Recapitulando a Copa Verão de Motocross em Cidreira

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Sílvio Bilhar | 15 de fevereiro de 2014 - 22:21

A semifinal da Copa Verão de Motocross 2014 ocorreu no final de semana passado, dias 8 e 9 de fevereiro, na pista de Cidreira, ao lado do Estádio Municipal de Futebol, na região central da cidade do litoral norte do Rio Grande do Sul. Os treinos de sábado, bem como as provas do domingo aconteceram sob um sol escaldante de mais de 43 graus dentro da pista. Mas nem esse fato fez com que mais de 130 pilotos disputassem palmo a palmo as curvas arenosas da pista praiana.

No domingo pela manhã, as categorias Feminina, 50 e Máster Nacional deram início aos trabalhos. Já a etapa final da Copa Verão de Motocross, a terceira da temporada. acontecerá neste domingo, 16 de fevereiro, em Imbé, no litoral norte gaúcho.

Joelma rumo ao primeiro título da temporada
Na feminina, Joelma Peruchi venceu a segunda prova na Copa Verão com Natália da Silva em Mariana Daltoé chegando em terceiro.

DSC01655

Cristian venceu a 50 em Cidreira
Pela 50, Cristian Eckardt que havia chegado em terceira na etapa de abertura, recuperou-se largando na frente e tendo em seu encalço o líder Garmichel Rodrigues. Aos poucos Cristian se isola na frente enquanto que Marlon Lazzaretti que ficou preso no gate vinha buscando terreno e ultrapassava Erick Vitorassi, o terceiro na largada. Cristian venceu seguido de Garmichel em segundo com Marlon em terceiro e Erick e Maicon Cavalheiro fechando o pódio.

IMG_6356

Alex é insuperável da Máster Nacional
Pela segunda vez a Nacional Máster foi vencida pelo piloto de Santo Antônio, Alex “Rapadura” dos Santos que teve no pódio Paulo Moraes de Capivari, os conterrâneos Rafael Pereira e Cláudio Tedy de S.S do Caí e Abimael Silveira de Parobé na quinta posição.

Ândri o venceu de ponta a ponta a MX2 Júnior
A MX2 Júnior teve um acidente na curva dois, dois pilotos ficaram no bolo, mas Ândrio Seben que fez o holeshote abriu vantagem. Nícolas Oliveira vai atrás do prejuízo e recupera a vice- liderança com Renato Freitas em terceiro e Vitor Gonçalves chegando em quarto e completando a classificação final.

Timm venceu a MX4 na etapa em que Karsburg retornou as pistas
Daniel Simon largou na ponta dividindo a curva um da MX4 com Eduardo Timm. Os dois trocam várias vezes de posição até o ritmo de Daniel resistir e Timm assumir de vez a liderança. Aos poucos Daniel vai perdendo terreno, mas fica no pódio em quinto lugar. Sílvio Ughini que largou em terceiro acabou em quarto após perder o duelo para Alexandre Karsburg, o quinta na volta inicial, ele que retornou as pistas após 16 anos sem disputar uma etapa de Motocross. O ‘Professor’ disse que veio pra ficar ainda mais com esse segundo lugar na prova. Sílvio, ainda perdeu uma posição para Alex dos Santos, o terceiro na etapa.

DSC01709

Baltazar vence a segunda prova consecutiva na 65
Na 65, na metade final da prova, o catarinense Olívio Olívio dos Santos (Que lidera também a copa de verão no estado vizinho), cai feio no salto do meio da pista, na mesma volta Diogo Zanco também erra e cai. Com a necessidade de socorro ao piloto Olívio, a direção apresentou bandeira vermelha (o que se deu duas voltas após) com isso Carlos Baltazar que vinha numa tocada esperta vence a prova, seguido de Pedro Magero, Eduardo Manuel, Cristian Eckard e Lucas Pacheco em quinto.

Willian Rocha confirma boa fase
Por sua vez a categoria Nacional Livre, teve duelos em todas as curvas da pista de Cidreira. Willian Rocha que largou no pelotão da frente, não subiu ao pódio. O duelo pela liderança ficou entre Dione Seco e Deivid Carradore terceiro e quarto na largada, mas que ultrapassaram Alex dos Santos no meio da prova e decidiram a etapa. Melhor para Seco o vitorioso seguido de Deivid, Alex dos Santos, Alexandre Otto que largara em 4º. Ainda tivemos Jaison Menegas em quinto, ele que já fazia parte do pelotão de ponta na largada.

Vitor vence e se credencia de vez ai título da 85
Na 85, o piloto de São Gerônimo Vitor Della Nina Gonçalves fez o holeshote seguido de Cristian Eckard, Carlos Baltazar, Olívio dos Santos. Na segunda volta Vitor abre vantagem e Carlos Baltazar assume a vice Liderança com Lucas Pacheco se unindo por pouco tempo ao grupo principal. Vitor vence de ponta a ponta seguido de Baltazar, Olívio, Willian Lima e Cristian.

IMG_6339

Intermediária com vitória de Cássio Anacleto
A primeira volta da Intermediária foi dominada por Leandro Ducho, seguido de Cássio Anacleto e Willian Saccon. Já na volta seguinte, Cássio aparece como novo líder e Ducho cai para 3º lugar atrás de Willian. O duelo era interessante entre os pilotos da frente que já contavam com o acompanhamento de Ândrio Seben, que já encostava em Ducho. Cássio se mantém a frente do pelotão até a quadriculada seguido de  Willian, Ândrio, Ducho e Nícolas Oliveira.

DSC01707

Guarda retorna com vitória na MX5
Na volta inicial da MX5, Sandro Guarda, Rochinha, Adão Costa e Gregório Führ se destacavam no pelotão da frente. Rochinha perde o foco e não sobe no pódio, o mesmo ocorre com Sérgio ‘Binho’ de Oliveira que chegou a estar em posição de destaque no meio da etapa. Guarda que havia alcançado a liderança na primeira volta, venceu e etapa praticamente de ponta a ponta. Carlos Freitas chegou em segundo após uma prova de recuperação, pois havia largado mal. Numa prova com muitas alternativas em que o primeiro pelotão no início não se manteve, o vencedor da abertura, Adilson Rodrigues ficou na terceira posição seguido de Joelma Peruchi e Marcos Sordi.

DSC01704

Na Nacional Estreantes Rocha leva a melhor
A Nacional Estreantes teve dois vencedores em duas etapas. Dione Seco que venceu a abertura, Willian Rocha foi o primeiro na segunda etapa. Ramon que fez o hole shote não manteve a boa tocada da largada, mas Willian que não largou bem, mas buscou muitas posições na volta inicial teve sucesso na segunda etapa. Dione Seco, que também largou mal, chegou na segunda colocação. Em seguida veio Gabriel Carvalho, Maxwell Godoi, e Jean Ferrari que formavam o pelotão principal.

IMG_6546

Saccon vence e bota fogo na MX2
Na MX2, Willian Saccon venceu de ponta a ponta deixando o duelo inicial pela vice liderança entre Ândrio Seben e Rafael Escobar. Melhor para Ândrio que ficou em segundo. Ainda tivemos Nícolas Oliveira e Alexandre Karsburg completando o pódio.

IMG_6455

Escobar venceu a Estreantes
A Estreantes Importadas teve o piloto de Sapucaia, Rafael Escobar vencendo o duelo contra o líder Marcelo Razzera, que havia vencido em Torres na abertura. Fernando Oliveira chegou em terceiro seguido de Eduardo Silva na quarta colocação e Jair Ribeiro completando a peça final do pódio.

As categorias MX1, 230 e MX3, não foram realizadas em Cidreira e serão disputadas em Imbé no domingo pela manhã. O motivo foi a utilização das ambulâncias da etapa num socorro no município e sem horário para seu retorno. Com isso a organização encerrou a etapa nessas condições.

Supervisão: FGM / Realização : Zanela Eventos / Apoio : Prefeitura de Cidreira

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly