AMA Supercross 2014 – 7ª Etapa – Arlington

Por Mariah Morgado | Fotos por GuyB | 17 de fevereiro de 2014 - 7:48

Arlinton, no Texas, recebeu neste sábado, 15 de fevereiro, a sétima etapa do AMA Supercross 2014, que foi marcada pela saída do campeonato do Estado da Califórnia e pelo começo do campeonato da categoria 250 Costa Leste. James Stewart da equipe oficial Yoshimura / Suzuki venceu pela segunda vez consecutiva nesta temporada. Adam Cianciarulo estreou no campeonato com uma vitória e a Monster / Pro Circuit / Kawasaki fez a festa no pódio da categoria 250.

Um dos momentos mais aguardados do sábado foi a decisão de Chad Reed iria correr mesmo ou não. Depois do grave acidente em San Diego, Chad postou que tinha três ossos quebrados, mas que estaria no gate em Arlington. Durante a semana a questão do retorno foi debatida e Reed alimentou mais o fervor postando fotos. Reed chegou ao Texas contra as opiniões médicas, e entrou na pista para os treinos. Mas seu ombro ainda não estava totalmente recuperado e estava visivelmente que ele estava poupando o ombro. A primeira notícia foi de que ele estaria pegando leve para evitar solavancos muito fortes para evitar agravar a lesão e não entraria na pista para a segunda sessão de treinos, para se poupar para a Heat. Mas a segunda sessão de treinos começou e lá estava o guerreiro. Infelizmente, Chad Reed deu duas voltas na pista e saiu. Mais tarde foi anunciado que a lesão tinha agravado e ele estava sentindo dores muito fortes e que não iria disputar a etapa. Ele foi levado ao hospital para mais exames e ainda não se tem mais notícias sobre a lesão, mas a TwoTwo anunciou que ele vai ficar fora do campeonato por pelo menos seis semanas. Noticia triste e decepcionante para Chad Reed (ele saiu da pista visivelmente abalado) e para os fãs, já que a situação anulou suas chances ao título.

Categoria 450

O Holeshot do Main Event foi de Ryan Dungey que fez uma de suas melhores corridas até agora. Dungey liderou o grupo pela primeira curva com James Stewart grudado em sua roda traseira e por dentro. Justin Barcia seguiu os dois na terceira posição, sendo perseguido de perto por Justin Brayton, Ken Roczen e Ryan Villopoto.

full_021614_450topten003_201149

Ryan Dungey

full_021614_450topten002_185363

James Stewart

Barcia se enrolou em um triplo e Brayton aproveitou para roubar a posição. Enquanto isso Stewart perseguia Dungey de perto durante as primeiras voltas e encontrou uma passagem na curva antes da linha de chegada e começou a terceira volta já na liderança. A partir dai ele nem olhou mais para trás.

Ken Roczen e Justin Barcia brigaram um bom tempo pela quarta posição. Roczen fez um block pass em Barcia, mas na curva seguinte Barcia contra-atacou. Os dois estavam muito próximos quando entraram no triplo e Barcia ultrapassou Roczen mandando um torto que levou a torcida ao delírio. Depois de se assegurar na posição, Barcia ultrapassou Brayton que até então estava mais tranquilo e sozinho.

full_021614_450topten004_78690

Ken Roczen e Justin Barcia

full_021614_450topten005_631475

Ken Roczen e Ryan Villopoto

A partir daí os seis primeiros pilotos se separaram do restante do grupo. Ryan Villopoto ficou em sexto pela metade da corrida antes de ultrapassar Roczen pela quinta posição. Brayton cometeu um erro voltas depois, permitindo que Roczen e Villopoto o passassem. Porém, Brayton conseguiu se reagrupar e recuperou a posição depois que Roczen se enrolou no último triplo em uma sessão de ritmo.

full_021614_450topten009_455751

Wil Hahn

full_021614_450topten010_275502

Joshua Hill

James Stewart fez uma corrida bem confortável, liderou 18 das vinte voltas, Dungey também, praticamente não foi desafiado pelo restante da corrida e Barcia conseguiu faturar seu primeiro pódio da temporada.

full_021614_450topten011_139742

Andrew Short

full_021614_450topten001_245750

Pódio da categoria 450 em Arlington

Classificados na Heat 1
1. James Stewart
2. Justin Barcia
3. Weston Peick
4. Ryan Dungey

 

Classificados na Heat 2
1. Ken Roczen
2. Ryan Villopoto
3. Josh Hill
4. Mike Alessi

 

Classificados na Semi 1
1. Will Hahn
2. Broc Tickle
3. Jimmy Albertson
4. Kyle Chisholm
5. Phil Nicoletti

 

Classificados na Semi 2
1. Justin Brayton
2. Andrew Short
3. Chris Blose
4. Teddy Parks
5. Eli Tomac

 

Classificados no LCQ
1. Justin Sipes
2. Matt Goerke
3. Nick Wey
4. Ivan Tedesco

Resultados do Main Event das 450 em Arlington
1.
James Stewart
2. Ryan Dungey
3. Justin Barcia
4. Ryan Villopoto
5. Justin Brayton
6. Ken Roczen
7. Broc Tickle
8. Will Hahn
9. Josh Hill
10. Andrew Short
11. Eli Tomac
12. Ivan Tedesco
13. Kyle Chisholm
14. Nick Wey
15. Matt Goerke
16. Justin Sipes
17. Chris Blose
18. Jimmy Albertson
19. Mike Alessi
20. Weston Peick

Classificação do Campeonato 450 2014 após sete etapas
1. Ryan Villopoto – 144 pontos (2 Vitórias)
2.
Ken Roczen – 132 (1 Vitória)
3. James Stewart – 130 (2 Vitórias)
4. Ryan Dungey – 116
5. Justin Brayton – 114
6. Chad Reed – 111 (2 Vitórias)
7. Justin Barcia – 109
8. Andrew Short – 83
9. Wil Hahn – 52
10. Broc Tickle – 63 pontos

Categoria 250 Costa Leste

A largada do Main Event da categoria 250 Costa Leste foi apertada, com Martin Davalos fazendo o holeshot seguido bem de perto pelo colega de equipe Adam Cianciarulo que foi a estrela do dia, durante os treinos da manhã e as Heat.

full_021614_250top10001_189447

Adam Cianciarulo

full_021614_250top10002_749444

Blake Baggett

Davalos liderou as primeiras voltas antes de que cair na mesma curva em que quase perdeu o holeshot. E Cianciarulo estava lá para assumir a liderança, mas ele ainda não podia relaxar. Seu outro colega de Monster / Pro Circuit / Kawasaki, Blake Baggett, estava bem atrás dele.

full_021614_250top10003_85153

Martin Davalos

full_021614_250top10004_474055

Vince Friese

O outro novato que também fez sua estreia ontem, Anthony Rodriguez, seguiu a dupla na terceira posição por umas voltas até que caiu na mesma curva que Davalos. O acidente foi sério e o piloto Yamalube / Star Racing / Yamaha se retirou da corrida. Gavin Faith assumiu a terceira posição por algumas voltas, mas também se retirou da corrida depois de um acidente.

full_021614_250top10005_366728

Justin Bogle

full_021614_250top10006_122555

Cole Thompson

Davalos se recuperou depois de cair duas vezes e depois de quebrar a viseira do capacete e subiu até a terceira posição, mantendo-se firme até a bandeirada final. Enquanto isso, Cianciarulo e Baggett se revezavam na liderança, levantando a torcida, até que Cianciarulo assumiu a posição definitivamente e faturou a primeira corrida de sua carreira profissional no Supercross. Com certeza, foi uma estreia fantástica, digna de AMA Supercross. O primeiro pódio da temporada da Costa Leste foi totalmente verde, com três pilotos Monster / Pro Circuit / Kawasaki, Baggett e Davalos completaram o pódio na segunda e terceira posição.

full_021614_250top10008_307049

Kyle Cunningham

full_021614_250top10009_608398

Alex Martin

Classificados na Heat 1
1. Adam Cianciarulo
2. Blake Baggett
3. Anthony Rodriguez
4. Matt Lemoine
5. Cole Thompson

6. Vince Friese

 

Classificados na Heat 2
1. Martin Davalos
2. Blake Wharton
3. Gavin Faith
4. Jimmy Decotis
5. Matt Bisceglia

6. Kyle Cunningham

 

Classificados no LCQ
1. Justin Bogle
2. AJ Catanzaro
3. Jackson Richardson
4. Jesse Wentland
5. Jace Owen

Resultados do Main Event da 250 Costa Leste em Arlington
1.
Adam Cianciarulo
2. Blake Baggett
3. Martin Davalos
4. Vince Friese
5. Justin Bogle
6. Cole Thompson
7. Blake Wharton
8. Kyle Cunningham
9. Alex Martin
10. Mitchell Oldenburg
11. Kyle Peters
12. Levi Kilbarger
13. AJ Catanzaro
14. Jesse Wentland
15. Jimmy Decotis
16. Gannon Audette
17. Jackson Richardson
18. Daniel Herrlein
19. Matt Bisceglia
20. Gavin Faith

Classificação do Campeonato 250 Costa Leste após uma etapa
1. Adam Cianciarulo – 25 pontos (1 Vitória)
2.
Blake Baggett – 22
3. Martin Davalos – 20 
4. Vince Friese – 18 
5. Justin Bogle – 16 
6. Cole Thompson – 15 
7.
Blake Wharton – 14 
8. Kyle Cunningham – 13 
9. Alex Martin – 12 
10. Mitchell Oldenburg – 11 pontos

Calendário do AMA Supercross 2014
Oitava Etapa – 22 de fevereiro – Atlanta / Geórgia – Georgia Dome
Nona Etapa – 1º de março – Indianápolis / Indiana – Lucas Oil Stadium
Décima Etapa – 8 de março – Daytona / Flórida – Daytona International Speedway
Décima Primeira Etapa – 15 de março – Detroit / Michigan – Ford Field
Décima Segunda Etapa – 22 de março – Toronto / Canadá – Rogers Centre
Décima Terceira Etapa – 29 de março – St.Louis / Missouri – Edward Jones Dome
Décima Quarta Etapa – 5 de abril – Houston / Texas – Reliant Stadium
Décima Quinta Etapa – 12 de abril – Seattle / Washington – Century Link Field
Décima Sexta Etapa – 26 de abril – East Rutherford / Nova Jersei – MetLife
Décima Sétima Etapa – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

 

Calendário do AMA Supercross 250 Costa Oeste 2014
Sétima Etapa – 5 de abril – Houston / Texas – Reliant Stadium
Oitava Etapa – 12 de abril – Seattle / Washington – Century Link Field
Nona Etapa – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

 

Calendário do AMA Supercross 250 Costa Leste 2014
Segunda Etapa – 22 de fevereiro – Atlanta / Geórgia – Georgia Dome
Terceira Etapa – 1º de março – Indianápolis / Indiana – Lucas Oil Stadium
Quarta Etapa – 8 de março – Daytona / Flórida – Daytona International Speedway
Quinta Etapa – 15 de março – Detroit / Michigan – Ford Field
Sexta Etapa – 22 de março – Toronto / Ontário – Canadá – Rogers Centre
Sétima Etapa – 29 de março – St.Louis / Missouri – Edward Jones Dome
Oitava Etapa – 26 de abril – East Rutherford / Nova Jérsei – MetLife Stadium
Nona Etapa – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

 

AMA Supercross Shootout 250 Oeste versus 250 Leste 2014
Etapa Única – 3 de maio – Las Vegas / Nevada – Sam Boyd Stadium

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly