Honda apresenta pilotos e equipes para temporada 2014

Por VipComm Comunicação | Fotos por Divulgação | 19 de fevereiro de 2014 - 14:56

A Honda apresentou nesta quarta-feira, 19 de fevereiro, em São Paulo, pilotos, equipes oficiais e satélites para 2014. No evento, que reuniu patrocinadores, a empresa revelou as estratégias de competições duas rodas para a nova temporada.

Neste ano, a fabricante será representada por 30 pilotos que disputarão provas em todo o Brasil, nas modalidades Motocross, Rali, Enduro e Motovelocidade. Além disso, a Honda patrocinará tradicionais e importantes competições, como o campeonato Brasileiro de Motocross, Arenacross, a etapa do Estado de Goiás do Mundial de Motocross MX1 e MX2, Copa EFX Honda, CACC Honda (Enduro Cross Country) e o SuperBike Series Brasil.

No Motocross, a Honda manterá o formato de gestão comandado pelo chefe de equipe Wellington Valadares, que no ano passado conquistou os títulos do campeonato Brasileiro de Motocross e do Arenacross. Com a permanência do português Paulo Alberto e do goiano Wellington Garcia, a grande novidade é a contratação do suíço Julien Bill, campeão Mundial na categoria MX3 em 2011. Quem completa a equipe é o paulista Hector Assunção, que está de volta ao time.

A dupla Maico Teixeira e José Luiz ‘Cachorrão’, que em 2013 garantiu a dobradinha para a Honda nos campeonatos Paulista e Brasileiro do SuperBike Series Brasil, representa novamente o time oficial da montadora na Motovelocidade.

Já no Rali, os pilotos oficiais querem manter os ótimos resultados em provas nacionais. Em recuperação após queda no Dakar, o mineiro Dário Júlio, que acumula a função de chefe de equipe, continua no time. O experiente Jean Azevedo, heptacampeão campeão brasileiro de Rally Cross Country, e Nielsen Bueno também estão confirmados. O estreante é Júlio César Zavatti, o Bissinho, de 27 anos.

Campeão do Rally dos Sertões 2012, Felipe Zanol retorna à Honda. O mineiro de 32 anos será consultor de rali e ainda gerenciará a Zanol Team, equipe satélite de Enduro com três pilotos, apoiada pela Honda.

Pelo quinto ano consecutivo, a Honda terá equipes satélites em diversas modalidades. No Motocross, representam o esquadrão vermelho a Vulcano / Ipiranga / IMS Racewear, a Dunas Team e a Escuderia X. Na Motovelocidade, a Alex Barros Racing, equipe de Alexandre Barros, ex-piloto da MotoGP, utilizará equipamento Honda nas categorias 250 e 600 cilindradas, no Moto 1000 GP. Além disso, os irmãos Ike e Guto Klaumann serão pilotos satélites no Rali.

De olho no futuro

Com objetivo de incentivar o esporte duas rodas no país, a Honda lança a Copa Honda CBR 500R no SuperBike Series Brasil. De baixo custo, ela tem o intuito de atrair novos pilotos e divulgar o modelo CBR 500R, recém-lançado no mercado. Ainda no campeonato, a empresa dá sequência à Honda Junior Cup, categoria-escola para crianças e adolescentes de 10 a 16 anos, com motos CG 150 Titan. Como no ano passado, a garotada terá aulas teóricas e práticas e será supervisionada por um tutor.

Já na Copa EFX Honda e CACC Honda, a Honda manterá o projeto CRF For Fun, que consiste em uma categoria infantil com o modelo CRF 110F.

Honda apresenta equipe para 2014

Honda apresenta equipe para 2014

Equipe Honda / Mobil de Motocross
#21 – Wellington Garcia – MX1
#902 – Julien Bill – MX1
#1 – Paulo Alberto – MX2
#30 – Hector Assunção – MX2

Equipe Honda / Mobil de Rali
#1 – Jean Azevedo – Super Production
#2 – Dário Júlio – Super Production
#35 – Nielsen Bueno – Super Production
#9 – Júlio César ‘Bissinho’ Zavatti – Production Aberta

Equipe Honda / Mobil de Motovelocidade
#51 – José Luiz Teixeira “Cachorrão” – SuperBike Pro
#36 – Maico Teixeira – SuperBike Pro

Equipes Satélites
Vulcano / Ipiranga / IMS
Dunas Team

Escuderia X
Alex Barros Racing
Zanol Team
Klaumann Team

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly