Resultados de domingo do Brasileiro de MX em Foz

Por Divulgação | Fotos por Kelson Rene | 20 de outubro de 2013 - 21:56

O português Paulo Alberto foi quem subiu no lugar mais alto do pódio da categoria MX2 na sétima etapa do campeonato Brasileiro de Motocross 2013, em Foz do Iguaçu, no Paraná, neste domingo, 20 de outubro. Ele venceu a primeira bateria e foi vice na segunda. “Na primeira bateria andei bem, foi tranquilo. Na segunda eu larguei mal, mas consegui recuperar. Estou muito feliz”, conta o português.

Nesta etapa, Hector Assunção quebrou a dobradinha dos companheiros de equipe Thales Vilardi e Paulo Alberto. Desde a primeira etapa os dois revezavam as primeiras posições. Desta vez, Hector terminou em segundo após a somatória das duas baterias. “Desde a primeira etapa esperava uma classificação melhor. Agora corri bem, fiz uma boa largada. Estava cansado no final, mas deu tudo certo”, explica Hector.

Primeira Bateria Categoria MX2

Boa disputa na primeira bateria da MX2. Pedro ‘Pepê’ Bueno (numeral 97) largou na frente, e logo atrás o português Paulo Alberto (211) já botou pressão. Aos seis minutos de prova, Paulo passou Pepê, que já começou a ser pressionado por Hector Assunção que estava na terceira posição.

Aos 14 minutos Hector passa o numeral 97, mas os dois alternaram de lugar, até que aos 17 minutos de prova Hector finalmente assume a segunda posição.

Paulo Alberto_

A briga ficou forte pela terceira colocação. Pepê, Dudu Lima e Anderson Cidade, terceiro, quarto e quinto colocados, respectivamente, fizeram um belo espetáculo para o público. A diferença entre os três ficou bem pequena, até que no final da bateria Dudu Lima ultrapassou Pepê Bueno, por dentro na curva em frente ao pit lane e terminou a prova em terceiro. Pepê fecha a prova em quarto e Anderson Cidade em quinto.

Thales Vilardi não fez uma boa largada. Sofreu uma queda logo na primeira curva. Estava em décimo terceiro, mas recuperou bem durante a bateria e terminou em sétimo.

Segunda Bateria Categoria MX2

Quem largou na frente nesta bateria foi Anderson Amaral, mas Thales Vilardi estava muito próximo, e aos três minutos passou o piloto. A partir desse momento Thales liderou toda a prova.

Disputa acirrada também para a segunda colocação. Ismael Rojas, Hector Assunção e Paulo Alberto chegaram a ficar praticamente empatados em certo momento. No entanto o português levou a melhor e garantiu a segunda colocação e já começou a dar trabalho para Thales.

Dudu Lima não fez uma boa largada, estava em décimo primeiro e conseguiu recuperar as posições, terminando em quarto. Pepê Bueno que terminou em quarto na primeira bateria também não largou bem, mas terminou em sétimo. 

podiomx2

Confira os cinco primeiros colocados na soma das baterias da MX2
1º – Paulo Alberto
2º – Hector Assunção
3º – Thales Vilardi
4º – Eduardo Lima
5º – Anderson Cidade

Clique Aqui e confira o resultado completo da categoria MX2

Clique Aqui e confira a classificação do campeonato na categoria MX2

Enzo venceu mais uma na categoria Júnior

Muita emoção na prova da categoria Júnior durante a etapa do Brasileiro de Motocross em Foz do Iguaçu. A competição foi realizada neste fim de semana, e a prova da Júnior foi neste domingo. O piloto Kioman de Jesus foi quem largou na frente, mas logo na primeira volta o líder do campeonato, Enzo Lopes encostou e fez pressão até ultrapassar o competidor.

Enzo ficou na ponta até terminar a prova e abriu boa vantagem. Kioman que seguia firme na segunda colocação teve um problema eletrônico da moto aos 12 minutos de disputa, e acabou sendo ultrapassado por Leonardo de Souza e Gabriel Della Flora. O piloto tentou praticamente empurrar a moto, mas teve que sair da pista. Kioman voltou logo em seguida, mas acabou perdendo muitas posições e terminou em décimo sexto.

Enzo Lopes_

Mesmo com essa posição, Kioman continua em segundo lugar na classificação geral do Brasileiro, mas agora a diferença é de 43 pontos para o líder Enzo Lopes, que está com 147 pontos. “Eu estava com muita expectativa sobre esta prova, achei que ia bem, mas minha moto acabou apagando umas cinco vezes. Agora é corrigir para a próxima etapa em Senador Canedo, em Goiás”, ressalta Kioman.

Confira os cinco primeiros colocados na categoria Júnior
1º – Enzo Lopes
2º – Leonardo de Souza
3º – Gabriel Della Flora
4º – Vinícius Abreu de Sá
5º – Fabrício

Clique Aqui e confira o resultado completo da categoria Júnior

Clique Aqui e confira a classificação completa da categoria Júnior

Categorias 50A e 50B

Mais uma vez os meninos da 50cc A e B deram um show na pista. Foram 26 pilotos de 5 a 9 anos que enfrentaram esta etapa da competição. Gabriel Andrigo fez uma boa largada, mas Diogo Nascimento que estava na segunda posição fez muita pressão e acabou passando Gabriel aos cinco minutos de disputa e venceu a prova. Com o resultado, Diogo somou 69 pontos no Brasileiro e diminuiu para três pontos a diferença para Gabriel (72 pontos) que é líder na classificação geral do campeonato.

Confira os cinco primeiros colocados na categoria 50A
1º Cristyan Rian Eckhardt
2º Luan Florentin
3º Garmichel Rodrigues Giehl
4º Rafael Becker
5º Marlon Lazaretti

podio50a

Confira os cinco primeiros colocados na categoria 50B
1º Diogo Moreira Nascimento
2º Gabriel Bohrer Andrigo
3º Marcello Leodorico Fernandes Silva
4º Victor Kaue Fronza
5º Rodolfo Bicalho

podio50b

Clique Aqui e confira o resultado completo das categorias 50A e 50B

Clique Aqui e confira a classificação completa das categorias 50A e 50B

Milton Becker é campeão antecipado na categoria MX3

Milton Becker, o Chumbinho, fez uma verdadeira festa durante a sétima etapa do campeonato Brasileiro de Motocross. Após a vitória na categoria MX4 ontem, dia 19 de outubro, o piloto também venceu a prova da categoria MX3 neste domingo, e assegurou o título antecipado da categoria.

O piloto chegou a etapa com 34 pontos de vantagem. Com a vitória ampliou a diferença para o segundo colocado para 39 pontos, não dando chances aos adversários de levar a disputa para a  última etapa. Com mais esse título, o piloto soma 19 conquistas nacionais.

Chumbinho

“Foi um ano muito duro, mas felizmente consegui me sagrar campeão. É uma satisfação. Não sei o que acontece. Na hora que largo eu só quero vencer”, conta o primeiro campeão Brasileiro de Motocross 2013, Chumbinho.

Milton Becker tem compromisso agora no Mundial de Veteranos que será realizado nos dias 2 e 3 de novembro nos Estados Unidos. Depois o piloto encara a última etapa do campeonato Brasileiro de Motocross 2013, que será realizada nos dias 9 e 10 de novembro, em Senador Canedo, Goiás. Chumbinho espera conquistar mais um título, desta vez na MX4, mas para isso precisará vencer o seu irmão Elton Becker que também está na disputa pela categoria.

“Passar ele ontem na última volta foi muito triste. Mas a minha meta agora é ganhar na MX4. A gente sempre quer que o irmão vença, mas só um pode ganhar. Se ele quiser vencer vai ter que batalhar bastante”, afirma o piloto.

podiomx3

Confira os cinco primeiros colocados na categoria MX3
1º – Milton Becker
2º – Davis Guimarães
3º – Erivelto Nicoladelli
4º – Leandro Schwindt
5º – Stefany Serrão

Clique Aqui e confira o resultado completo da categoria MX3

Clique Aqui e confira a classificação completa da categoria MX3

Categoria MXFeminina

Mariana Balbi liderou a prova de ponta a ponta e venceu mais uma na categoria. Com o resultado, a piloto ampliou a vantagem na liderança do campeonato para 11 pontos e agora soma 75.

A segunda colocada na classificação geral, Stefany Serrão, nesta etapa cruzou a linha de chegada em segundo lugar, seguida por Brunna Bartz, que se manteve na terceira posição na classificação. Maiara Basso ficou com a quarta colocação, mas fez uma grande prova de recuperação.

A piloto sofreu uma queda logo na largada. Em algumas voltas já ocupava a terceira colocação, mas foi pressionada pelas adversárias e acabou perdendo duas posições para Bruna Bartz e Luana Helena, até que na última volta acabou fazendo uma boa ultrapassagem sobre Luana para ficar com o quarto lugar da prova.

“Foi uma boa corrida. No começo me enrosquei com a Bruna e perdi posições. Busquei a prova inteira tentando imprimir um bom ritmo e no final dei tudo de mim para somar mais pontos e acabei conseguindo fazer a ultrapassagem na última volta”, conta Maiara Basso.

podiomxf

Confira as cinco primeiras colocadas na categoria MXFeminina
1º – Mariana Balbi
2º – Stefany Serrão
3º – Brunna Bartz Humeniuk
4º – Maiara Basso
5º – Luana Helena Cimino

Clique Aqui e confira o resultado completo da categoria MXFeminina

Clique Aqui e confira a classificação completa da categoria MXFeminina

Campano fez prova de recuperação na categoria MX1 

Adam Chatfield abriu seis pontos de vantagem na liderança da categoria MX1, durante a sétima etapa do campeonato Brasileiro de Motocross, realizada neste domingo em Foz do Iguaçu.

O  piloto ficou com a segunda colocação na primeira bateria, enquanto Jorge Balbi Jr., que estava empatado com o inglês na liderança do campeonato, ficou com a quinta colocação. Carlos Campano venceu a bateria.

A primeira bateria foi muito emocionante. Adam Chatfield largou na frente, seguido por Jean Ramos e Wellington Garcia. Joaquim Rodrigues e Jorge Balbi Jr. não largaram bem.

Wellington Garcia começou a andar em um ritmo mais forte e conseguiu boas ultrapassagens sobre Jean Ramos e Chatfield e assumiu a liderança da prova, mas o inglês deu o troco e recuperou a ponta. Jean Ramos perdeu rendimento e consequentemente posições.

Carlos Campano foi o nome da primeira bateria. O espanhol, que não havia largado bem, fez uma prova de recuperação. O piloto conseguiu boas ultrapassagens até chegar a ponta. Na liderança da prova, o espanhol imprimiu mais velocidade e recebeu a bandeira quadriculada na primeira colocação.

Já a segunda bateria foi adiada pela direção de prova para preservar  a integridade física dos pilotos da categoria. Para os competidores da MX1 a segunda bateria será realizada em Senador Canedo, Goiás, nos dias 9 e 10 de novembro, durante a oitava e última etapa do Brasileiro de Motocross.

Confira os cinco primeiros colocados na bateria da categoria MX1
1º – Carlos Campano
2º – Adam Chatfield
3º – Wellington Garcia
4º – Rafael Faria
5º – Jorge Balbi Jr.

Clique Aqui e confira o resultado da bateria da categoria MX1

Clique Aqui e confira a classificação completa da categoria MX1

A competição foi disputada em Foz do Iguaçu no motódromo da praia artificial de Três Lagoas, que fica na Avenida João Ricieri Maran. A sétima etapa em Foz do Iguaçu foi uma promoção da MZ Sports Competições & Eventos, organização da Federação Paranaense de Motociclismo, supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo, apoio da Prefeitura de Foz do Iguaçu através da Secretaria de Esportes e Lazer e Itaipu Bi-nacional. O campeonato 2013 tem o patrocínio da Rinaldi, Honda, Yamaha, X Motos do Brasil, Petrobrás, Lubrax, IMS Racing, Peterlongo e Circuit.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly