De Dycker pode ficar fora da abertura do Mundial

Por Mariah Morgado | Foto por Divulgação | 23 de dezembro de 2013 - 7:58

O representante da equipe oficial Red Bull / KTM Factory Racing no campeonato Mundial de Motocross na categoria MXGP, Ken De Dycker, se lesionou em um acidente neste sábado, 21 de dezembro, no circuito de Lommel. O piloto belga de 29 anos sofreu várias fraturas no punho esquerdo durante um treino leve,  depois de treinar forte com a equipe de fábrica na Itália.

‘Kenno’ De Dycker, que na semana passada esteve treinando com a equipe em Roma, retornou à Bélgica e estava relaxando no circuito, dando umas voltadas divertidas com sua moto KTM 250 KTM. Infelizmente, Ken não conseguiu evitar um piloto parado depois de zerar um salto, e rapidamente percebeu que tinha lesionado seu punho no impacto.

O piloto que entrou para a equipe de fábrica da KTM, liderada por Claudio De Carli, na categoria MX1 há dois anos, teve resultados impressionantes na temporada 2013. Somando sua terceira posição no geral do campeonato Mundial MX1, ele também fez parte da equipe belga vencedora do Motocross das Nações, e também foi campeão Belga de Motocross.

de-dycker-jump

Ken ‘Kenno’ De Dycker

Ken já passou por uma cirurgia na cidade de Herentals, na Bélgica, realizada pelo especialista renomado, Dr. Tom Claes. A cirurgia, que fixou as fraturas com placas e parafusos, foi um sucesso e aconteceu sem complicações.

No momento é difícil prever quanto tempo o processo de recuperação de De Dycker e a fase de reabilitação irão levar. Existe a possibilidade de que ele possa perder a primeira corrida da temporada, mas ele disse que estava confiante e preparado para fazer tudo necessário para tentar voltar a treinar o mais rápido possível.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly