AMA Supercross 2014 – 5ª Etapa – Anaheim3

Por Mariah Morgado | Fotos por GuyB | 03 de fevereiro de 2014 - 16:20

O AMA Supercross 2014 fez sua terceira parada da temporada no Angel Stadium, em Anaheim neste final de semana e as histórias da noite foram de Chad Reed e Dean Wilson. A vitória de Chad Reed em Anaheim2 foi épica, emocionante, inesperada, louca e inesquecível. A vitória de ontem ? Pareceu como a tarefa de casa de costume, nada diferente do que as 40 e poucas outras vitórias que Reed tem em sua carreira, nem diferente de quando ele tinha seus 20 e poucos anos e vencia com uma Yamaha, Suzuki ou Honda.

Isso é prova de que Reedy é um concorrente genuíno ao campeonato e seu sucesso se repete a cada semana. “Isso é mais sobre ter boas semanas a cada semana e garantir que o nono lugar em Phoenix foi a minha pior noite,” ele disse depois da corrida. Além do mais, não há dúvidas da seriedade disso depois que ele teve que passar o atual campeão do AMA Supercross e atual líder do campeonato, Ryan Villopoto, para assumir a liderança e vencer.

Reed está andando melhor do que já esteve ? O veterano diz que não, ele acha que o nível e o ritmo são os mesmos de quando ele disputava com Ricky Carmichael e James Stewart, há uma geração, embora ele tenha mencionado que as pistas estejam mais fáceis e por isso que os pilotos estão andando literalmente mais rápido. Ele também disse que o estilo de Ryan Villopoto, principalmente nas curvas, é muito parecido com o de Carmichael. “Eu tenho os mesmos pesadelos de correr com aquele cara de quando eu corria com Ricky,” Reed brincou depois da corrida.

A outra história da noite veio da categoria 250 com a vitória surpreendente de Dean Wilson. Depois de enfrentar uma maré de azar em quatro etapas, parece que os deuses do Supercross voltaram a sorrir para Dean na terceira corrida no Angel Stadium. Nos treinos da tarde e na Heat, Dean estava muito mais rápido do que os outros, fazendo voltas consistentes com um segundo mais rápido do que todos e depois venceu sua heat com quase 13 segundos de vantagem. Durante todo o dia, tudo indicava que Wilson ganharia a corrida, mas ninguém esperava que ele venceria do modo como ele venceu.

Categoria 450

A corrida foi bem intensa e embolada, um grupo de seis pilotos, Chad Reed, Ken Roczen, Ryan Villopoto, James Stewart, Ryan Dungey e Justin Barcia emergiram para o alcance da liderança. Os espectadores puderam acompanhar cada piloto atacar. Roczen ia atrás de Reed e o australiano da TwoTwo / Discount Tires fugia, os dois passaram Villopoto, mas depois o atual campeão se aproximava. O trio Stewart/Dungey/Barcia também se aproximava e tiveram vezes em que tinha uma ameaça de uma disputa de um trem desgovernado de seis pilotos pela vitória.

full_020214450top10_001_311001

full_020214450top10_003_15570

Os tempos de voltas estavam mais longos também, então parecia que o Main Event demorou muito. No final, estava claro de Reed e Roczen eram os melhores do grupo e Roczen pressionou Reed até o final. Imaginem o duelo ? O veterano de 31 anos e o novato de 19 anos ? Que espetáculo. E vamos pensar, quando Reed venceu sua primeira corrida do AMA SX em 2003, The Roc tinha apenas oito anos !!!

E Ryan Villopoto ? Onde estava ? O piloto Monster / Kawasaki admite abertamente que o terreno de Anaheim é provavelmente o pior cenário para seu estilo de pilotagem. Mas que estava feliz com sua terceira posição.

full_020214450top10_004_591057

full_020214450top10_005_712669

Quem teve uma reviravolta no jogo foi Justin Barcia que ficou em quarto colocado e fez a melhor corrida entre todas as outras quatro etapas. Ele foi rápido nos treinos, mas um acidente na sua Heat o mandou direto para a semi. Barcia não largou muito bem no Main Event, mas quando ele entrou na briga entre Stewart e Dungey estava bem claro que o piloto Honda / Muscle Milk estava de volta no ritmo do grupo da frente, que é o lugar em que se espera encontra-lo. Porém, as largadas, que são normalmente um ponto forte de Barcia, ainda estão prejudicando-o.

Outra surpresa foi a quinta colocação de Weston Peick. O piloto da Motorsport / Suzuki ficou animado com sua colocação entre o Top 5 e que o foco agora é tentar conquistar o pódio até o final do campeonato. Justin Brayton teve sua primeira noite fora de ritmo da temporada. Ele largou na frente, mas foi ultrapassado por Barcia e Peick e terminou em sexto. Uma boa colocação, mas não é o mesmo ritmo que o piloto Toyota / JGR / Yamaha mostrou nas últimas semanas.

full_020214450top10_006_648726

full_020214450top10_007_418916

A notícia da última semana foi o retorno de Eli Tomac. Tomac deu um show nos treinos quando foi o primeiro a mandar o quádruplo. No Main Event, James Stewart usou o salto como gatilho para alcançar os líderes, mas Ryan Dungey mais uma vez usou atacou mais agressivo do que o normal e usou o salto para alcançar o piloto Yoshimura Suzuki. Depois, o piloto Red Bull / KTM bateu em Stewart em uma curva, fazendo-o com que Stewart caísse. Uma volta depois, Dungey caiu no final das costelas e quebrou a manete de embreagem, e assim sua noite terminou, ele não podia correr com a manete pendurada perto de sua roda dianteira. O furioso Dungey foi agressivo, mas não subiu no pódio e essa DNF deixou um buraco em sua pontuação.

full_020214450top10_008_975457

full_020214450top10_009_774257

A corrida de Stewart foi arruinada com a derrubada de Dungey. Não tem como saber se os dois iriam alcançar Villopoto, mas usando o quádruplo, eles se aproximaram várias vezes, mas não próximo o suficiente para pressioná-lo.

full_020214450top10_010_159167

full_020214450top10_002_621124

Classificados na Heat 1
1. 
Ken Roczen
2. Justin Brayton
3. Weston Peick
4. Eli Tomac

Classificados na Heat 2
1. 
James Stewart
2. Ryan Villopoto
3. Ryan Dungey
4. Chad Reed

Classificados na Semi 1
1. 
Jimmy Albertson
2. Andrew Short
3. Nick Wey
4.
Ivan Tedesco
5. Chris Blose

Classificados na Semi 2
1. Justin Barcia
2. Broc Tickle
3. 
Mike Alessi
4. Wil Hahn
5. Vince Friese

Classificados na Last Chance
1. Matt Moss
2. Josh Grant
3. Jake Weimer
4. Matt Goerke

Resultado do Main Event da categoria 450 em Anaheim3
1. Chad Reed – Kawasaki
2. Ken Roczen – KTM
3. Ryan Villopoto – Kawasaki
4. Justin Barcia – Honda
5. Weston Peick – Suzuki
6. Justin Brayton – Yamaha
7. James Stewart – Suzuki
8. Jake Weimer – Kawasaki
9. Andrew Short – KTM
10. Ivan Tedesco – KTM
11. Broc Tickle – Suzuki
12. Wil Hahn – Honda
13. Nick Wey – Kawasaki
14. Matt Moss – Suzuki
15. Jimmy Albertson – Honda
16. Vince Friese – Honda
17. Josh Grant – Yamaha
18. Matt Goerke – KTM
19. Chris Blose – Honda
20. Ryan Dungey – KTM
21.
Eli Tomac – Honda
22. Mike Alessi – Suzuki

Classificação da categoria 450 após cinco etapas
1. Ryan Villopoto – 104 pontos (2 Vitórias)
2. Chad Reed – 102 (2 Vitórias)
3. Ken Roczen – 97 (1 Vitória)
4. Justin Brayton – 86
5. James Stewart – 80
6. Ryan Dungey – 76
7. Justin Barcia – 74
8. Andrew Short – 61
9. Wil Hahn – 52
10. Jake Weimer – 50 pontos

Categoria 250

Mesmo com a dominância de Dean Wilson durante o dia, Cole Seely largou na frente no Main Event e liderou durante a primeira metade da corrida. Wilson começou a cortar terreno e se aproximou. As coisas ficaram meio confusas nas últimas voltas quando Seely começou a enfrentar o tráfego. O piloto Lucas Oil / TLD Honda caiu, deixando Wilson e sua Monster / Pro Circuit / Kawasaki passar. Não é a primeira vez que Seely perde o primeiro lugar do pódio nos últimos momentos das corridas nesta temporada, mas agora ele está empatado na liderança do campeonato. Depois dessas derrotas de partir o coração, se ele vencer o título, ele se sentirá bem. Seely subiu na moto de novo e terminou a corrida mais uma vez em segundo lugar.

full_020214250top10_003_294574

full_020214250top10_002_268500

Dean Wilson também teve um pouco de dificuldade com o tumulto de motos, mas conseguiu a sua primeira vitória e da equipe Monster / Pro Circuit / Kawasaki estava garantida. Ryan Hughes, treinador de Wilson mal pode conter a felicidade quando seu pupilo o abraçou depois da linha de chegada.

full_020214250top10_004_672267

full_020214250top10_005_724854

Jake Canada fez uma boa largada e se manteve na terceira posição por um tempo até ceder a pressão de Cooper Webb. Porém, depois de ultrapassar Canada, o piloto Yamalube / Star Racing / Yamaha estava muito atrás de Seely e Wilson para representar uma ameaça e garantiu o terceiro degrau do pódio.

full_020214250top10_006_965306

full_020214250top10_008_477949

O outro destaque no Main Event da 250 foi a derrubada de Jason Anderson por Malcolm Stewart. O líder do campeonato até então, largou em sexto e começou abrir caminho pelo pelotão até que o piloto Muscle Milk Honda tentou uma ultrapassagem que deixou os dois no chão. O piloto Rockstar / KTM ainda conseguiu assegurar a quinta colocação e ainda continua na briga pelo campeonato.

full_020214250top10_011_895052

full_020214250top10_001_881679

Resultado do Main Event da categoria 250 Costa Oeste em Anaheim3
1. Dean Wilson – Kawasaki
2. Cole Seely – Honda
3. Cooper Webb – Yamaha
4. Justin Hill – Kawasaki
5. Jason Anderson – KTM
6. Malcolm Stewart – Honda
7. Jake Canada – Honda
8. Shane McElrath – Honda
9. Jessy Nelson – Honda
10. Dakota Tedder – Kawasaki
11. Dean Ferris – KTM
12. Scott Champion – Yamaha
13. Topher Ingalls – Honda
14. Preston Mull – Yamaha
15. Valentin Teillet – Kawasaki
16. Brandon Scharer – Suzuki
17. Chris Howell – Yamaha
18. Shawn Rhinehart – Suzuki
19. Jean Marrone – Suzuki
20. Joseph Dalzell – Kawasaki
21. Brandon Rangel – Honda
22. Conner Elliott – Honda

Classificação da categoria 250 Costa Oeste após cinco etapas
1. Jason Anderson – 109 pontos (3 Vitórias)
2. Cole Seely – 109 (1 Vitória)
3. Dean Wilson – 97 (1 Vitória)
4. Cooper Webb – 85
5. Justin Hill – 82
6. Zach Osborne – 69
7. Malcolm Stewart – 69
8. Jessy Nelson – 61
9. Shane McElrath – 55
10. Dean Ferris – 52 pontos

Calendário AMA Supercross 2014
Sexta Etapa – 8 de fevereiro – San Diego / Califórnia – Qualcomm Stadium
Sétima Etapa – 15 de fevereiro – Arlington / Texas – Cowboys Stadium
Oitava Etapa – 22 de fevereiro – Atlanta / Geórgia – Georgia Dome
Nona Etapa – 1º de março – Indianápolis / Indiana – Lucas Oil Stadium
Décima Etapa – 8 de março – Daytona / Flórida – Daytona International Speedway
Décima Primeira Etapa – 15 de março – Detroit / Michigan – Ford Field
Décima Segunda Etapa – 22 de março – Toronto / Canadá – Rogers Centre
Décima Terceira Etapa – 29 de março – St.Louis / Missouri – Edward Jones Dome
Décima Quarta Etapa – 5 de abril – Houston / Texas – Reliant Stadium
Décima Quinta Etapa – 12 de abril – Seattle / Washington – Century Link Field
Décima Sexta Etapa – 26 de abril – East Rutherford / Nova Jersei – MetLife
Décima Sétima Etapa – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

Calendário AMA Supercross 250 Costa Oeste 2014
Sexta Etapa – 8 de fevereiro – San Diego / Califórnia – Qualcomm Stadium
Sétima Etapa – 5 de abril – Houston / Texas – Reliant Stadium
Oitava Etapa – 12 de abril – Seattle / Washington – Century Link Field
Nona Etapa – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

Calendário AMA Supercross 250 Costa Leste 2014
Primeira Etapa – 15 de fevereiro – Arlington / Texas – Cowboys Stadium
Segunda Etapa – 22 de fevereiro – Atlanta / Geórgia – Georgia Dome
Terceira Etapa – 1º de março – Indianápolis / Indiana – Lucas Oil Stadium
Quarta Etapa – 8 de março – Daytona / Flórida – Daytona International Speedway
Quinta Etapa – 15 de março – Detroit / Michigan – Ford Field
Sexta Etapa – 22 de março – Toronto / Ontário – Canadá – Rogers Centre
Sétima Etapa – 29 de março – St.Louis / Missouri – Edward Jones Dome
Oitava Etapa – 26 de abril – East Rutherford / Nova Jérsei – MetLife Stadium
Nona Etapa – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

AMA Supercross Shootout 250 Oeste versus 250 Leste 2014
Etapa Única – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly