AMA Supercross 2014 – 1ª Etapa – Anaheim1

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 06 de Janeiro de 2014 - 7:31

A etapa de abertura da temporada 2014 não teve muitas mudanças em relação a temporada passada.  A maioria das equipes permaneceram as mesmas, com os mesmos pilotos, mesmas marcas, mesmos patrocinadores. Temos algumas exceções como por exemplo Chad Reed que agora está de Kawasaki, Ryan Dungey que está de treinador novo, Robb Beams, a volta de Ivan Tedesco que depois de um tempo longe das pistas, voltou para substituir Davi Millsaps na Rockstar / KTM.

Este sábado, 4 de janeiro, viu também no Angel Stadium, em Anaheim, na Califórnia, Estados Unidos, viu também a mudança de categoria de Ken Roczen, Eli Tomac e Wil Hahn que agora estão nas 450, a entrada de mais um novo piloto no campeonato e de nível de Mundial de Motocross, Dean Ferris, defendendo a Red Bull / KTM na categoria 250 Oeste e a retomada das duas baterias da Semi, antes do Last Chance Qualifier nas 450.

A noite foi marcada pela disputa emocionante pela primeira posição da categoria 250 Oeste entre Jason Anderson e Cole Seely e pela KTM que dominou a noite com uma dobradinha no degrau mais alto do pódio nas duas categorias, com Ken Roczen na 450 e Jason Anderson na 250 e um segundo lugar para Ryan Dungey na categoria principal.

Categoria 450

Depois do espetáculo da cerimônia de abertura do campeonato e do evento, que contou com a presença dos veteranos aposentados, e lendas do esporte, Ricky Carmichael e Kevin Windham dando um show para os fãs fazendo os famosos transfers, a primeira bateria da categoria 450 alinhou no gate.

A surpresa foi Mike Alessi levando o primeiro Holeshot da noite e da temporada. Alessi fez uma largada perfeita na Heat 1 com uma distância de uma moto dos outros pilotos e liderou a bateria inteira. Ryan Villopoto largou atrás de Ken Roczen que largou em segundo. Ele ultrapassou Roczen e passou a ocupar a segunda posição até que a moto morreu em uma curva e ele perdeu algumas posições. Não demorou muito para ele voltar a corrida e começou a dar um show a parte, buscando voltar para a briga pelas primeiras posições. Em uma manobra perfeito, Villopoto ultrapassou Roczen, Josh Grant e Justin Brayton de uma só vez e retomou a segunda posição e logo partiu em perseguição de Alessi que já tinha uma grande distância de vantagem.  Os dois travaram uma das mais belas batalhas da noite, Villopoto estava prestes a ultrapassar Alessi por fora quando errou e atropelou uma das marcações laterais e quase caiu, mas ele conseguiu se equilibrar e manter a segunda posição até a bandeirada final. A primeira Haet terminou com Josh Grant na terceira posição, seguido por Justin Brayton e Ken Roczen.  Ryan Villopoto fez o tempo mais rápido da bateria e mostrou que estava escondendo o jogo nos treinos da tarde. Brayton foi o segundo mais rápido. Ivan Tedesco largou entre os cinco primeiros, mas terminou a bateria na oitava posição e Wil Hahn ficou em sexto, os dois foram para a Semi 1.

full_GUYB1563_596633

Ryan Villopoto

O Holeshot da Heat 2 ficou com James Stewart que foi seguido por Justin Barcia. Os dois se distanciaram do segundo pelotão, deixando Chad Reed e Ryan Dungey em uma briga acirrada pela terceira posição.  Sentindo a pressão de Barcia, Stewart perdeu a posição e Barcia venceu a bateria. Porém, a emoção da bateria ficou com a disputa entre Reed e Dungey que não se separaram por nenhum segundo, e Reed surpreendeu a todos aguentando todas as investidas do piloto Red Bull / KTM. A bateria terminou com Stewart na segunda posição, Reed em terceiro, Dungey em quarto e Matt Moss em quinto. Depois de Barcia, os tempos mais rápidos da bateria eram de Reed, Dungey e Weston Peick. Tomac e Weimer bateram logo na segunda curva da primeira volta e Tomac se machucou, rompeu o ligamento do ombro e ficou fora do evento principal.

full_GUYB1626_332067

Chad Reed 

A Semi, novidade da temporada que relembra a temporadas da época de McGrath no AMA Supercross, que dá a oportunidade de classificação para o evento principal aos pilotos que ocuparam posições a partir da quinta em cada bateria, contou com a presença de 16 pilotos, entre eles Weston Peick, Wil Hahn, Ivan Tedesco e Justin Hill. Quem avançou para o evento principal foram Hahn, Peick, Tedesco e Hill. Na segunda bateria Semi Ken Roczen, Broc Tickle, Andrew Short e Mark Moss ganharam uma chance no evento principal. Ainda teve a tradicional Last Chance Qualifier, que classificou os quatro primeiros.

Ryan Villopoto fez o Holeshot do evento principal, seguido de perto Roczen. Quando Villopoto caiu em uma curva, o alemão assumiu a liderança e começou a abrir vantagem. Chad Reed se manteve entre os cinco primeiros desde a largada e se mostrou mais como Reed que conhecemos do que nas últimas temporadas. Ele perseguiu de perto a dupla formada por Roczen e RV e chegou a ocupar a segunda posição por um tempo depois que Villopoto caiu.

65651_cu1_3480_600

Largada do Main Event da categoria 450 em Anaheim1

full_GUYB1444_649249

Ken ‘Kenny’ Roczen

Mais atrás vinha James Stewart avançando atrás de Ryan Dungey e por um momento chegou a indicar que teríamos uma batalha épica entre ele e Reed, mas Stewart estava com pressa e nem se importou com o australiano, deixando-o para trás e tentou alcançar Roczen até que errou na sessão de costelas e caiu (veja as fotos abaixo). Stewart ainda tentou voltar a corrida, mas o guidão estava muito torto e ele se retirou da corrida.

65652_cu1_3496_600

Ken Roczen e Ryan Villopoto

full_GUYB1722_843095

Ryan Dungey

65657_cu1_4030_600

65658_cu1_4031_600

Com o caminho livre, Dungey ultrapassou Reed e estava se aproximando de Roczen, mas não teve tempo, a bandeira quadriculada estava próxima. Roczen aguentou toda a pressão da estreia na categoria principal e a pressão dos pilotos veteranos e venceu a primeira corrida da temporada e a primeira de sua carreira na categoria 450.

65660_cu1_4065_600

Ken Roczen vibrando com sua primeira vitória no AMA Supercross 450

Resultados da categoria 450

Heat 1
1. Mike Alessi
2. Ryan Villopoto
3. Josh Grant
4. Justin Brayton
5. Ken Roczen
6. Wil Hahn
7. Broc Tickle
8. Ivan Tedesco
9. Chris Blose
10. Josh Hill
11. Jimmy Albertson
12. A. Enticknap
13. Kyle Rusk
14. B. Hall
15. C. Gilmore
16. D. Meynet
17. M. Akaydin
18. A. Ray
19. Matt Goerke
20. D. Buller

Heat 2
1. Justin Barcia
2. James Stewart
3. Chad Reed
4. Ryan Dungey
5. Matt Moss
6. Weston Peick
7. Nick Schmidt
8. Vince Friese
9. Kyle Partridge
10. Kyle Chisholm
11. Kyle Peters
12. Nick Wey
13. Andrew Short
14. R. Stewart
15. T. Parks
16. D. Pipes
17. J. Oswald
18. S. Sewell
19. Eli Tomac
20. Jake Weimer

Semi 1
1. Wil Hahn
2. Weston Peick
3. Ivan Tedesco
4. Josh Hill
5. Vince Friese
6. Kyle Chisholm
7. Nick Wey
8. R. Stewart
9. A. Enticknap
10. A. Ray
11. B. Hall
12. D. Pipes
13. D. Meynet
14. Jake Weimer
15. D. Buller
16. S. Sewell

Semi 2
1. Ken Roczen
2. Broc Tickle
3. Andrew Short
4. Matt Moss
5. Jimmy Albertson
6. Nick Schmidt
7. Kyle Partridge
8. Kyle Peters
9. Matt Goerke
10. Kyle Rusk
11. T. Parks
12. C. Gilmore
13. J. Oswald
14. M. Akaydin
15. Chris Blose
16. Eli Tomac

LCQ – Last Chance Qualifier
1. Kyle Partridge
2. Matt Goerke
3. Jake Weimer
4. Nick Schmidt
5. Kyle Chisholm
6. Chris Blose
7. C. Gilmore
8. Nick Wey
9. Kyle Peters
10. A. Enticknap
11. D. Meynet
12. R. Stewart
13. T. Parks
14. M. Akaydin
15. D. Pipes
16. B. Hall
17. D. Buller
18. J. Oswald
19. K. Rusk
20. A. Ray
21. Eli Tomac
22. S. Sewell

Main Event Categoria 450 – Evento Principal – Primeira Etapa
1. Ken Roczen
2. Ryan Dungey
3. Chad Reed
4. Ryan Villopoto
5. Justin Barcia
6. Justin Brayton
7. Josh Grant
8. Broc Tickle
9. Andrew Short
10. Jake Weimer
11. Wil Hahn
12. Mike Alessi
13. Matt Moss
14. N. Schmidt
15. Kyle Partridge
16. Weston Peick
17. James Stewart
18. Josh Hill
19. Jimmy Albertson
20. Vince Friese
21. Matt Goerke
22. Ivan Tedesco

Pontuação do campeonato na categoria 450 após uma etapa
1. Ken Roczen – 25 pontos
2. Ryan Dungey – 22
3. Chad Reed – 20
4. Ryan Villopoto – 18
5. Justin Barcia – 16
6. Justin Brayton – 15
7. Josh Grant – 14
8. Broc Tickle – 13
9. Andrew Short – 12
10. Jake Weimer – 11
11. Wil Hahn – 10
12. Mike Alessi – 9
13. Matt Moss – 8
14. Nick Schmidt – 7
15. Kyle Partridge – 6
16. Weston Peick – 5
17. James Stewart – 4
18. Josh Hill – 3
19. Jimmy Albertson – 2
20. Vince Friese – 1
21. Matt Goerke – 1
22. Ivan Tedesco – 1 ponto

Categoria 250

Depois das baterias da categoria principal, foi a vez dos jovens pilotos da categoria 250 Oeste alinharem no gate. Malcolm Stewart acelerou na frente e levou o Holeshot da Heat 1 e da temporada na categoria. A bateria correu sem muita emoção, todos os pilotos fizeram tempos acima dos 59 segundos. Malcolm liderou a bateria inteira, abrindo uma boa vantagem sobre o segundo pelotão formado por Jake Canada, Zach Osborne, Darryn Durham e Cooper Webb que era um dos favoritos da bateria. Os quatro brigaram pelas quatro primeiras posições até o final da bateria. Osborne conseguiu se manter na segunda posição depois de ultrapassar Canada que largou na frente. Durham e Webb brigavam pela quarta posição até que deixaram Canada para trás. A bateria terminou com Osborne em segundo, Webb em terceiro, Durham em quarto e Canada em quinto.

full_GUYB1177_139432

Dean Wilson e Zach Osborne

A Heat 2 já teve tempos mais altos e baixos. A surpresa foi Jason Anderson fazendo uma manobra incrível por dentro e faturando o Holeshot, deixando Cole Seely, Justin Hill e Dean Wilson para trás. Os dois pilotos favoritos da bateria, Wilson e Seely, brigavam pela segunda posição até que Justin Hill assumiu a posição e deixou os dois brigando pela terceira posição. Wilson levou a melhor e cruzou a linha de chegada em terceiro, com Seely e Zach Bell em seguida.

Quem faturou novamente o Holeshot do evento principal foi Jason Anderson perseguido de perto por Cole Seely. Malcon Stewart vinha logo atrás, Dean Wilson e Osborne completavam o pelotão. Seely e Anderson travaram uma bela batalha que durou algumas voltas até que o veterano fez uma bela ultrapassagem e assumiu a liderança. Mas Anderson não desistiu e continuou perseguindo o líder que chegou a abrir uma vantagem.

65640_cu1_3098_600

Largada do Main Event da categoria 250 Oeste em Anaheim1

full_GUYB1036_306093

Cole Seely e Jason Anderson

Enquanto isso Malcolm, Wilson e Osborne brigavam pela terceira posição. Malcolm ultrapassou os dois pilotos como se eles estivessem parados dentro da pista e por um momento chegou a ficar sozinho na terceira posição enquanto Dean Wilson e Osborne duelavam arrancando suspiros do público pela quarta posição. Dean venceu o duelo e partiu em perseguição de Malcolm, com Osborne em sua cola até que os dois ultrapassaram Malcolm que se embolou em um acidente que o deixou sem saída. Osborne não desistiu e continuou atrás de Dean até ultrapassa-lo e assumir a terceira posição, até que Wilson assumiu a posição novamente. Os dois trocaram de lugar algumas vezes até que Osborne garantiu a posição até a bandeirada final. Lembrando que Dean Wilson sofreu um acidente no início da semana e estava correndo machucado (na verdade, ele nem sabia se iria poder correr) e se afirmou na quarta posição.

65642_cu1_3205_600

Zach Osborne

65646_cu1_3327_600

Darryn Durham

Mais atrás, Darryn Durham vinha se mantendo consistente, disputando com Cooper Webb e Justin Hill, mas não conseguiu ultrapassar os dois e teve que se assegurar na sétima posição. Enquanto isso, Seely e Anderson brigavam a cada metro de pista, em uma disputa que foi sem dúvida nenhuma, emocionante, até que nos últimos minutos restantes da corrida, Anderson arriscou e com uma bela manobra ultrapassou Seely por dentro, restando duas curvas para o final, e cruzou a linha de chegada na primeira posição. Essa foi considerada a batalha da noite, realmente foi emocionante. Osborne cruzou a linha de chegada na terceira posição, seguido por Wilson e Cooper Webb. Malcolm Stewart parece que teve problemas e acabou em oitavo.

65644_cu1_3260_600

Dean Wilson

65650_cu1_3459_600

O vencedor Jason Anderson cruzando a linha de chegada em Anaheim1

Resultados da categoria 250

Heat 1
1. Malcolm Stewart
2. Zach Osborne
3. Cooper Webb
4. Darryn Durham
5. Jake Canada
6. Austin Politelli
7. Shane McElrath
8. Dean Ferris
9. Scott Champion
10. A. Siminoe
11. Cole Martinez
12. B. Scharer
13. R. Alanis
14. K. Weisbruch
15. C. Howell
16. J. Dalzell
17. E. Meusling
18. A. Winkler
19. J. Mohnike
20. Z. Peddie

Heat 2
1. Jason Anderson
2. Justin Hill
3. Dean Wilson
4. Cole Seely
5. Zach Bell
6. Michael Leib
7. Jessy Nelson
8. Dakota Tedder
9. Preston Mull
10. Zach Freeberg
11. Valentin Teillet
12. A. Burns
13. C. Keeling
14. C. Church
15. C. Elliott
16. C. Proscelle
17. S. Rhinehart
18. C. Aeck
19. Topher Ingalls
20. B. Sjorgren

LCQ – Last Chance Qualifier
1. Zach Freeberg
2. Valentin Teillet
3. Cole Martinez
4. Topher Ingalls
5. A. Siminoe
6. C. Howell
7. B. Sjorgren
8. C. Elliot
9. B. Scharer
10. C. Aeck
11. C. Keeling
12. C. Church
13. J. Dalzell
14. S. Rhinehart
15. K. Weisbruch
16. C. Proscelle
17. J. Mohnike
18. A. Winkler
19. R. Alanis
20. A. Burns
21. E. Meusling
22. Z. Peddie

Main Event Categoria 250 Oeste– Evento Principal – Primeira Etapa
1. Jason Anderson
2. Cole Seely
3. Zach Osborne
4. Dean Wilson
5. Cooper Webb
6. Justin Hill
7. Darrin Durham
8. Malcolm Stewart
9. Jessy Nelson
10. Austin Politelli
11. Michael Leib
12. Jake Canada
13. Dakota Tedder
14. Dean Ferris
15. Zach Bell
16. Shane McElrath
17. Valentin Teillet
18. Zach Freeberg
19. Scott Champion
20. Topher Ingalls
21. Cole Martinez
22. Preston Mull

Pontuação do campeonato na categoria 250 após uma etapa
1. Jason Anderson – 25 pontos
2. Cole Seely – 22
3. Zach Osborne – 20
4. Dean Wilson – 18
5. Cooper Webb – 16
6. Justin Hill – 15
7. Darryn Durham – 14
8. Malcolm Stewart – 13
9. Jessy Nelson – 12
10. Austin Politelli – 11
11. Michael Leib – 10
12. Jake Canada – 9
13. Dakota Tedder – 8
14. Dean Ferris – 7
15. Zach Bell – 6
16. Shane McElrath – 5
17. Vallentin Teillet – 4
18. Zach Freeberg – 3
19. Scott Champion – 2
20. Topher Ingalls – 1
21. Cole Martinez – 1
22. Preston Mull – 1 ponto

Calendário AMA Supercross 2014
Segunda Etapa – 11 de janeiro – Phoenix / Arizona – Chase Field
Terceira Etapa – 18 de janeiro – Anaheim / Califórnia – Angel Stadium
Quarta Etapa – 25 de janeiro – Oakland / Califórnia – O.co Coliseum
Quinta Etapa – 1º de maio – Anaheim / Califórnia – Angel Stadium
Sexta Etapa – 8 de fevereiro – San Diego / Califórnia – Qualcomm Stadium
Sétima Etapa – 15 de fevereiro – Arlington / Texas – Cowboys Stadium
Oitava Etapa – 22 de fevereiro – Atlanta / Geórgia – Georgia Dome
Nona Etapa – 1º de março – Indianápolis / Indiana – Lucas Oil Stadium
Décima Etapa – 8 de março – Daytona / Flórida – Daytona International Speedway
Décima Primeira Etapa – 15 de março – Detroit / Michigan – Ford Field
Décima Segunda Etapa – 22 de março – Toronto / Canadá – Rogers Centre
Décima Terceira Etapa – 29 de março – St.Louis / Missouri – Edward Jones Dome
Décima Quarta Etapa – 5 de abril – Houston / Texas – Reliant Stadium
Décima Quinta Etapa – 12 de abril – Seattle / Washington – Century Link Field
Décima Sexta Etapa – 26 de abril – East Rutherford / Nova Jersei – MetLife
Décima Sétima Etapa – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

Calendário AMA Supercross 250 Costa Oeste 2014
Segunda Etapa – 11 de janeiro – Phoenix / Arizona – Chase Field
Terceira Etapa – 18 de janeiro – Anaheim / Califórnia – Angel Stadium
Quarta Etapa – 25 de janeiro – Oakland / Califórnia – O.co Coliseum
Quinta Etapa – 1º de maio – Anaheim / Califórnia – Angel Stadium
Sexta Etapa – 8 de fevereiro – San Diego / Califórnia – Qualcomm Stadium
Sétima Etapa – 5 de abril – Houston / Texas – Reliant Stadium
Oitava Etapa – 12 de abril – Seattle / Washington – Century Link Field
Nona Etapa – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

Calendário AMA Supercross 250 Costa Leste 2014
Primeira Etapa – 15 de fevereiro – Arlington / Texas – Cowboys Stadium
Segunda Etapa – 22 de fevereiro – Atlanta / Geórgia – Georgia Dome
Terceira Etapa – 1º de março – Indianápolis / Indiana – Lucas Oil Stadium
Quarta Etapa – 8 de março – Daytona / Flórida – Daytona International Speedway
Quinta Etapa – 15 de março – Detroit / Michigan – Ford Field
Sexta Etapa – 22 de março – Toronto / Ontário – Canadá – Rogers Centre
Sétima Etapa – 29 de março – St.Louis / Missouri – Edward Jones Dome
Oitava Etapa – 26 de abril – East Rutherford / Nova Jérsei – MetLife Stadium
Nona Etapa – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

AMA Supercross Shootout 250 Oeste versus 250 Leste 2014
Etapa Única – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly