Previsões para o Festival MXGP em Matterley Basin

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 21 de agosto de 2013 - 8:47

Depois do sucesso estrondoso do Festival MXGP do ano passado, Matterley Basin está preparada para sediar mais uma vez o maior show de MX do ano. Começando na quinta-feira, onze categorias, uma a mais do que no ano passado, irão correr na emblemática pista de Matterley Basin, onde Cairoli pode assegurar seu sétimo título mundial e onde todos os títulos europeus serão decididos.

O Festival MXGP 2013 vai quebrar todos os recordes tendo 524 pilotos inscritos no evento e divididos nos seguintes campeonatos: Mundial de MX MX1, Mundial de MX MX2, Mundial de MX MX3 e Mundial MX WMX, Copa Mundial VMX, Campeonatos europeus EMX65, 85,125, 150 e 250 e a corrida amadora. Na manhã de domingo, todos os pilotos participarão do Desfile dos Pilotos e vão cobrir a pista de Matterley Basin com suas motos.

1308202146ParadeGB1

Imagem do evento de 2012 em Matterley Basin

Categoria MX1

Antonio Cairoli ficou com a segunda posição no geral na Bastogne, Bélgica, no último final de semana e perdeu a oportunidade de ser coroado o campeão da MX1 porque Clement Desalle terminou na primeira posição do pódio. Entretanto, o italiano da KTM Factory Racing viaja Matterley Basin com 90 pontos de vantagem e só restam 100 pontos para se vencer no campeonato, então é muito provável que Cairoli vença seu sétimo título mundial depois da primeira bateria de domingo.

Clement Desalle experimentou um dos melhores finais de semana de sua carreira no final de semana passado na Bastogne onde ele conseguiu entregar a vitória no geral a seus conterrâneos e impediu que Cairoli fosse coroado o campeão mundial em sua própria casa. Porém, Desalle está ciente de que o italiano tem tudo a seu favor para obter o título 2013 neste final de semana, mas o belga da Rockstar Suzuki World vai correr novamente por outra vitória.

1308201435Cairoli and Desalle

Antonio Cairoli e Clement Desalle

A terceira posição na classificação da MX1 pertence a Ken De Dycker, colega de equipe de Cairoli, que deu o seu melhor na Bélgica, mas só conseguiu terminar em sexto no geral e ainda machucou o tornozelo. O belga teve muitas dificuldades dentro de casa, mas ele espera se sentir melhor no próximo fim de semana para voltar a subir no pódio.

Gautier Paulin voltou a correr na Bélgica e obteve um terceiro lugar impressionante na primeira bateria. Na metade da segunda bateria, o francês quase caiu e decidiu ir para o pit para não correr riscos desnecessários, mas no geral o piloto Kawasaki Racing provou estar completamente recuperado da concussão que sofreu na Alemanha. Neste final de semana, Paulin vai correr em Matterley Basin com as boas lembranças de sua terceira posição do ano passado.

O colega de equipe de Desalle, Kevin Strijbos, está se aproximando da quarta posição do campeonato, estando agora com 16 pontos atrás de Paulin. O piloto belga teve dificuldades na primeira bateria nas Bastogne, mas conseguiu ficar em quarto lugar no geral. Então, ele vai se esforçar para subir no pódio novamente no próximo final de semana.

Em Matterley Basin todos os olhos estarão voltados para o melhor piloto britânico do momento, Tommy Searle, que é o sexto na classificação atualmente e ainda está brigando para obter seu primeiro pódio da MX1. Searle já repetiu várias vezes que Matterley Basin é uma pista especial para ele, não apenas porque é perto de casa, mas também porque é onde ele obteve sua estréia no pódio, foi a pista onde ele participou em seu primeiro Motocross das Nações e onde ele venceu o Grand Prix da MX2 no ano passado, superando Jeffrey Herlings. No final de semana, Searle não vai apenas correr pelo pódio, mas também vai se esforçar pra vencer novamente diante de seu publico conterrâneo.

Jeremy Van Horebeek, que é outro piloto que está buscando seu primeiro pódio na categoria, ocupa a sétima posição na classificação, seguido por Max Nagl e Evegny Bobryshev. Enquanto o alemão ainda está se recuperando de sua infecção pelo vírus Epstein-Barr, seu colega de equipe russo subiu no pódio nos dois últimos GPs. David Philippaerts tem tido resultados muito bons ultimamente e completa os dez primeiros colocados da classificação da MX1.

Categoria MX2

Jeffrey Herlings da KTM Factory Racing vai ficar de fora do Mundial da Inglaterra e do restante da temporada devido a escápula quebrada. O piloto holandês caiu durante a corrida classificatória na Bélgica e o que antes parecia ser um ombro esquerdo deslocado foi finalmente diagnosticado como escápula quebrada.

Seu colega de equipe Jordi Tixier vai se esforçar para colocar sua moto no topo do pódio e obter sua primeira vitória de GP. No ultimo final de semana, todas as apostas estavam nele, mas o francês teve problemas com seus óculos nas duas baterias e só conseguiu ficar com a segunda posição no geral.

Outro piloto que vai disputar a vitória no geral em Matterley Basin é José Butrón que continua na terceira posição da classificação com 31 pontos de vantagem sobre Christophe Charlier. O piloto KTM Silver Action não lidou bem com a pressão na semana passada na Bélgica e ficou de for a do pódio, mas ele está determinado a largar na frente nas duas baterias e brigar pela vitória nesse final de semana.

Christophe Charlier da Yamaha também perdeu o pódio em Bastogne, mas nesse final de semana ele vai correr novamente não só pela vitória do Grand Prix, mas também para subir para a terceira posição do campeonato. O piloto francês provou ser muito forte fisicamente, mas ainda falta consistência para corer com o grupo da dianteira nas duas baterias.

O piloto Standing Construct KTM, Glenn Coldenhoff, mais uma vez subiu no pódio no último final de semana e ele continua na quinta posição da classificação. Entretanto, o australiano Dean Ferris está com apenas três pontos atrás do holandês. Coldenhoff vai correr novamente para terminar no pódio e segurar sua posição no ranking da MX2.

Dean Ferris viaja para a Inglaterra depois de obter sua primeira vitória de Grand Prix na Bélgica. O piloto australiano teve um desempenho excelente na semana passada e dominou as duas baterias. O Grand Prix britânico é especial para o australiano, já que sua equipe é baseada no país e seu chefe de equipe, Steve Dixon, também é o organizador do evento. Então Ferris vai dar o seu melhor para dar a sua equipe e o público britânico mais uma vitória no final de semana.

1308201448Ferris back

Dean Ferris

O piloto da casa, Jake Nicholls, que é o sétimo na classificação, não teve a temporada que esperava, mas ele vai se esforçar para subir no pódio diante de seu público na Inglaterra, do mesmo modo que vez no início da temporada em Valkenswaard. Entre os dez primeiros da classificação da categoria temos outro britânico, Max Anstie, que vem atrás de Lupino na nona posição do campeonato, seguido por Petar Petrov que também vai correr em seu quintal neste final de semana.


Categoria MX3

No final de semana, o campeonato Mundial MX3 vai comemorar sua sétima das nove etapas. O esloveno Klemen Gercar vai tentar defender seu plate vermelho contra Martin Michek e Mathias Walkner que ocupam a segunda e terceira posições no campeonato. Porém, Gert Krestinov, que está com 36 pontos atrás de Gercar, também vai brigar pela vitória mesmo sabendo que o título é um pouco difícil de conseguir. O piloto tcheco, Frantisek Smola, subiu para a quinta posição na classificação depois da etapa ucraniana onde ele venceu a primeira bateria e obteve a terceira posição no geral.

Categoria Womens Motocross

Durante o Festival MXGP, as mulheres também irão alinhar em Matterley Basin para comemorarem da quinta etapa do Campeonato Mundial de Motocross Feminino. Até o momento, Chiara Fontanesi dominou todas as corridas e é claramente a favorita para vencer a etapa britânica, na pista onde ela obteve seu primeiro título mundial no ano passado. A australiana Megan Rutledge já provou estar em uma ótima forma e vai se esforçar para brigar pela vitória no geral do mesmo que Natalie Kane, que é a terceira colocada na classificação com apenas um ponto atrás de Rutledge e com 33 pontos atrás de Fontanesi. Outra piloto para se prestar atenção no final de semana é a ex-campeã mundial Stephanie Laier que está com apenas um ponto atrás de Kane. Nancy Van De Ven completa as cinco primeiras colocadas do ranking.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly