Foto do Dia Mundocross

Por Divulgação | Foto por Divulgação | 04 de fevereiro de 2014 - 2:00

Considerado um importante teste final para os pilotos que disputarão o campeonato Mundial de Motocross, o Mundialito de Motocross acontece em três etapas no mês de fevereiro e coloca a prova a pré-temporada dos principais times europeus. Entre eles, a CLS / Kawasaki / Monster mostrou que fez uma ótima preparação, colocando o suíço Arnaud Tonus em condições de conquistar a vitória na abertura da competição, na Sardenha. A temporada passada foi terrível para Tonus, que passou a maior parte do ano afastado das pistas de Motocross, se recuperando de uma fratura na perna. Voltando apenas nas duas últimas etapas do Campeonato Mundial no ano passado, o piloto Kawasaki se preparou bastante na pré-temporada para estrear 2014 com chave de ouro. “Passei três semanas aqui na Sardenha com a equipe, treinando e testando, por isto resolvi disputar a abertura do Mundialito de Motocross Italiano. Foi uma decisão de última hora, por isto fiquei sem a estrutura da equipe, apenas com meu pai como mecânico. A prova foi uma boa oportunidade para testar meu nível em condições de corrida e fiquei muito feliz com o resultado”, explicou Tonus. “Me senti muito bem fisicamente e a disputa que tive com Christophe Charlier valorizou ainda mais minha vitória. Na Super Final, que junta os melhores colocados da MX2 e MX1, também consegui um bom resultado ficando na sexta colocação, atrás apenas de motos de 450”, disse o suíço.

b6fd77173f3bd7d4f3e51403c914cd901_Tonus

Arnaud Tonus

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly