Equipes para o Motocross das Nações – Atualizado

Por Mariah Morgado | 20 de agosto de 2013 - 17:46

Com as Olimpíadas do Motocross se aproximando, as convocações das equipes para a maior corrida de MX da temporada também. Este ano o Motocross das Nações – MXoN, acontecerá nos dias 28 e 29 na Alemanha. Confira abaixo os times já confirmados para a edição 2013.

Há um mês, a Alemanha divulgou os pilotos convocados, Ken Roczen, Max Nagl e Dennis Ulrich, com Christian Brockel na reserva. Marcus Schiffer da equipe do ano passado está lesionado e não pode atender a convocação.

A Bélgica selecionou sua equipe no final de semana retrasado. Clement Desalle, Ken De Dycker e Jeremy Van Horebeek são os escolhidos. Sem dúvidas os belgas serão um dos favoritos com Desalle e De Dycker nas 450 e Van Horebeek na categoria MX2.

A França convocou Gautier Paulin, Jordi Tixier e Christophe Charlier. Mesmo sem o bicampeão mundial Marvin Musquin, os franceses também têm uma forte chance de pódio.

A seleção mais esperada era a dos Estados Unidos que também foi definida no final de semana. Com a notícia da cirurgia na perda de Ryan Villopoto, sua vaga foi preenchida por Justin Barcia que fez parte da equipe do ano passado. Ryan Dungey e Eli Tomac são os companheiros de equipe de Barcia. Tomac correrá na MX2 e muitos na Europa estão ansiosos para ver o campeão do AMA Motocross 2013 correr nesse evento pela primeira vez.

A Austrália já decidiu sua equipe e o anúncio oficial sairá a qualquer momento. Na semana passada, Dean Ferris, vencedor do Grand Prix da Bélgica, comentou que adoraria ser escolhido e se voluntariou para a seleção. O ex-campeão do AMA Supercross, Chad Reed, também mencionou que queria correr e o terceiro piloto é Brett Metcalfe. Se Reed conseguir encontrar um pouco da sua forma, com certeza essa equipe terá uma grande chance de subir no pódio.

No mês passado, Antonio Cairoli comentou que vai correr no Nações e Alessandro Lupino também. Embora ainda não tenha sido decidido o terceiro piloto que poderá ser David Philippaerts ou Davide Guarneri. Lupino será o piloto da MX2 e com sua forma e desempenho recentes, a equipe italiana também será uma favorita ao pódio.

Com a notícia de hoje que Jeffrey Herlings não vai para o Nações devido a uma fratura na escápula (osso do ombro), Glenn Coldenhoff é o único piloto definido na equipe da Holanda. Os responsáveis pela equipe holandesa ainda não tinha decidido quem será o terceiro piloto, embora Marc De Reuver esteja entusiasmado para participar do evento, e agora precisam escolher o substituto de Herlings.

Porto Rico também anunciou seus pilotos, que serão Roberto González na categoria MX1, Alex Martin na MX2 e Phil Nicoletti na Open. O chefe de equipe será Gabriel Cátala.

Já a Nova Zelândia informou que os três pilotos que irão defender as cores do país no Motocross das Nações 2013 em Leipzig serão Cody Cooper, Rhys Carter e Kayne Lamont, sob a supervisão de Josh Coppins.

Mais notícias sobre as equipes serão divulgadas nos próximos dias e como sempre será interessante ver o que a Inglaterra, Letônia, Rússia e a Espanha terão. Pilotos como Tommy Searle, Jake Nicholls, Jonathan Barragan, José Butrón, Evgeny Bobryshev, Alexander Tonkov e Tanel Leok provavelmente serão incluídos nas equipes de suas nações.

2013

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly