Prévia da final do Mundial de MX 2013 em Lierop

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 05 de setembro de 2013 - 9:48

O campeonato Mundial de Motocross 2013 já visitou 16 circuitos em 15 países diferentes e teve três Grand Prix em outros continentes, Qatar, Tailândia e Brasil, mas nesse final de semana, a pista holandesa de Lierop vai marcar o final de uma temporada extraordinária. Embora os títulos da MX1 e MX2 já tenham sido decididos, um bom final de semana de boa corrida é garantido na Holanda porque as cinco primeiras posições das duas categorias ainda serão decididas.

Lierop também sera palco das etapas finais dos campeonatos europeus EMX125 e EMX250 e enquanto Pauls Jonass já  tenha faturado o título 2013 do campeonato EMX125 em Matterley Basin, o campeonato EMX250 ainda está em aberto. Valentin Guillod lidera com uma vantage de 12 pontos sobre Jeremy Seewer, mas tudo pode acontecer nas areias da complicada pista de Lierop.

Categoria MX1 

Antonio Cairoli teve quase duas semanas para comemorar seu sétimo título mundial, mas já voltou a treinar com sua moto da Red Bull KTM Factory Racing para dar o seu melhor em Lierop e terminar a temporada com uma dobradinha. Durante o Grand Prix da Inglaterra, o italiano explicou o quanto gosta de correr na areia e seu objetivo principal do final de semana é subir no topo do pódio já que perdeu a vitória no geral por três vezes consecutivas nas últimas etapas.

1308271915desalle leads

Clement Desalle, da equipe Rockstar Energy Suzuki World, tem sido bem dominante nos três últimos Grand Prix, vencendo na Grã Bretanha, Bastogne e República Tcheca. O belga vai correr para tentar colocar sua Suzuki mais uma vez no degrau mais alto do pódio mesmo que sua segunda posição no campeonato esteja segura.

O colega de equipe de Cairoli, Ken De Dycker, tem corrido com um tornozelo lesionado no ultimo GP e não tem conseguido brilhar como de costume, mas ele conseguiu manter a Terceira posição na classificação. O belga chega a Lierop depois de vencer o Campeonato Belga de MX e provou que está preparado para subir no pódio nesse final de semana.

1308271912cairoli flying

O piloto da Kawasaki Racing, Gautier Paulin, é o atual quarto colocado no campeonato, mas Kevin Strijbos está bem próximo com quatro pontos atrás do francês. Paulin foi forçado a ficar de fora de dois Grand Prix devido a uma grave concussão que sofreu durante o GP da Alemanha, então ele perdeu a oportunidade de ser o vice do campeonato.  Porém, Paulin não está mais preocupado em qual posição vai terminar, agora ele está completamente focado em recuperar sua forma e a condição física que tinha antes do acidente em Lausitzring.

Kevin Strijbos, colega de equipe de Desalle, ficou em segundo lugar do pódio em Matterley Basin depois de duas baterias fortes na terceira posição. O belga está com apenas quatro pontos atrás de Paulin e vai se esforçar no final de semana para tentar fazer duas baterias consistentes e terminar a temporada na quarta posição.

Tommy Searle não teve os resultados que esperava em casa, mas ele vai começar do zero neste final de semana para tentar subir no pódio. Jeremy Van Horebeek também perdeu o pódio na Inglaterra com a desistência na primeira bateria, mas com uma segunda posição na outra bateria. Com isso, o piloto belga, que atualmente ocupa a sétima posição na classificação com 55 pontos atrás de Searle, vai tentar o seu melhor para ter sua estréia no pódio da MX1 em Lierop.

Max Nagl, que ficou de fora dos três últimos Grand Prix porque ele estava com uma infecção viral, pode retornar esse final de semana com sua Honda. Durante a ausência do alemão, Evgeny Bobryshev fez corridas bem consistentes e subiu no terceiro degrau do pódio de cada Grand Prix. O russo vai tentar fazer o mesmo neste final de semana e tentar subir para a oitava posição na classificação, Bobrysehv está na nona posição com apenas dois pontos atrás de Nagl. David Philippaerts completa o top 10 da classificação da categoria.

Rui Gonçalves, que fraturou a sua C6 há cinco semanas em Lausitzring, volta com sua KTM no final de semana e embora ele saiba que sera um GP difícil, o português está ansioso para voltar a correr com os melhores pilotos do mundo da categoria MX1.

Categoria MX2

Jeffrey Herlings quebrou a scapula durante a corrida classificatória do Grand Prix da Bélgica há quase três semanas, mas ele já foi coroado o campeão da MX2 na etapa de Loket. Os medicos aconselharam o jovem piloto holandês da Red Bull KTM Factory Racing a ficar de for a do restante da temporada para curar a lesão adequadamente, mas Herlings estará presente no paddock de Lierop no final de semana para receber seus fãs e a imprensa.

Seu colega de equipe, Jordi Tixier, não teve muita sorte nos dois últimos GPs e perdeu a oportunidade de subir no degrau mais alto do pódio, terminando em Segundo na Bastgone e 11º em Matterley Basin devido a uma desistência na primeira bacteria. Neste final de semana, o francês terá a última oportunidade para correr pelo que pode ser sua primeira vitória na MX2 e ele está totalmente focado a atingir seu objetivo.

José Butrón tem andado com segurança nas últimas corridas para manter a Terceira posição na classificação. O piloto espanhol da KTM Silver Action tem uma vantagem confortável de 39 pontos sobre Christophe Charlier e se ele fizer duas corridas consistentes como fez nas etapas anteriores, ele vai alcançar seu objetivo principal que é terminar o Campeonato Mundial MX2 na terceira posição.

1308281754Butron-Brazil-2013

Christophe Charlier da Monster Energy Yamaha não foi muito consistente nas últimas corridas e perdeu a oportunidade de se aproximar de Butrón na pontuação. O piloto francês venceu a segunda bacteria em Matterley Basin, sua segunda vitória da temporada, mas ficou de for a do pódio, pois terminou a primeira corrida em 18º lugar. Charlier está focado em fazer duas boas baterias em Lierop e terminar a temporada no pódio.

Glenn Coldenhoff da Standing Construct KTM estará correndo em casa no final de semana depois de obter sua primeira vitória de Grand Prix na MX2 na Inglaterra. O piloto holandês ficou sem palavras depois do GP, mas ele mencionou que vencer novamente neste final de semana, diante de seus fãs conterrâneos, seria um sonho realizado.

1309042029Coldenhoff2

Dean Ferris, que é o atual sexto colocado no campeonato com 16 pontos atrás de Coldenhoff, venceu a primeira bateria na Inglaterra e ficou próximo de vencer o que seria seu segundo GP na categoria, mas uma falha mecânica depois de um acidente o forçou a se retirar. O australiano sabe o quão difícil a pista holandesa será no final de semana, mas vai se esforçar novamente para tentar conquistar o último pódio da temporada.

Jake Nicholls chega à Lierop na sétima posição da classificação e completamente motivado para subir de novo no pódio. Seu compatriota Max Anstie, que no ano passado ficou em terceiro lugar em Lierop, ocupa a oitava posição, mas vai precisar de um bom resultado no final de semana para manter a posição já que o italiano, Alessandro Lupino, vem logo atrás com apenas um ponto. Dylan Ferrandis completa o top 10 da classificação da MX2.

Romain Febvre será outro piloto para se prestar atenção no final de semana porque mesmo que ele esteja 12º na classificação, ele vai se esforçar para subir no pódio como ele fez no início da temporada antes de fraturar a fíbula.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly