Gaúcho de Motocross chega a Venâncio no domingo

Por André Charão | 05 de agosto de 2013 - 18:55

O melhor campeonato Estadual de Motocross do Brasil está de volta para agitar o Rio Grande do Sul neste final de semana. Desta vez os motores voltam a roncar em Venâncio Aires, cidade que recebe a competição a mais de 25 anos consecutivos.

Além de ser uma das mais tradicionais etapas do campeonato, Venâncio Aires marcará a primeira metade competição, sendo que até agora as cidades de Maratá na região metropolitana, Segredo na região central, Três de Maio no noroeste e Torres no litoral norte sentiram as emoções das disputas das quinze categorias válidas na temporada.

Além dos melhores pilotos do Rio Grande do Sul, a etapa contará com grande presença de pilotos de Santa Catarina e Paraná, que disputam o campeonato Rinaldi Gaúcho de Motocross regularmente.

As expectativas são grandes em relação a participação dos pilotos das equipe Geração / Yamaha e também alguns pilotos da equipe Honda. A exemplo da etapa de Torres, são boas as possibilidades de vermos pilotos das grandes equipes participando novamente do campeonato neste fim de semana, dias 10 e 11 de agosto, em Venâncio Aires.

A pista do Parque Municipal do Chimarrão vem recebendo nos últimos dias a manutenção da pista e também a montagem da estrutura (camarotes) que darão um toque mais que especial ao evento.

A novidade para a quinta etapa fica pela disputa da primeira prova da nova categoria que fará parte da temporada, a MX2 Júnior, que será disputada por pilotos com idade até 17 anos.

“É sempre um prazer muito grande chegar a Venâncio Aires, afinal de contas, lá se vão mais de vinte e cinco anos sempre recebendo o Gaúcho de Motocross de braços abertos. Para retribuir todo esse apoio teremos uma etapa extraordinária, onde além de termos os melhores pilotos do Rio Grande do Sul teremos a presença de grandes nomes do Motocross nacional para a disputa da quinta etapa do Gaúcho de Motocross em Venâncio Aires”, declarou Paulo Della Flora, presidente da FGM.

Confira como o campeonato chega a Venâncio Aires

O campeonato ganhou um novo panorama com afastamento de Douglas ‘Duda’ Parise, líder isolado das categorias MX Pró e MX2. Duda sofreu uma queda que resultou em uma lesão na bacia na disputa da terceira etapa do Brasileiro de Motocross na cidade de Sorriso, no Mato Grosso do Sul, e infelizmente teve que dizer Adeus a temporada 2013.

Com Duda fora da disputa e a realização de duas baterias por etapa, abre-se uma nova perspectiva para os pilotos que ocupam as dez primeiras colocações da categoria MX Pró. Na categoria MX2 a situação é parecida, no entanto, os seis primeiros colocados na classificação são os que tem mais chances na briga pelo campeonato. Mas como estamos falando do melhor campeonato Estadual de Motocross do Brasil, pode-se dizer que tudo é possível.

Nas categorias MX3 e MX4, a experiência dos pilotos tem falado mais alto, nenhum dos líderes, Eder Antoniazzi (MX3) e Marcelo Agostini (MX4), conseguiu abrir uma vantagem confortável sobre os concorrentes, as duas categorias reservam grandes emoções para as próximas etapas.

Entre as categorias Intermediárias MX1 e MX2, a diferença dos líderes para os segundo colocados é apertada, Douglas Finatto (Intermediária MX1) além de levar doze pontos de vantagem para o segundo colocado Roberto Bergmann mantém 100% de aproveitamento na categoria. Na Intermediária MX2, Gabriel Carbonera perdeu os 100% de aproveitamento na última prova disputada em Torres, no entanto, se manteve na liderança com oito pontos de vantagem sobre o vice-líder Marcelo ‘Tchelo’ Galiotto, vencedor da etapa de Torres.

Maiara Basso e Joelma Peruchi encaram a etapa de Venâncio Aires com 100% de aproveitamento nas categorias MXF A e B, respectivamente. Mesmo enfrentando problemas físicos por conta de algumas quedas Maiara segue firme e forte na liderença da A com doze pontos a frente de Janaina Todeschini. Joelma tem a vida um pouco mais fácil na MXF B com 36 pontas a frente da segunda colocada Mariana Daltoé.

Na categoria Nacional 230 4 Tempos Ismael da Cruz leva uma boa vantagem na liderança da categoria, são treze pontos a frente do segundo colocado Vanderlei da Silva. Com duas vitórias em duas etapas disputadas Fabiano Nestor corre por fora em busca do campeonato.

A categoria Júnior é outra que tem uma disputa muito acirrada, mesmo tendo que enfrentar algumas lesões durante as quatro primeiras etapas, Gabriel Della Flora, lidera do campeonato está com quatro pontos a frente do vice-líder Tiago Brenner, no entanto, a briga pelo campeonato está aberta até o sexto colocado, Enzo Lopes, que soma duas vitória em duas etapas disputadas.

Willia Saccon está com a vida mansa na categoria Estreantes Importadas, afinal de contas, são trinte e sete pontos a frente do segundo colocado Sérgio Marque Moraes. Nesta categoria a disputa acirrada até o momento é pela vice-liderança, a categoria poderá sair de Venâncio Aires com um novo vice-líder.

A categoria mais acirrada até o momento é a 65, após vencer a etapa na cidade de Torres, Felippe Menuzzi assumiu a liderança da categoria com apenas um ponto de vantagem para o segundo colocado Felipe Migliorini, além dos dois, Pedro Moraes e Bruno Schimitz chegam à quinta etapa com a intenção de mudar radicalmente a ordem da classificação do campeonato.

Na categoria 50 A e B as situações são bem diferentes, Gabriel Andrigo lidera com folga a 50 A  quatorze pontos a frente do segundo colocado, além do retrospecto de quatro vitórias em quatro etapas. Na 50 B a briga esta acirrada, Garmichel Giehl lidera com três pontos de vantagem sobre Rafael Becker, segundo colocado, Cristhian Eckhardt vem na sequência com quatro pontos atrás do líder.

“Estamos apenas na metade do campeonato. É um dos campeonatos mais parelhos dos últimos tempos, e tenho certeza que os pilotos proporcionaram um belo espetáculo nas próximas etapas. Eles estão dando um show na briga pelas vitórias, e a qualidade dos pilotos e das disputas é o diferencial do nosso campeonato”, finalizou Della Flora.

1045016_530498603682860_383187916_n

Serviços da Quinta Etapa do Rinaldi Gaúcho de Motocross 2013
Cidade : Venâncio Aires
Estado : Rio Grande do Sul
Região : Vales do Rio Pardo e Taquari
Treinos : Sábado – 10 de agosto
Corridas : Domingo – 11 de agosto
Local : Pista do Parque Municipal do Chimarrão
Ponto de venda de ingressos : Entrada do Parque
Clique aqui para conferir o regulamento do Rinaldi Gaúcho de MX 2013
Clique aqui para conferir os horários dos treinos e das provas
Pronto Atendimento Médico : Hospital São Sebastião Mártir
(51) 3741.6716
Bebidas : Proibido acesso com bebidas
Promoção : Moto Clube Venâncio Aires e Fenachim
Realização : Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM
Supervisão : Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM
Cenografia : Danny Oliveira
Narração : Márcio Frozza

Rede Hoteleira em Venâncio Aires
Hotel Guest – (51) 3741.1375
Hotel Schimidt – (51) 3741.1134
Hotel Solar – (51) 3741.1523
Pousada Tropical – (51) 3741.5531

Rede Hoteleira em Santa Cruz do Sul – (30 Kms de Venâncio Aires)
Hotel Soder – (51) 2107.1800
Hotel Antonio’s – (51) 3713.1909
American Hotel – (51) 3711.1345
Hotel Charrua – (51) 3715.6503
Tobaccos Palace Hotel – (51) 3715.6633
Hotel Cithos – (51) 3713.1044

Rede Hoteleira em Lajeado – (30 Kms de Venâncio Aires)
Hotel Weiand – (51) 3714.8500
Hotel Imperatriz – (51) 3748.7272
Hotel Dahlen – (51) 3714.1225
Hotel Recanto – (51) 3714.4881

O campeonato Gaúcho de Motocross 2013 tem o patrocínio master da Rinaldi, Honda, Total Distribuidora Moto Peças Ltda., IMS Racewear, e co-patrocínio da SobreRodas e apoio da Vitrine da Moto, Sucos e Vinho Galiotto, Farover, Kimoto e Artemoto.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly