Série Perspectivas 2014 – Rodrigo Lama

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 23 de Janeiro de 2014 - 15:19

O destaque de hoje aqui na ‘Série Perspectivas 2014’ do site Mundocross é o piloto sergipano, Rodrigo de Andrade, atualmente o maior nome do Motocross nordestino. Na temporada passada ele já estava com parceria com a marca de motos italiana TM, e para esta temporada ele será o piloto da marca aqui no Brasil. Rodrigo ‘Lama’ está no momento na Itália, onde está visitando a fábrica da TM, e fazendo parte de sua pré-temporada para o Brasileiro de Motocross. Leia abaixo a entrevista do Rodrigo ‘Lama’ e saiba o que ele temde planos para a temporada 2014.

Placa de 5 segundos no ar, largou…

Mundocross – Antes de falar de 2014, faça aí uma avaliação do que rolou na tua temporada 2013.

Rodrigo Lama – O ano de 2013 começou bom pra mim. Fui chamado pra compor a equipe Circuit / Yamaha, e fui para São Paulo treinar com o Hector Assunção, que seria meu companheiro de equipe. Mas depois de me dedicar tanto fiquei sabendo que iria ficar sem moto para correr e na certa sem equipe. Fiquei muito triste, pois estava apostando tudo, mas não abaixei a cabeça e segui em frente e mesmo não correndo todas as etapas do Brasileiro fiz boas provas, sempre entre os 10 e 5 primeiros. E no Nordeste venci quase todas que corri,digamos que 80% das provas… Foi um ano legal pra mim.

Mundocross – Você está na Itália fazendo sua pré-temporada. Como está sendo a experiência? Conte-nos os detalhes.

Rodrigo Lama – Cheguei na Itália dia 17 de janeiro. No sábado fui em uma pista com Luca Proietti e o amigo italiano Andrea Terenzi, mas não andei. Apenas fui olhar o Andrea rodar. No domingo um amigo do Luca conseguiu uma TM pra mim e fui andar em uma pista bem legal,de alta e subidas e decidas e bem dura no final do dia estava solto. No dia 21 cheguei a Sardenha, onde inicio a pré temporada de verdade. Já fiz um treino e me destaquei bem entre os pilotos TM, todos gostaram, baixei 5 segundos do começo até  fim do dia…Vou ficar aqui até dia 5 de fevereiro, onde acabo meus treino na Europa correndo o Mundialito em Riola Sardo.

Mundocross – Quais os campeonatos Estaduais, Nacionais e Internacional que pretende disputar em 2014, e em quais as categorias ?

Rodrigo Lama – Pretendo andar todos os campeonatos Estaduais que tiver aqui no Nordeste e conquistar todos. Quero muito correr o Brasileiro, mas como tiraram a nossa etapa do Nordeste não sei como vai ser, estou sem patrocínio e dinheiro para ir às etapas. Vou competir os Estaduais na MX2 e MX1 e no Brasileiro de Motocross na MX2. Internacional até agora as etapas do Mundial de Motocross do Brasil e a etapa do Mundialito em Riola Sardo.

1385055_10201477852413875_1419857542_n

Mundocross – Sobre a sua pré-temporada, o que já está fazendo e o que ainda pretende fazer para 2014 ?

Rodrigo Lama – Comecei o físico no Brasil com meu treinador na Habitat Funcional e com a ajuda da Tuchê Fitness e agora estou na Itália continuando meus treinos. Estou sempre pedalando, correndo a pé e treinando com moto… este é meu treino. 

Mundocross – O que você achou do formato do calendário que a CBM criou para o campeonato de 2014, com etapas tendo algumas categorias e outras etapas tendo outras categorias em disputa, sendo que as categorias Feminina e MX4 terão somente rodada na etapa final ?

Rodrigo Lama – Bom, eu prefiria não falar sobre isso. Meu papel é chegar e correr, mas não gostei do calendário. Mais uma vez o Nordeste fica de fora. Acho injusto. Eu vejo sempre as pessoas do Sul reclamando da distância de ir nas etapas do Nordeste, mas eles não pensam que nós vamos nas outras 6 na região deles…As pessoas não pensam.

Mundocross – Você irá disputar as etapas do Mundial de Motocross no Brasil, em Penha, em Santa Catarina e Senador Canedo, em Goiás ?

Rodrigo Lama – Se Deus permitir, estou confirmado.

Mundocross – Já faz algumas temporadas que não se tem campeonato Brasileiro de Supercross. O que você acha sobre isto ? Gostaria que tivesse um Brasileiro de Supercross ? Se sim, relate aqui sua opinião sobre qual formato de competição, de pistas e quantas etapas deve ter este campeonato ?

Rodrigo Lama – Seria legal ter um Supercross no Brasil. Já tivemos e achava muito legal. O Supercross não é minha praia, mas gostaria de correr no Brasil. Acho que cinco etapas estaria ótimo para todos.

1524993_10201477854213920_397698535_n

Mundocross – Com qual equipe e patrocínios e apoios que você já tem fechado para a temporada 2014 ?

Rodrigo Lama – TM Brasil, Tuchê fitness , CPF Parafusos,Trato Graphics, Habitat Funcional. Mas nenhum ainda pra correr os custos do brasileiro, este são apenas apoios pelos quais agradeço muito por acreditarem em meu trabalho.

Mundocross – Nesta temporada você pretende competir no Arenacross no Brasil ?

Rodrigo Lama – Pretendo, mas não tenho condições de ir.

Mundocross – Agora a palavra e o espaço são todo seus.

Rodrigo Lama – Agradeço primeiramente a Deus por mais um ano de vida, ao meu pai que sempre esteve ao meu lado e meus apoiadores, ao Luca Proietti da TM por acreditar em meu trabalho, ao Marcelo Preparações, a vocês do Mundocross pelo espaço e por lembrar do Nordeste. Valeu.

Perfil do piloto Rodrigo Lama :

Nome completo : Rodrigo de Andrade
Data de nascimento : 25 de janeiro de 1993
Cidade onde nasceu : Aracaju – SE.
Cidade onde mora : Aracaju – SE.
Apelido : Lama
Moto atual : TM 250 FI 4 Tempos

Número que vai usar na moto em 2014 : 32
Principal título : Campeão Brasileiro de Motocross e Arenacross 150
Ídolo no Motocross Nacional : Thales Vilardi
Ídolo no Motocross Internacional : Ryan Villopoto e Chad Reed
Pista favorita no Nordeste : Particular
Pista favorita no Brasil : Aracaju – SE.
Comida favorita : Japonesa
Bebida favorita : Água
Comida nos dias de corridas : As do meu pai
Bebida nas corridas : Suplementos da Tuchê Fitness

Tipo de filme favorito : Ação

Programa de TV favorito : Quando tiver Motocross na TV eu digo o canal rsrs
Lazer preferido : Estar com minha família.
Esporte preferido fora o Motocross : Ciclismo
E-mail : [email protected]

Twitter : @rodriigoLama
Face : Rodrigolama32

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly