Sessão Estaleiro do AMA Supercross 2014

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 17 de janeiro de 2014 - 16:05

Categoria 450

Trey Canard – Braço quebrado
Trey Canard da Honda Muscle Milk quebrou o braço durante o final de semana de Ação de Graças fazendo testes e passou por cirurgia para colocar uma placa no braço. Canard disse que espera voltar a correr em Dallas.

Matt Goerke – Dedo quebrado
Goerke teve uma noite difícil em Anaheim1 e acabou quebrando o dedo indicador da mão esquerda. Ele fez uma pequena cirurgia e conseguiu correr em Phoenix ficando em 15º lugar. Goerke vai correr em A2.

Austin Howell – Laceração de baço, pulmão perfurado e colapso de pulmão, contusão pulmonar, costelas quebradas, clavícula fraturada, vértebra C3 fraturada, cirurgia no punho
Howell disse antes de Anaheim1 “Tudo está se recuperando muito bem. Meu punho está cicatrizando bem, fiz uma cirurgia há duas semanas e vou tirar o gesso na próxima semana. Esperem me ver na Costa Leste.  Voltarei pra moto o mais rápido que puder e continuar de onde parei.”

Dillon Huddleston – Polegar quebrado
O piloto privado Dillon Huddleston quebrou o polegar esquerdo em Phoenix. Ele conseguiu completar a noite e se classificou em 38º nas 450, mas vai ficar de fora nas duas próximas etapas.

Ben LaMay – Punho deslocado,maxilar quebrado, cavidade ocular quebrada
LaMay sofreu um grave acidente bem antes de Anaheim 1 e espera-se que fique  de fora de uma grande parte do AMA Supercross. O piloto da equipe Cycle Trader / Rock River / Yamaha tweetou o seguinte durante a semana: Fui aos médicos e estou me recuperando bem. Eu tenho quatro placas de titânio no rosto porque eu quebrei muita coisa (cavidade ocular, nariz, zigomático – osso da bochecha, maxilar superior). Quebrei dois dentes, então tenho que ir ao dentista também. Desloquei meu punho e também tive uma pequena fratura. Estou descansando e me recuperando o melhor que posso. Quero voltar para as pistas e mostrar a todo mundo do que sou capaz, mas tenho que ter certeza que estou 100% novamente. Não posso agradecer o suficiente a minha namorada por cuidar de mim todo dia e agradeço a Cycle Trader / Rock River por me apoiar e a todos os meus fãs que estão rezando e sempre me acompanhando por toda a minha carreira.

Davi Millsaps – LCA rompido
Millsaps, o vice-campeão das duas últimas temporadas, caiu enquanto treinava em Milestone e rompeu seu LCA. É a primeira lesão que Millsaps teve nessa perna, o joelho lesionado que lhe custou o campeonato 2013 do AMA Motocross foi na outra perna. Ele passou por uma cirurgia em meados de dezembro e só pode dizer, “Eu voltarei o mais rápido que puder.” Considerando o tempo de retorno típico de uma cirurgia de reconstrução de LCA, não se espera que Davi retorne até o AMA Motocross.

Josh Grant – Ombro lesionado
Grant caiu feio nos treinos em Phoenix, batendo a cabeça e o ombro. Foi o suficiente para impedi-lo de correr no evento da noite. Grant fez uma ressonância que não indicou a necessidade de fazer cirurgia e ele vai correr no final da semana para determinar se ele está ou não está bem para correr. Se ele não estiver, o piloto substituto, Phil Nicoletti, vai correr em A2. Nicoletti já está na Califórnia.

66499_grant-phoenixsx14-cudby-012_600

Josh Grant

Broc Schmelyun – Pernas quebradas
O piloto privado nativo da Pensilvânia, Broc Schmelyun, vai ficar de for a do AMA Supercross depois de quebrar as duas pernas no final de dezembro em um acidente treinando. “É uma lesão lamentável, em um momento em que Broc trabalhou duro e se preparou para a temporada do Supercross na categoria principal”, disse Gary Luckett, dono da equipe Traders Racing.

Shane Sewell – Pé quebrado
O piloto da cidade de Westville, no estado de Indiana, Shane Sewell quebrou o pé em A1 durante a segunda bateria da categoria 450, mas espera voltar a treinar em cerca de um mês.

Eli Tomac – Contusão do Manguito Rotador do ombro esquerdo
Tomac bateu em Jake Weimer na volta de abertura de sua bateria em A1 e machucou o ombro no acidente o que o forçou a perder o restante da noite. Tomac também ficou de fora em Phoenix e vai voltar a correr em Oakland, no mínimo.

Categoria 250

Blake Baggett – Pé quebrado
O piloto da Monster / Pro Circuit / Kawasaki quebrou o pé durante os testes pré-temporada. Baggett estava confirmado para correr no campeonato da Costa Leste. Em Anaheim1, Baggett disse que não tem certeza se ele voltará ou não a correr na abertura do campeonato da Costa Leste em Dallas.

Zach Bell – Clavícula quebrada
Bell caiu na complicada sessão triplo-triplo-triplo da pista de Phoenix e ficará de fora do restante da temporada. Ele quebrou a clavícula em três lugares e precisa de cirurgia para reparação.

66501_bell-phoenixsx14-cudby-015_600

Zach Bell

Justin Bogle – Cinco vértebras quebradas e escápula quebrada
Justin Bogle da equipe Geico / Honda sofreu um grave acidente na pista de testes da equipe em Milestone no início de dezembro. Ele disse que bateu na pedaleira enquanto mandava um scrub em um triplo e quebrou cinco vértebras e uma escápula. “Minha mentalidade não mudou e nem nada disso,” Bogle disse na época. Não tem uma previsão de seu retorno, mas a equipe contratou Blake Wharton como seu substituto para a Costa Leste.

Casey Hinson – Punho direito esmagado e deslocado, mão esquerda fraturada e rosto fraturado
O piloto privado espera voltar no final do campeonato depois do acidente de dezembro onde ele errou uma recepção numa sessão de ritmo e caiu de cabeça no salto seguinte.

Marvin Musquin – LCA rompido
O francês da Red Bull / KTM rompeu o LCA no início de dezembro e vai ficar de for a do início do Campeonato da Costa Leste. Musquin já passou por uma cirurgia na França. “Essa é uma lesão desaventurada, mas nós sabemos que Marvin vai fazer todos os passos necessários para se recuperar o mais rápido possível e para voltar quanto estiver 100%”, comentou o chefe de equipe Roger DeCoster em uma declaração da equipe à imprensa.

Austin Politelli – Fêmur quebrado
O piloto privado quebrou o fêmur enquanto fazia testes em Milestone na semana antecedente à Phoenix. Não tem uma data confirmada para seu retorno.

Joey Savatgy – Punho quebrado, luxação acromioclavicular, costelas quebradas e colapso parcial de pulmões
O Novato do Ano de 2013 vai ficar de fora do campeonato Costa Leste por um tempo depois de um grave acidente, no início de dezembro, em Milestone que resultou em um punho quebrado, uma luxação acromioclavicular (ombro), costelas quebradas e colapso parcial de pulmões. A equipe Rockstar / KTM contratou Cole Thompson no caso de Savatgy não estar preparado para a Costa Leste. Thompson também vai pilotar a 350 S-FX em algumas corridas da categoria 450 na Costa Oeste e a 250 na Costa Leste.

 

 fonte: RacerX

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly