Curiosidades do AMA Supercross em Oakland

Por Mariah Morgado | 23 de Janeiro de 2014 - 10:18

Curiosidades da Categoria 450 em Oakland

A primeira corrida aconteceu no dia 18 de Janeiro de 1979 e Jimmy Weinert venceu pela Kawasaki. Esta será a sétima vez que o gate vai cair para uma corrida da categoria 450 em Oakland. Kent Howerton venceu com uma Suzuki em 1980. Ron Lechein venceu com uma Honda em 1984, foi a sua primeira corrida a bordo de uma Honda. Em 1979, Jimmy Weinert usou um pneu próprio para areia para vencer na pista totalmente arenosa de Oakland, mais tarde a AMA tornou ilegal o uso de pneus próprios para areia. Ele também venceu a última corrida de sua carreira na categoria 450 nesse mesmo ano em Daytona.

James Stewart venceu duas etapas seguidas em Oakland, em 2011 e 2012. O bicampeão do AMA Supercross ainda não venceu na atual temporada. Os quatro primeiros colocados no Main Event de 2012 em Oakland foram os ex-campeões da categoria, James Stewart, Chad Reed, Ryan Dungey e Ryan Villopoto, respectivamente. Foi a primeira vez na história do esporte que isso aconteceu.

Villopoto venceu o 26º Main Event de sua carreira em Oakland no ano passado, assumindo a posição número um na lista das maiores vitórias da Kawasaki. Em Oakland no ano passado, Villopoto se tornou o primeiro vencedor consecutivo da temporada.

Em 40 anos de corrida, o primeiro piloto a faturar duas vitórias venceu o campeonato por 26 vezes. James Stewart  venceu duas vezes consecutivas em Oakland (2011 e 2012), ele é o único piloto a vencer consecutivamente em Oakland. Será que Ryan Villopoto pode se juntar a Stewart na lista de duas vitórias consecutivas em Oakland ?

Vitórias por marcas em Oakland na categoria 450

Marca – Número de vitórias

Yamaha – 2

Kawasaki – 2

Suzuki – 1

Honda – 1

Recapitulando a categoria 450 em Anaheim2

Chad Reed venceu um Main Event em dez temporadas diferentes. Reed é o único piloto a vencer um Main Event com quatro marcar diferentes (Honda, Suzuki, Yamaha e Kawasaki). Pela primeira vez em sua carreira, Reed passou a temporada 2013 inteira sem vencer uma etapa.

Pela 11ª vez em 41 temporadas de corridas, três pilotos diferentes venceram as três primeiras corridas da temporada. Em apenas uma vez na história do esporte, quatro vencedores diferentes venceram as quatro primeiras corridas da temporada.

Ryan Villopoto já subiu duas vezes no pódio em três corridas da temporada. Dos quatro campeões da categoria 450 correndo nesta temporada, dois deles já venceram uma corrida, são eles Ryan Villopoto e Chad Reed.

Até agora três pilotos diferentes faturaram holeshot nesta temporada: Matt Moss, Ryan Villopoto e Ryan Dungey. Reed agora tem 42 vitórias de Main Event em sua carreira.

Ao longo de seis Heats, tivemos seis vencedores diferentes: Mike Alessi, Justin Barcia, Jake Weimer, Ryan Dungey, Justin Barcia e James Stewart.

Ao longo de seis Semi, tivemos seis vencedores diferentes: Ken Roczen, Wil Hahn, Weston Peick, Andrew Short, Josh Hill e Matt Moss.

Até agora seis pilotos diferentes lideraram voltas na categoria principal desta temporada: Villopoto, Brayton, Roczen Stewart, Dungey e Reed.

A KTM é a única marca que nunca venceu em Oakland, será que Dungey ou Roczen podem dar a primeira vitória da marca nesta temporada ?

Reed empatou com Jeremy McGrath e James Stewart na lista do maior número de vitórias em Anaheim, os três com um total de oito vitórias. Reed se tornou o 16º piloto diferente a vencer um Main Event com uma Kawasaki.

Desde 1997, essa é a primeira vez que a Kawasaki tem dois vencedores diferentes na mesma temporada. Jeff Emig e Damon Huffman na temporada 1997 e Ryan Villopoto e Chad Reed na temporada 2014.

James Stewart faturou uma segunda colocação, que foi a 69ª segunda colocação de sua carreira na categoria. Stewart agora tem dez temporadas consecutivas com um pódio.

Justin Brayton faturou sua segunda finalização dentro do Top 5 da temporada, com o quarto lugar. Foi a 23ª finalização de sua carreira dentro do Top 5. Pela quarta temporada consecutiva, tivemos três vencedores diferentes nas três primeiras etapas.

Curiosidades da Categoria 250 em Oakland

Esta será a quarta vez que o gate vai cair para uma corrida da categoria 250 em Oakland. Broc Tickle venceu a corrida inaugural da categoria em Oakland pela Kawasaki. Ken Roczen venceu o Main Event do ano passado em Oakland, será que pode se tornar o piloto a vencer nas duas categorias em Oakland ?

A vitória de Roczen em Oakland marcou a terceira temporada consecutiva da KTM com uma vitória de Main Event. A vitória de Jason Anderson na abertura da temporada em Anaheim marcou a quarta temporada consecutiva da KTM. Foi na temporada do ano passado em Oakland que Anderson faturou seu primeiro pódio da carreira.

Recapitulando a categoria 250 Oeste em Anaheim2

Cole Seely faturou a quarta vitória de sua carreira na categoria 250 e também tirou a liderança da pontuação de Jason Anderson. Cooper Webb faturou o primeiro pódio de sua carreira, ficando na segunda posição.

Malcolm Stewart faturou seu primeiro pódio da temporada, ficando na terceira posição. Jason Anderson faturou sua terceira finalização consecutiva dentro do top 5. Cole Seely e Anderson são os únicos pilotos da categoria a estar entre os cinco primeiros em cada corrida.

Justin Hill faturou a primeira finalização de sua carreira entre os cinco primeiros, com um quinto lugar. Shane McElrath faturou a primeira finalização entre os dez primeiros de sua carreira, com um sexto lugar.

Dean Wilson ainda não venceu uma etapa nesta temporada e ocupa a sexta posição no geral do campeonato.

Voltas lideradas na categoria 450

 

Ryan Villopoto – 15

 

Justin Brayton – 13

 

Voltas lideradas na categoria 250

 

Cole Seely – 40

 

Jason Anderson – 5

 

Prêmio Holeshot da categoria 450 em 2014

 

Anaheim1 –  Ryan Villopoto

 

Phoenix – Matt Moss

 

Anaheim2 – Ryan Dungey

 

Prêmio Holeshot da categoria 250 em 2014

 

Anaheim1 – Jason Anderson

 

Phoenix – Cooper Webb

 

Anaheim2 – Cole Seely

 

Volta mais rápida na classificatória da categoria 450 em 2014

 

Anaheim1 – Justin Barcia

 

Phoenix – Ryan Dungey

 

Anaheim2 – Justin Brayton

 

Volta mais rápida na classificatória da categoria 250 Oeste em 2014

 

Anaheim1 – Dean Wilson

 

Phoenix – Jason Anderson

 

Anaheim2 – Jason Anderson

 

 

Vencedor da heat 1 da categoria 450 em 2014

 

Anaheim1 – Mike Alessi

 

Phoenix – Jake Weimer

 

Anaheim2 – Justin Brayton

 

 

 

Vencedor da Heat 2 da categoria 450 em 2014

 

Anaheim1 – Justin Barcia

 

Phoenix – Ryan Dungey

 

Anaheim2 – James Stewart

 

 

Vencedor da Heat 1 da categoria 250 em 2014

 

Anaheim1 – Malcolm Stewart

 

Phoenix – Dean Wilson

 

Anaheim2 – Dean Wilson

 

 

 

Vencedor da Heat 2 da categoria 250 em 2014

 

Anaheim1 – Jason Anderson

 

Phoenix – Jason Anderson

 

Anaheim2 – Jason Anderson

 

 

 

Vencedor da Semi 1 da categoria 450 em 2014

 

Anaheim1 – Wil Hahn

 

Phoenix – Weston Peick

Anaheim 2 – Matt Moss

 

 

Vencedor da Semi 2 da categoria 450 em 2014

 

Anaheim1 – Ken Roczen

 

Phoenix – Andrew Short

 

Anaheim2 – Josh Hill

 

 

Vencedor do LCQ da categoria 450 em 2014

 

Anaheim1 – Kyle Partridge

 

Phoenix – Vince Friese

 

Anaheim2 – Jimmy Albertson

 

 

Vencedor do LCQ da categoria 250 em 2014

 

Anaheim1 – Zackery Freeberg

 

Phoenix – Darryn Durham

 

Anaheim2 – Chris Howell

 

 

 

 

 

Classificação da categoria 450 após três etapas
1.    Ken Roczen – 60 pontos
2.    Ryan Villopoto – 59
3.    Chad Reed –  57
4.    Ryan Dungey – 57
5.    Justin Brayton – 55
6.    James Stewart – 44
7.    Justin Barcia – 42
8.    Andrew Short – 38
9.    Wil Hahn – 30
10.    Broc Tickle – 26 pontos

Classificação da categoria 250 Oeste após três etapas
1.    Cole Seely – 69 pontos
2.    Jason Anderson – 68
3.    Zach Osborne – 53
4.    Cooper Webb – 51
5.    Dean Wilson – 50
6.    Malcolm Stewart – 47
7.    Justin Hill – 44
8.    Jessy Nelson – 35
9.    Dean Ferris – 31
10.    Shane McElrath – 29 pontos

 

AMA-logo2

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly