Resultados de sábado do Motocross das Nações 2013

Por Divulgação | Fotos por César Araújo | 28 de setembro de 2013 - 19:13

Pilotos brasileiros entram na pista pela primeira vez para realizarem o treino livre no Motocross das Nações 2013, e Hector Assunção fez o décimo sexto melhor tempo da MX1. Começou para valer o Motocross das Nações 2013, em Teutschenthal na Alemanha. Na manhã deste sábado, 28 de setembro, aconteceram os treinos livres das três categorias que disputam a competição. Este foi o primeiro contato que os pilotos tiveram com o circuito e claro, visando as provas de classificação na parte da tarde, ninguém forçou demais o ritmo.

A primeira a entrar na pista foi a MX1 e como de costume Antonio Cairoli dominou os tempos com 1:40.067. O russo Evgeny Bobryshev e o francês Gautier Paulin vieram na sequência com o segundo e terceiro melhores tempos. Já o norte americano Ryan Dungey escondeu o ouro nestes treinos, marcando apenas o 8º tempo. Hector Assunção, apesar de ser um dos pilotos que menos andou, completando apenas nove voltas, se mostrou bastante adaptado a Yamaha de 450 e marcou o décimo sexto melhor tempo da categoria.

8c68b4bf59b07eac7b6f44eda6d8a2c6MX1HECTOR

Hector Assunção

Na sequência foi a vez da MX2, onde o australiano Dean Ferris foi o mais veloz. Menos de 3 décimos de segundo atrás veio o atual campeão norte americano de Motocross, Eli Tomac. Anderson Cidade preferiu usar o treino mais como reconhecimento de pista e sem forçar demais o ritmo, marcou o trigésimo tempo.

8f18201da9cbfb32ac99e23bc2aff06fracemx2

Anderson Cidade

Na Open, categoria que encerrou os treinos livres, Rafael Faria fez o vigésimo sexto tempo. O mais rápido foi o vice campeão Mundial, Clement Desalle, com sua melhor volta em 1:39.829. ainda no mesmo segundo do piloto belga, vieram o britânico Shaun Simpson, o francês Christophe Charlier e o estoniano Tanel Leok. O piloto dos Estados Unidos, Justin Barcia, completou os cinco mais rápidos da categoria.

901d2c36e9bf32d8a0c0b7d24e17cf53MXOPEN96_FARIA

Rafael Faria

Na tarde deste sábado aconteceram as corridas de classificação onde apenas os 20 melhores times passaram para as finais de domingo.

Sorteio da escolha da posição no gate

Na manhã deste sábado, dia 28 de setembro, aconteceu o tradicional sorteio que define a ordem de escolha do gate para as provas de classificação que acontecem a tarde. A Tailândia foi o país felizardo e será o primeiro a escolher sua posição no gate de largada, seguido por Irlanda e Noruega, que foram respectivamente o segundo e terceiro escolhidos.

Em uma prova de tão alto nível como o Nações, uma boa largada é fundamental e para isso a posição no gate é muito importante. O Brasil ficou com uma posição relativamente boa, nas provas classificatórias deste sábado Rafael Faria, Hector Assunção e Anderson Cidade serão os décimo quartos a alinhar no gate para suas corridas, a frente dos principais favoritos que neste ano não tiveram tanta sorte no sorteio. Exemplo disto é a anfitriã e atual campeã Alemanha, que ficou apenas com a vigésima oitava posição

Entre outros favoritos que ficaram mais para trás estão a Bélgica em décimo quinto, Estados Unidos em décimo oitavo, Itália em vigésimo quinto, Holanda em trigésimo sexto e França na trigésima oitava. Entre os mais ‘azarados’ no sorteio está a Inglaterra que largará na quadragésima e última posição.

4a2c2c2a75f214543d6bf05b3641eee21aa

Manuel Carlos Hermano e Onílio Cidade

Confira abaixo a lista completa do sorteio de ordem de largada
1. Tailândia
1. Tailândia
2. Irlanda
3. Noruega
4. Austrália
5. Eslováquia
6. Venezuela
7. Finlândia
8. Hungria
9. Islândia
10. Croácia
11. Grécia
12. Estônia
13. Áustria
14. Brasil
15. Bélgica
16. Israel
17. Portugal
18. Estados Unidos
19. Suíça
20. Dinamarca
21. Rússia
22. Polônia
23. Lituânia
24. Suécia
25. Itália
26. Eslovênia
27. Espanha
28. Alemanha
29. Nova Zelândia
30. Luxemburgo
31. República Checa
32. Ucrânia
33. Porto Rico
34. Canadá
35. Japão
36. Holanda
37. Romênia
38. França
39. Letônia
40. Inglaterra

Corridas classificatórias

O cenário é impressionante: centenas de motorhomes e torcida de todos os lugares do mundo lotam o espaço de camping reservado na pista. Os melhores pilotos do mundo se encontram no MXoN.

O Brasil novamente marca presença na disputa. O time brasileiro, a exemplo do ano passado, conta com total apoio da Yamaha Europa e Michele Rinaldi, dono do time Monster / Yamaha, que oferece as motos e todo o suporte de equipe e mecânicos.

Os atletas do nosso país estão em contato direto com as maiores equipes e competidores do mundo, o que certamente trará uma experiência ímpar.

A pista, que este ano tem 1.565 metros de extensão tem um terreno um pouco mais próximo aos que encontramos nos circuitos brasileiros.

Na MX1 Hector Assunção manteve um bom ritmo e finalizou a bateria classificatória na vigésima colocação. Anderson Cidade chegou a desenvolver bem na prova de classificação da MX2, e andou na décima nona posição, mas finalizou em vigésimo oitavo lugar.

Na Open Rafael não fez boa largada, saiu na vigésima oitava posição, mas imprimiu um bom ritmo e conquistou cinco ultrapassagens, conseguindo a vigésima terceira colocação já na terceira volta. O paranaense chegou a ocupar o décimo nono posto, mas finalizou em vigésimo lugar.

Na soma dos resultados dos três competidores o Brasil ficou com a 23ª posição e terá de tentar a vaga para as finais do Motocross das Nações na repescagem, que acontecerá as 6:00 horas deste domingo no horário de Brasília.

1309282201MetcalfeSat_MXoN_D_2013

Brett Metcalfe

Resultado da Corrida Classificatória da Categoria MX1

1. Brett Metcalfe – AUS
2. Ryan Dungey – USA
3. Tommy Searle – GBR
4. Antonio Cairoli – ITA
5. Ken dy Dycker – BEL
6. Max Nagl – GER
7. Gautier Paulin – FRA
8. Rui Conçalves – POR
9. Valentin Guillod – SUI
10. Marc de Reuver – NED
11. Kasper Lyngaard – DEN
12. Rhys Carter – NZL
13. Jonathan Barragan – ESP
14. Cole Thompson – CAN
15. Gert Krestinov – EST
16. Even Heibye – NOR
17. Santtu Tiainen – FIN
18. Frantisek Smola – CZE
19. Gunter Schmidinger – AUT
20. Hector Assunção – BRA
21. Kim Lindstrom – SWE
22. Matevz Irt – SLO
23. Yohei Kojima – JPN
24. Vytautas Bucas – LTU
25. Augusts Justs – LAT
26. Tomas Simko – SVK
27. Gary Gibson – IRL
28. Adrian Raduta – ROU
29. Matei Jaros – CRO
30. Oscar Esparis – VEN
31. Lukasz Kedzierski – POL
32. Dimitria Vaggelakos – GRE
33. Bjorn Frank – LUX
34. Kari Jonsson – ISL
35. Dmytro Asmanov – UKR
36. Ido Carmon – ISR
37. Atison Ruadero – THA
38. Roberto Gonzalez – PUR
39. Kornel Nemeth – HUN
40. Evgeny Bobryshev – RUS

Resultado da Corrida Classificatória da Categoria MX2

1. Ken Roczen – GER
2. Dean Ferris – AUS
3. Jeremy van Horebeek – BEL
4. Eli Tomac – USA
5. Jake Nicholls – GBR
6. Jordi Tixier – FRA
7. José Butrón – ESP
8. Alessandro Lupino – ITA
9. Alexandr Tonkov – RUS
10. Glenn Coldenhoff – NED
11. Pascal Rauchenecker – AUT
12. Harri Kullas – FIN
13. Jeremy Seewer – SUI
14. Stefan Kjer Olsen – DEN
15. Paulo Alberto – POR
16. Magne Klingsheim – NOR
17. Davis Ivanovs – LAT
18. Erki Kahro – EST
19. Kayne Lamont – NZL
20. Filip Neugebauer – CZE
21. Martin Barr – IRL
22. George Cabal – ROU
23. Anton Lundgren – SWE
24. Alex Martin – PUR
25. Tomasz Wysocki – POL
26. Matas Inda – LTU
27. Jeremy Medaglia – CAN
28. Anderson Cidade – BRA
29. Toshiki Tomita – JPN
30. Gabor Firtosvari – HUN
31. Volodymyr Tarasov – UKR
32. Ingvi Bjorn Birgisson – ISL
33. Guillermo Esteve – VEN
34. Jakub Hruska – SVK
35. Luka Kriznik – CRO
36. Ioannis Touratzidis – GRE
37. Thanarat Penjan – THA
38. Gilles Hermes – LUX
39. Asaf Ben Aharon – ISR

Resultado da Corrida Classificatória da Categoria Open

1. Clement Desalle – BEL
2. Justin Barcia – USA
3. Tanel Leok – EST
4. Todd Waters – AUS
5. Shaun Simpson – GBR
6. Dennis Ullrich – GER
7. Christophe Charlier – FRA
8. Evgeny Mikhaylov – RUS
9. Matthias Walkner – AUT
10. Cody Cooper – NZL
11. Phil Nicoletti – PUR
12. Graeme Irwin – IRL
13. Martin Michek – CZE
14. David Philippaerts – ITA
15. Bence Svoboda – HUN
16. Alvaro Lozano – ESP
17. Kenneth Gundersen – NOR
18. Matiss Karro – LAT
19. Herjan Brakke – NED
20. Rafael Faria – BRA
21. Kiemen Gercar – SLO
22. Mykola Paschynskiy – UKR
23. Ludvig Soderberg – FIN
24. Hugo Santos – POR
25. Arminas Jasikonis – LTU
26. Filip Bengtsson – SWE
27. Makoto Ogata – JPN
28. Killian Auberson – SUI
29. Lukasz Lonka – POL
30. Carlos Badiali – VEN
31. Hrvoje Karas – CRO
32. Tyler Medaglia – CAN
33. Chalyan Romphan – THA
34. Georgios Arvanitis – GRE
35. Virgil Corbea – ROU
36. Yves Frank – LUX
37. Guy Elyetym – ISR
38. Nikoiaj Larsen – DEN
39. Michal Novocky – SVK
40. Eythor Reynisson – ISL

Classificação geral das corridas classificatórias

1. Austrália
2. Estados Unidos
3. Bélgica
4. Alemanha
5. Grã Bretanha
6. Itália
7. França
8. Rússia
9. Estônia
10. Espanha    
11. Holanda
12. Áustria
13. Nova Zelândia
14. Suíça
15. Portugal
16. Dinamarca
17. Finlândia
18. República Tcheca
19. Noruega

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly