Herlings enfrenta lesões na pré-temporada

Por Mariah Morgado | Foto por Divulgação | 07 de Janeiro de 2014 - 20:59

Depois de ter ficado de fora da última etapa do Mundial de Motocross 2013 e do Motocross das Nações 2013 na Alemanha devido a uma lesão no ombro, lembrando que o holandês fraturou a escapula no final da temporada, o holandês Jeffrey Herlings enfrenta uma pré-temporada complicada.

Já recuperado do ombro, Jeffrey Herlings, da equipe oficial Red Bull / KTM no Mundial de Motocross MX2 mencionou em uma entrevista que ele continua tendo problemas com uma lesão na perna que tem dificultado seu treinamento e preparação para a temporada 2014. Ele fez outra visita ao médico que recomendou que ele descansasse por quatro semanas.

“Meu ombro está ok, eu comecei a treinar cerca de três semanas depois do Nações, eu também comecei a treinar mais forte e eu lesionei um osso em minha perna, pois eu estava correndo muito e estou tendo um pouco de dificuldade. Está piorando cada vez mais porque eu continuo treinando, mas quando eu voltar dos Estados Unidos, eu vou tirar umas duas semanas de folga e o médico disse que depois disso vai ficar tudo bem”, disse Herlings.

Hoje o campeão se pronunciou em seu Twitter “Eu voltarei logo. Não se preocupem. Obrigado por todos os tweets e comentários de apoio. A temporada só começa daqui a dois meses. Eu não vou desapontá-los.”

Parece que a recuperação do ‘Holandês Voador’ está indo bem como o esperado. Vamos continuar na torcida para vê-lo voar nas areias do Qatar no dia 1º de março.

Para mais informações sobre o campeonato e as feras do Mundial de Motocross, fiquem ligados aqui no Mundocross.

Herlings-w

Jeffrey Herlings

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly