10 coisas para não perder no AMA MX em Utah

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 17 de agosto de 2013 - 7:26

A estreia
Depois de pular de equipe em equipe na Europa, Michael Leib encontrou uma casa para as duas finais do AMA Motocross nos Estados Unidos com a Rockstar Energy Racing, uma equipe que tem sido afetada por lesões esse ano. Será interessante ver como Leib vai se sair. Ele tem velocidade, mas também nunca correu uma etapa do AMA antes. Como ele vai se sair em sua primeira vez no AMA Motocross ?

A estreia dois
A estreia de Michael Leib não será a única neste sábado. Também tem a estreia do mais novo circuito do calendário do AMA Motocross. O Miller Motorsports Park, em Tooele, no Estado de Utah. As equipes e os pilotos serão forçados a compreender rapidamente uma pista totalmente nova que ninguém nunca correu antes. Quem vai descobrir os segredos da pista primeiro ? O layout e o terreno vão favorecer o estilo de pilotagem específico de alguém ?

58220_i-qzm6djq-xl_600

Michael Leib

Está Rolando
Tendo vencido as seis últimas baterias consecutivas (e nove das últimas 11), é seguro afirmar que Eli Tomac encontrou outra engrenagem na segunda parte da temporada. Julgando pelo o que viemos nas outras corridas, o piloto que pode interromper a sessão de vitórias do piloto Geico / Honda é Ken Roczen, embora isso não tenha nem chegado perto de acontecer em Unadilla. Será que a marcha de sucesso de Tomac vai continuar em Utah ou será que Roczen vai se reagrupar e lançar uma ofensiva final agora que estamos perto da final da temporada ?

Altitude
À 1.340 metros de altitude, o Miller Motorsports Park é cerca de 304 metros mais baixo que Thunder Valley. Mas 1.340 metros já é algo para mexer com o barômetro. A atmosfera mais rarefeita vai criar mais outro desafio para as regulagens e também uma provação física para os pilotos tentando acelerar. Também vai afetar a saída da potência, e os pilotos (principalmente os das 250) terão que mudar seus estilos de pilotagem normais de acordo. Que vai se adaptar mais rápido ?

Jake Weimer
Se fosse 2012, não seria uma surpresa ver Jake Weimer no pódio em uma bateria. Afinal de contas, ele esteve lá dez vezes no ano passado. Mas estamos em 2013 e como ele mesmo admitiu, a temporada de Weimer não tem sido muito boa, então vê-lo segurando o atual campeão Ryan Dungey para ficar em terceiro lugar na segunda bateria em Unadilla foi uma surpresa. O desempenho de Weimer foi momentâneo ou ele percebeu algo no final da temporada ? Será que ele pode continuar com sua velocidade de pódio em Utah ?

58221_weimer-unadilla2013-c_57f7e_600

Jake Weimer

Amansando sem problemas
Na semana passada em Unadilla, Ryan Dungey parecia ter problemas com o arranjo de sua moto. Em seus comentários após a corrida ele comentou sobre o arranjo da moto e coisas não fluíram muito bem para ele no circuito irregular e cheio de canaletas de Unadilla. Isso acontece com todo piloto e equipe em qualquer momento da temporada e vai se resolver com testes e diálogos entre a equipe durante a semana. A segunda bateria em Unadilla foi a primeira vez em muito tempo que Dungey se encontrou de fora do pódio em uma bateria sem um acidente ou mal funcionamento da moto. Com uma semana para refletir e procurar os arranjos, será que Dungey e a KTM podem se organizar e voltar a subir no degrau mais alto ?

A trilha de volta
Matt Goerke voltou ao campeonato há algumas corridas, mas ele finalmente está começando a voltar a forma que era esperada do veloz piloto da equipe BTO / KTM. Seu 12º lugar no geral com certeza não foi um indicativo do que ele é capaz de fazer, mas marcou uma melhoria definitiva em seus resultados anteriores. As expectativas eram altas para um forte verão, mas com uma lesão severa no punho durante o SX ele tem se esforçado para alcançar seus rivais.  Restando duas etapas no campeonato, será interessante ver quanto ele pode subir nos resultados.

58219_goerke-unadilla2013-c_5842e

Matt Goerke

Onde está Marvin ?
Marvin Musquin venceu a edição 2012 de Unadilla. Muitas pessoas esperavam um desempenho forte do simpático francês na semana passada. Porém largadas ruins e acidentes atormentaram Musquin, rebaixando-o para uma oitava posição no geral. Com tempos de voltas muito melhores do que seus resultados indicam, com certeza Musquin vai tentar se redimir no Miller Motorsports Park.

Se distanciando
Depois de ficar de fora de sua temporada final no Loretta’s com uma lesão no ombro, Jeremy Martin entrou nas três etapas finais do AMA Motocross abaixo dos 100%. Ele teve dificuldades, levando a uma baixa temporada repleta de dúvidas de muitos sobre suas capacidades. Através disso tudo, Jeremy nunca perdeu a confiança. Ele sabia que não estava saudável e esteve lá para ganhar experiências valiosas. Avançando um ano e Martin claramente distanciou-se da categoria de novato estelar 2013 com três pódios de baterias nas quatro últimas. A atenção agora está no jovem de Minnesota. Como ele vai responder em Utah ?

Atolando
Seguindo uma pilotagem de descoberta em Budds Creek, onde ele liderou pela primeira vez desde High Point em 2011 e acabou em terceiro na bateria, Darryn Durham ainda tem que se destacar. O piloto Pro Circuit / Kawasaki tem lidado com um monte de lesões ao longo das duas últimas temporadas, mas muitos esperavam que o ex-campeão do Horizon Award retornasse a sua forma até o final da temporada. Ainda não aconteceu, e ele não conseguiu marcar tantos pontos, 20, somando as duas baterias como ele marcou na segunda bateria em Budds Creek. Será que Durham vai virar o jogo quando a temporada chega ao fim ?

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly