu uma queda junto com Luiz Henrique Zimmerman e a primeira posição caiu nas mãos de Leandro Lemos, que não desperdiçou e garantiu a vitória. Zimmerman até tentou dar o bote nas voltas finais, mas não teve tempo. “Cheguei a buscar o primeiro colocado, mas acabou o tempo de prova”, diz.

 

Com a vitória, Lele segue firme na liderança da categoria. “Consegui ampliar a vantagem. É um campeonato, não é uma corrida, então tenho que correr pensando no campeonato. Estou muito contente com o resultado de hoje”, afirma. Completaram o pódio da categoria Luis Felipe Fietz, Tiago Hort e Gilmar Longen Júnior.

 

Vídeo Categorias VX1 / VX2 / Intermediária

Imagem de Amostra do You Tube

Fabiano Waltrich, Braz dos Santos e Fabiano Ribeiro disputaram a primeira posição nas voltas iniciais da categoria VX3. Ribeiro liderou por três voltas, mas em seguida perdeu a posição para Braz que assumiu a ponta e segurou a pressão imposta por Ribeiro até o final. “Larguei de segundo, depois fui ultrapassado e cai para terceiro. Demorei muito pra ir pra frente e quando consegui fui pressionado o tempo todo. Em um certo ponto da prova consegui abrir um pouquinho, mas ele já veio pra cima de novo. Foi uma briga boa do começo ao fim”, define Braz. Ribeiro ficou em segundo e Waltrich em terceiro. Adriano Pasold e Graciano Molinari fecharam o pódio.

 

Na categoria Intermediária, Lucas Gadotti largou na frente e venceu de ponta a ponta. Com o resultado, o piloto diminui a diferença para o líder da categoria, Iago Sgorla, que finalizou a prova na segunda colocação. “Na segunda etapa tive uma infelicidade de quebrar a moto, mas agora estou tentando recuperar, cada etapa somando mais pontos. Essa foi uma vitória muito importante para o campeonato. Consegui largar na frente e depois foi só manter o ritmo”, afirma Lucas. Sebastião da Silva Júnior, Giovani Wisbecki e Gracialiano Molinari completaram o pódio.

 

Na Nacional Força Livre, vitória de ponta a ponta de Luiz Henrique Zimmerman.  João Antonio Vergutz foi o segundo, seguido de Eduardo Correa Branco, Gerson Ledra e Claiton Portela.

Vídeo Categorias Nacionais

Imagem de Amostra do You Tube

 

Na Nacional 300, Wandrey Niels largou na frente e liderou até a oitava volta, quando não suportou a pressão imposta por João Antonio Vergutz que assumiu a ponta e venceu mais uma prova da categoria. Wandrey terminou a prova em segundo seguido de Eduardo Correia Branco, Claiton Portela e Denis Bittencourt.

 

Gerson Ledra venceu sem muita dificuldade a prova da categoria VX3 Nacional. O piloto largou na frente e só precisou administrar a posição até o final. Luciano de Conto foi o segundo colocado, seguido por Adriano Pasold, Antônio Pato Correa e Jair de Souza.

 

Além da VX2, Leandro Lemos também venceu a Nacional 230 Pró. O lageano largou na frente e venceu do início ao fim a disputa pela categoria. Com o resultado, Lele abre ainda mais vantagem na liderança do campeonato. Wandrey Niels, Ednilson Batista, Iago Sgorla e Sanderson Júnior completaram o pódio.

 

Já na Nacional 230 Estreante, Iago Sgorla e Crystian Andrade fizeram uma grande disputa pela vitória. Iago largou na frente e se manteve na primeira colocação até a sétima volta, quando não suportou a pressão feita por Crystian e perdeu a posição. Crystian, porém, conseguiu se manter na ponta por apenas três voltas porque Iago não desistiu e foi pra cima para retomar a primeira colocação. Faltando três voltas para o final, Iago deu o bote, recuperou a primeira posição e venceu. Crystian foi o segundo, seguido por Eros Lazaroto Júnior, Sanderson Júnior e Diego Kummrow.

 

Márcio Roberto Rover dominou a prova da categoria Nacional 150. Ele assumiu a ponta já na primeira volta e só administrou a vantagem. Fábio Bento Teixeira foi o segundo colocado, seguido de Marlon Mohr, Rafael Teske e Eduardo Correia Branco.

marcio rover

Márcio Roberto Rover

Na 85, Diego Heining venceu de ponta a ponta e abriu ainda mais vantagem na liderança da categoria. Mateus Fillipy Alexandre, Mayron Boeling, Alesson Chapiewski Filho e João Alfonso Claudino dos Santos completaram o pódio.

 

Na 65, vitória de João Alfonso Claudino dos Santos seguido de Vinícius Duarte dos Santos, Bruno Felipe Hodecker, Vinícius Lamonatto e Gabriel Waltrich. Na Mini-motos, quem venceu foi Anthony Gervásio, de ponta a ponta. Gabriel Mielke, Pedro Henrique Todt, Emanoel Chapiewsky e Vinícius Boing completaram o pódio.

 

Vídeo Categorias de Base

Imagem de Amostra do You Tube

 

Maysa Pianezer e Amabilly Cardoso disputaram volta a volta a vitória na categoria Batom. Melhor para Amabilly que faltando quatro voltas para o final, foi para cima, conseguiu a ultrapassagem e venceu. Maysa ficou em segundo, seguida de Judy Hartman Bisol, Carine Barroso, Kathlien Marcelino e Andria Linhares.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly