Série Perspectivas 2014 – Thales Vilardi

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 20 de fevereiro de 2014 - 16:09

Placa de 5 segundos no ar, largou…

Mundocross – Antes de falar de 2014, faça aí uma avaliação da tua temporada em 2013.

Thales Vilardi – 2013 foi uma temporada muito boa pra mim, claro que queria ser campeão, mas mesmo com o segundo lugar no Brasileiro de Motocross MX2 aprendi muito. Foi uma temporada que disputei bateria a bateria com o Paulo Alberto, porém alguns erros me deixaram um pouco longe do título. Foi um ano muito positivo também porque não sofri nenhuma lesão que me afastasse dos campeonatos, como aconteceu em 2012.

Mundocross – Você está participando, ou vai participar de alguma prova extra campeonato como parte de sua pré-temporada ?

Thales Vilardi – Eu participei de algumas provas no norte da California, me ajudaram a me preparar para a temporada aqui no Brasil. 

Mundocross – Quais os campeonatos Estaduais, Nacionais e Internacionais que pretende disputar em 2014, e em quais as categorias ?

Thales Vilardi – Com certeza, vou disputar o Brasileiro de Motocross, o Arena Cross, as etapas Brasileiras do Mundial de Motocross e Copa Minas Gerais de Motocross. Talvez não consiga acompanhar algum campeonato Estadual por completo, porque as vezes acabam tendo corridas nos dias dos campeonatos nacionais. Vou disputar todos na categoria MX2, e apenas a etapa do Mundial de Motocross que vou correr na MX1 por conta da idade, que é diferente do Brasileiro de Motocross.

Mundocross – Sobre a sua pré-temporada, o que já está fazendo e o que ainda pretende fazer para 2014 ?

Thales Vilardi – Foi uma pré-temporada muito boa, mais uma vez fui treinar com o Rodney Smith no norte da Califórnia.  O programa dele é muito bom e apostamos em treinos com moto, academia, bicicleta e corrida a pé. Tenho muito a agradecer a ele e a sua esposa Lori Smith por toda a ajuda.

1535020_10151943410612893_456254765_n

Mundocross – O que você achou do formato do calendário que a CBM criou para o campeonato de 2014, com etapas tendo algumas categorias e outras etapas tendo outras categorias em disputa ?

Thales Vilardi – Eu não gostei muito, penso que as categorias de base como a 65 e 85, tem que estar presentes em todas as etapas do Brasileiro de Motocross, porque esse contato dos mais novos com a gente e com o nível das pistas que corremos ajuda muito na evolução deles. Já que a maioria dos campeonatos Estaduais perderam força no Brasil.

Mundocross – Vai disputar as etapas do Mundial de Motocross no Brasil em Penha e Senador Canedo ?

Thales Vilardi – Sim, a minha equipe Yamaha / Grupo Geração/ Monster Energy disse que estarei presente.

Mundocross – Já faz algumas temporadas que não se tem campeonato Brasileiro de Supercross. O que você acha sobre isto ? Gostaria que tivesse um Brasileiro de Supercross ? Se sim, relate aqui sua opinião sobre qual formato de competição, de pistas e quantas etapas deve ter este campeonato ?

Thales Vilardi – Eu sinto falta do Brasileiro de Supercross, os dois anos que disputei o Supercross em 2007 e 2008 evolui bastante na modalidade. Acho que se repetir os campeonatos de 2007 e 2008 seria perfeito, só aumentando o número de etapas, pois quanto mais etapas melhor.

Mundocross – Com qual equipe e patrocínios e apoios que você já tem fechado para a temporada 2014 ?

Thales Vilardi – Para 2014 fechei com a equipe Yamaha / Grupo Geração/ Monster Energy que tem patrocínio Yamaha / Grupo Geração/ Monster Energy / Pirelli / Yamalube / ASW / Rock Parts / DRC Hard Were e Zeta. E meus apoiadores pessoais são Subs / RSMX31 / GoPro / Fitness by Lori e Muscle Milk.

1969249_10152047782012893_1100819289_n

Mundocross – Quem será seu mecânico e o seu preparador em 2014 ?

Thales Vilardi – Mecânico vou continuar com meu pai, que me ajuda desde que comecei no Motocross. E meu preparador este ano será o Marcos Negretti. Devo muito a ele que vem me ajudando.

Mundocross – Agora a palavra e o espaço são todos seus.

Thales Vilardi – Primeirente quero agradecer ao Mundocross pelo espaço mais uma vez, minha equipe Yamaha / Geração / Monster Energy por acreditar no meu trabalho esse ano, minha família, todos meus amigos e todos que torcem por mim. Conto com a torcida de vocês para mais esse ano.

Perfil do piloto Thales Vilardi :
Nome completo : Thales Vilardi Felix da Silva
Data de nascimento : 27 de setembro de 1990
Cidade onde nasceu : São Paulo – SP.
Cidade onde mora : São Paulo – SP.
Apelido : Chicken
Moto atual : YZ 250F
Número que vai usar na moto em 2014 : #27
Principal título : Campeão Brasileiro MXJR 2008 / Vice Campeão Brasileiro MX2 2013
Ídolo no Motocross Nacional : Antonio Jorge Balbi Jr.
Ídolo no Motocross Internacional : Rodney Smith
Pista favorita no São Paulo : Biritiba Mirim
Pista favorita no Brasil : Aracaju – SE.
Comida favorita : Macarrão
Bebida favorita : Monster Energy
Comida nos dias de corridas : Arroz e frango
Bebida nas corridas : Água
Tipo de filme favorito : Suspense
Programa de TV favorito : Todos sobre Motocross
Lazer preferido : Surf
Esporte preferido fora o Motocross : Ciclismo
E-mail : [email protected]
Twitter : @thalesvilardi
Face : Thales Vilardi
Instagram: @thalesvilardi

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly