Chris Pourcel de volta ao AMA Motocross !!!

Por Mariah Morgado | Foto por Divulgação | 27 de novembro de 2013 - 9:07

Culpem os Campeões Mundiais da MX2 vindo para os Estados Unidos ou um sistema amador de boas condições que entrega coleções de novatos talentosos e intensos ao nível profissional a cada ano. Culpem as lesões, que ocasionalmente deixam a categoria 450 desprovida de seus talentos principais. Culpem o que quiserem, mas nada vai mudar o fato que a categoria principal frequentemente virou segundo plano para as motos menores no departamento de ‘emoções por litro’ nos últimos anos. E com o francês ex-campeão Mundial de Motocross Christophe Pourcel retornando às competições com uma 250, uma categoria já intensa, vai ficar ainda mais competitiva.

Os rumores do retorno do ex-campeão Mundial da MX2 estão rolando desde que ele deixou o cenário americano depois  de um curto e mal sucedido período a bordo de uma 450 competindo pela equipe MotoConcepts em 2011. Foi confirmado pelo imprensa americana que Pourcel assinou um contrato de um ano com a equipe Valli Motorsports / Yamaha para correr com uma YZ250F no AMA Motocross 2014. Ele estará com equipamento de fábrica e já que ele não vai participar do Supercross, é seguro afirmar que ele estará preparado e familiarizado com a moto no momento que o gate cair em Glen Helen, em maio.  A pergunta é: ele ainda tem capacidade para dominar a categoria ?

pourcel

Christophe Pourcel

É uma pergunta difícil de se responder. O francês astuto foi quase invencível em 2009 e 2010. Ele fez uma campanha pelos títulos da 250 Supercross Costa Leste naqueles anos, e teria levado os títulos da 250 do Motocross se não fosse por um pouco de azar. Um motor estourado na primeira bateria em Southwick e um acidente na segunda deram o título a Dungey em 2009. Enquanto um pequeno acidente, graças ao resultado de um ombro deslocado no final da temporada de 2010 em Pala Raceway, que Trey Canard se tornou o campeão naquele dia, enquanto Pourcel mais uma vez experimentava desgosto quando o título foi tirado se suas mãos pelo segundo ano consecutivo.

Muita coisa mudou desde então. Existem outras pistas no calendário e também tem a questão da velocidade de Pourcel. Em 2009 e 2010 ele tinha de sobra, mas será que terá em 2014 ? Existem variáveis suficientes neste assunto para deixar um preparador de pilotos em dúvidas, imagina sendo um piloto que não corre no AMA Motocross desde 2011 !!! O que não é uma variável é o fato de, seja ele adorado ou odiado, vai ser muito interessante ver como ele se destaca em uma categoria repleta de jovens famintos, e veteranos experientes. Será que ele entrará como um lobo, ou será arremessado à eles ???

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly