10 coisas para você ver no AMA SX em Anaheim1

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 04 de Janeiro de 2014 - 21:30

A reinvenção de Reed
Com a exceção de Chad Reed, e Millsaps, que está na lista dos lesionados, todos as estrelas da categoria 450 estão voltando a ação com a mesma marca do ano passado. Todos pensariam que isso deixaria Reed em desvantagem, mas nós o vimos passar por uma grande mudança no passado. Vamos lembrar do ano de 2011 quando ele formou sua própria equipe usando motos Honda e terminou a temporada com apenas quatro pontos atrás de Villopoto. Ironicamente, Reed vai aparecer em Anaheim com uma Kawasaki, a mesma marca que ele deixou depois de 2010 para formar sua equipe com a Honda. Como será que Reed usará as grandes mudanças para a abertura da temporada ?

James Stewart
Mesmo depois da temporada do ano passado, considerada uma das piores temporadas de sua carreira no AMA Supercross, seria besteira afirmar que James Stewart perdeu o jeito que lhe rendeu os títulos em 2007 e 2009. É só dar uma olhada em sua atuação mais recente no Monster Energy Cup que se tem uma prova. Mesmo assim, derrotando Ryan Villopoto em uma corrida fora de temporada e destronando-o são duas coisas completamente diferentes. Em uma entrevista recente, Stewart disse que ele pretende vencer muito mais nessa temporada. Se isso acontecer neste final de semana, ele terá o recorde de o maior número de vitórias na categoria principal em Anaheim, um recorde que até o momento ele divide com Jeremy McGrath e Ricky Carmichael com oito vitórias cada um.

65457_65382_a1pressday-cudby-042_600

James Stewart terá forças para voltar a vencer no AMA Supercross ?

Estreia azul
Quem estreia juntos hoje na categoria 250 Costa Oeste são Cooper Webb, da equipe oficial Yamalube / Star Racing / Yamaha e a nova YZ250F 2014. Todos sabemos que Mini Coop sabe andar. Ele teve resultados fantásticos no AMA Motocross, mas o Supercross vem com uma curva de aprendizagem que muitas vezes dificultam o caminho dos pilotos jovens. Será que Webb e sua YZ250F irão aguentar a pressão da noite de abertura ?

Ameaça tripla
O que Wil Hahn, Ken Roczen e Eli Tomac têm em comum ? Todos os três são campeões regionais da categoria 250 no Supercross e todos estão subindo para a categoria 450 no Supercross hoje. Com certeza, a presença deles será sentida em algum momento. Qual será o impacto que eles terão em ação na primeira etapa ?

Confirmações de última hora !!!
Graças as equipes que mantém segredos até o último segundo e lesões desaventuradas que tiram pilotos temporariamente da ação, é complicado ter uma ideia exata de quem alinhará no gate da categoria 250 na abertura. É claro que temos a lista de inscrições, mas nem assim é de certeza que eles alinharam. Na verdade, algumas das maiores equipe até são conhecidas por inscrever todos os seus pilotos na etapa de abertura, o que alimenta ainda mais a confusão. Tudo será esclarecido hoje, quando nós veremos exatamente quem estará começando a briga pelo campeonato da categoria 250 Costa Oeste.

Entrada silenciosa
O treinamento de Ryan Dungey foi meio silencioso nesta pré-temporada. E Dungey se manteve ao roteiro ainda mais quando era questionado na coletiva de imprensa sobre as mudanças que ele fez durante a pré-temporada. “Eu acho que os testes foram bons. Eu acho que tudo foi ocorreu muito bem”, disse ele. “Foi uma boa pré-temporada e sinto que fizemos nosso dever de casa.” Agora são três temporadas completas depois de seu título da 450 no Supercross de 2010 e a pressão tem crescido sobre Dungey para dar o seu melhor em 2014.

65458_65384_a1pressday-cudby-040_600

O que será que Ryan Dungey fez em segredo na pré-temporada ?

Aspirante ao título
Justin Barcia foi o centro das atenções na pré-temporada. Ele venceu os títulos de Rei de Bercy e Genova, enquanto também disputava o Monster Enery Cup. “Eu participei de muitas corridas nesta pré-temporada, o que foi bom para mim. Gosto de correr”, disse Barcia na coletiva de imprensa. Embora ele tenha tido uma temporada novata fantástica, Barcia espera melhorar a consistência em seu segundo ano de carreira na nova categoria. “Eu quero um ano mais consistente do que o ano passado. O ano passado foi um ano de aprendizado. Eu acho que estrou trazendo muito mais experiência este ano.” Será que a experiência vai recompensar com uma vitória na abertura ?

A quarta vez é um charme
Em 2014 Ryan Villopoto pode se unir a Jeremy McGrath como os únicos dois pilotos na história com quatro títulos consecutivos da categoria principal. “Vencer apenas uma corrida já uma grande coisa. E vencer um campeonato contra todos esses caras também será muito difícil. Para mim, eu só estou tentando ir devagar e ir levando uma corrida por vez.” No ano passado, a temporada de Villopoto começou com uma péssima 16ª posição, quando ele e muitos outros pilotos tiveram dificuldades em encontrar o acerto correto da suspensão para a temporada. Claramente, ele conseguiu descobrir até meados da temporada. Villopoto disse na coletiva de imprensa que eles fizeram mais ganhos para 2014. Será que RV pode dar mais um passo em direção a imortalidade no Supercross com uma vitória em Anaheim 1 ?

65459_65391_a1pressday-cudby-033_399

2014 será o ano em que Villopoto chegará ao seu quarto título nas 450 ?

O momento de Wilson
Muitos pensaram que Dean Wilson já teria um título da categoria 250 no Supercross em seu currículo. Mas seguindo um começo 1-2-2-4 para a campanha da Costa Leste do ano passado, Wilson sofreu uma lesão em Indianapolis que encerrou sua temporada e acabou com suas chances ao título. Nesse ano, Wilson é considerado um dos favoritos mais uma vez, agora da costa Oeste, ao lado de Cole Seely, Jason Anderson, Zach Osborne e outros. 2014 será o ano de Dean Wilson ?

Grande candidato
Um grande espinho nas chances ao título de Wilson será o veterano Cole Seely. Esta temporada pode ser seu último ano na categoria 250 no Supercross e Seely está no modo ‘tem que ser agora’. Embora esteja sempre no meio (ele venceu a abertura em Anaheim de 2012), Cole ainda tem que dar o último passo em direção à glória do campeonato. Será que isto vai acontecer em Anaheim ?

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly