AMA Supercross 2014 – 6ª Etapa – San Diego

Por Mariah Morgado | 10 de fevereiro de 2014 - 21:47

San Diego marcou o fim da série de etapas na Califórnia do AMA Supercross 2014. A noite do último sábado, 8 de fevereiro, no Qualcomm Stadium deixou alguns pilotos felizes, mas também deixou alguns pilotos olhando para os destroços do que seria uma chance legítima ao topo no campeonato.

Categoria 450
Andrew Short largou na frente e fez o Holeshot do Main Event da categoria, mas Ryan Villopoto e James Stewart passaram rapidamente, deixando-o para trás. Justin Brayton começou bem, mas perdeu muito tempo quando capotou por cima da roda dianteira e voltou quase em último. Quando a corrida acabou ele já estava em nono lugar.

full_020914_top10_450002_796034

Largada da categoria 450 em San Diego

full_020914_top10_450003_762177

Momento da primeira volta da categoria 450 em San Diego

Ryan Villopoto estava perigoso, ameaçador, principalmente com a pista limpa, mas James Stewart estava determinado a dificultar a corrida para ele e não perdeu tempo indo atrás do piloto Monster Energy Kawasaki. O piloto Yoshimura / Suzuki cortou por baixo dele em uma curva de 180º. RV rapidamente o ultrapassou de novo, mas Bubba retaliou com um scrub e o passou momentos depois. Os dois ficaram próximos por quase toda a corrida, levando o público ao delírio, mas Stewart conseguiu se distanciar um pouco nas últimas voltas, o que foi foi bom para ele porque ele perdeu um pouco de tempo no final da corrida devido ao tráfego. James Stewart venceu sua primeira corrida desde Atlanta no ano passado.

full_020914_top10_450004_452622

James Stewart

full_020914_top10_450005_6865

Ryan Villopoto

Porém, todos os olhos estavam voltados para Chad Reed e com boa razão. O veterano venceu em A3 na semana passada e tem uma história fantástica de vitórias em San Diego. Ele largou com o grupo da frente, mas não parecia acompanhar o ritmo dos líderes.

Nas últimas voltas, Reed já tinha alcançado Ken Roczen e junto com Ryan Dungey, os três deram um espetáculo ao público brigando pela terceira posição. Infelizmente, a disputa terminou mal para Reed quando ele caiu forte nas costelas, durante a última volta. O australiano foi levado ao hospital e os relatórios iniciais eram que ele lesionou o ombro e estava cuspindo sangue.

full_020914_top10_450006_636335

Ken Roczen

full_020914_top10_450007_887831

Ryan Dungey

Veja o tombo de Chad Reed:

Imagem de Amostra do You Tube

Reed postou em seu Instagram no domingo que quebrou a clavícula, a escapula e a vértebra T1 (primeira vértebra torácica) e que pretende alinhar no gate daqui a cinco dias.

Justin Barcia estava silenciosamente tendo uma noite decente e provavelmente teria entrado na briga pela terceira posição se não tivesse caído. Outra performance que mereceu aplausos foi a de Weston Peick. Depois de largar em 14º, o herói privado avançou com uma pilotagem impressionante até a quinta posição.

full_020914_top10_450008_511489

Weston Peick

full_020914_top10_450009_98581

Justin Barcia

Com a vitória, James Stewart subiu para a quarta posição do campeonato, com 21 pontos atrás de Villopoto que esse ano não conseguiu vencer uma etapa no sul da Califórnia, mas a boa notícia pra ele é que ele deixa a região com uma liderança de nove pontos de vantagem sobre Ken Roczen, o segundo colocado na classificação.

full_020914_top10_450010_898685

Eli Tomac

full_020914_top10_450012_454513

Justin Brayton

Classificados na Heat 1
1.Ken Roczen
2.Justin Barcia
3.Ryan Villopoto
4.Andrew Short

Classificados na Heat 2
1.Ryan Dungey
2.James Stewart
3.Justin Brayton
4.Chad Reed

Classificados na Semi 1
1.Matt Moss
2.Matt Goerke
3.Josh Hill
4.Broc Tickle
5.Vince Friese

Classificados na Semi 2
1.Eli Tomac
2.Mike Alessi
3.Nick Wey
4.Ivan Tedesco
5.James Decotis

Classificados no LCQ
1.Weston Peick
2.Phill Nicoletti
3.Chris Blose
4.Kyle Crisholm

Resultado do Main Event das 450
1. James Stewart
2. Ryan Villopoto
3. Ken Roczen
4. Ryan Dungey
5. Weston Peick
6. Justin Barcia
7. Eli Tomac
8. Broc Tickle
9. Justin Brayton
10. Andrew Short
11. Josh Hill
12. Chad Reed
13. Ivan Tedesco
14. Mike Alessi
15. Matt Goerke
16. Vince Friese
17. Nick Wey
18. Kyle Chisholm
19. Jimmy Decotis
20. Phill Nicoletti
21. Chris Blose
22. Matt Moss

Classificação do campeonato da categoria 450 após seis etapas
1. Ryan Villopoto – 126 pontos (2 Vitórias)
2. Ken Roczen – 117 (1 Vitória)
3. Chad Reed – 111 (2 Vitórias)
4.
James Stewart – 105 (1 Vitória)
5. Justin Brayton – 98
6. Ryan Dungey – 94
7. Justin Barcia – 89
8. Andrew Short – 72
9.
Weston Peick – 53
10. Wil Hahn – 52 pontos

Categoria 250

A surpresa foi o piloto privado Dakota Tedder fazendo o Holeshot e liderando o início da ação do Main Event da categoria. Dean Wilson assumiu a liderança quase que de imediato e com Jason Anderson e Cole Seely na quinta e sexta posição, tudo parecia bem para o piloto Monster / Pro Circuit / Kawasaki vencer a segunda etapa consecutiva. Infelizmente, as chances se extinguiram quando ele caiu e capotou sobre o guidão. Uma volta depois, Wilson teve que parar na área dos mecânicos para fazer reparos. Ele conseguiu voltar a corrida, mas ficou atrasado com algumas voltas e terminou em 21º.

full_020914_250topten001_447817

Largada da categoria 250 Oeste em San Diego

full_020914_250topten002_946514

Justin Hill

No começo da corrida, Seely e Anderson estavam bem próximos, mas o piloto Rockstar / KTM estava um pouco mais rápido que o piloto Lucas Oil / TLD / Honda, que ainda estava se recuperando de uma intoxicação alimentar que o deixou dois dias de cama durante a semana.

full_020914_250topten003_411376

Jason Anderson

full_020914_250topten004_754362

Malcolm Stewart

Se Justin Hill pode fazer boas largadas regularmente, então pode-se esperar que ele brigue por vitórias e pódios quando o campeonato Costa Oeste retornar em Houston. Hill liderou 14 das 15 voltas e parecia muito bem e a vontade. Ele manteve a calma, não levou sustos e manteve sua distância mesmo quando Anderson assumiu a segunda posição e começou a atacar. Hill conquistou a primeira vitória de sua carreira profissional nesse final de semana, mas no início não parecia que tinha percebido que tinha levado a bandeirada quadriculada. Ele continuou correndo por quase meia volta antes de reduzir a velocidade e comemorar. Pode ter sido a primeira vez na história do esporte que os retardatários tenham sido atrasados pelo vencedor da corrida.

full_020914_250topten005_865354

Cole Seely

full_020914_250topten008_476426

Cooper Webb não apareceu muito em San Diego. Ele não largou muito bem e caiu em uma sessão de ritmo, perdendo algumas posições. Ele ficou em 14º e está começando a estabelecer um padrão de ter uma boa noite em uma semana e uma noite fraca na semana seguinte. Então a boa notícia é que ele pode ter uma boa noite no retorno do campeonato.

full_020914_250topten006_861748

Shane McElrath

full_020914_250topten009_743058

Mesmo que Jason Anderson não tenha vencido, ele ainda teve motivos para sorrir. Ele entra no intervalo do campeonato com quatro pontos na frente de Cole Seely.

Classificados na Heat 1
1.Dean Wilson
2.Cooper Webb
3.Malcolm Stewart
4.Shane McElrath
5.Dakota Tedder

Classificados na Heat 2
1.Cole Seely
2.Justin Hill
3.Jessy Nelson
4.Scott Champion
5.Jake Canada

Classificados no LCQ
1.Chris Howell
2.Preston Mull
3.Ruben Alanis
4.Jean Marrone
5.Brandon Rangel

Resultados do Main Event das 250SX
1. Justin Hill
2. Jason Anderson
3. Malcolm Stewart
4. Cole Seely
5. Shane McElrath
6. Jessy Nelson
7. Mike Leib
8. Scott Champion
9. Jake Canada
10. Dean Ferris
11. Dakota Tedder
12. Preston Mull
13. Z. Freeberg
14. Cooper Webb
15. Ruben Alanis
16. Valentin Teillet
17. T. Ingalls
18. Jean Marrone
19. Chris. Howell
20.
B. Scharer
21. Dean Wilson
22. M. Horban

Classificação do Campeonato 250SX Costa Oeste após seis etapas
1.Jason Anderson – 131 pontos (3 Vitórias)
2.
Cole Seely – 127 (1 Vitória)
3. Justin Hill – 107 (1 Vitória)
4. Dean Wilson – 98 (1 Vitória)
5. Cooper Webb – 92
6. Malcolm Stewart – 89 
7. Jessy Nelson – 76
8. Shane McElrath – 71
9. Zach Osborne – 69
10. Dean Ferris – 63 pontos

Calendário AMA Supercross 2014
Sétima Etapa – 15 de fevereiro – Arlington / Texas – Cowboys Stadium
Oitava Etapa – 22 de fevereiro – Atlanta / Geórgia – Georgia Dome
Nona Etapa – 1º de março – Indianápolis / Indiana – Lucas Oil Stadium
Décima Etapa – 8 de março – Daytona / Flórida – Daytona International Speedway
Décima Primeira Etapa – 15 de março – Detroit / Michigan – Ford Field
Décima Segunda Etapa – 22 de março – Toronto / Canadá – Rogers Centre
Décima Terceira Etapa – 29 de março – St.Louis / Missouri – Edward Jones Dome
Décima Quarta Etapa – 5 de abril – Houston / Texas – Reliant Stadium
Décima Quinta Etapa – 12 de abril – Seattle / Washington – Century Link Field
Décima Sexta Etapa – 26 de abril – East Rutherford / Nova Jersey – MetLife
Décima Sétima Etapa – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

Calendário AMA Supercross 250 Costa Oeste 2014
Sétima Etapa – 5 de abril – Houston / Texas – Reliant Stadium
Oitava Etapa – 12 de abril – Seattle / Washington – Century Link Field
Nona Etapa – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

Calendário AMA Supercross 250 Costa Leste 2014
Primeira Etapa – 15 de fevereiro – Arlington / Texas – Cowboys Stadium
Segunda Etapa – 22 de fevereiro – Atlanta / Geórgia – Georgia Dome
Terceira Etapa – 1º de março – Indianápolis / Indiana – Lucas Oil Stadium
Quarta Etapa – 8 de março – Daytona / Flórida – Daytona International Speedway
Quinta Etapa – 15 de março – Detroit / Michigan – Ford Field
Sexta Etapa – 22 de março – Toronto / Ontário – Canadá – Rogers Centre
Sétima Etapa – 29 de março – St.Louis / Missouri – Edward Jones Dome
Oitava Etapa – 26 de abril – East Rutherford / Nova Jérsei – MetLife Stadium
Nona Etapa – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

AMA Supercross Shootout 250 Oeste versus 250 Leste 2014
Etapa Única – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly