Curiosidades do AMA Supercross em Atlanta

Por Mariah Morgado | 21 de fevereiro de 2014 - 10:47

Curiosidades da categoria 450 em Atlanta

A primeira corrida aconteceu no dia 05 de Março de 1977 e Bob Hannah venceu com a Yamaha. Esta será a 36ª vez que o gate vai cair para uma corrida da categoria 450SX em Atlanta. A primeira vitória da Yamaha foi em Atlanta.

O piloto da Yamaha, Damon Bradshaw venceu a última corrida da categoria 450SX no Fulton County Stadium em 1992. No ano seguinte, Bradshaw venceu a primeira corrida da categoria no Georgia Dome. Ele se tornou o primeiro piloto da história a vencer três corridas consecutivas em Atlanta. Jeremy McGrath e Ricky Carmichael vieram em seguida.

Em 2012, Ryan Dungey deu a primeira vitória da KTM na categoria 450SX em Atlanta e a segunda vitória da fábrica na categoria. Em sua 17ª largada da carreira na categoria 450SX, Davi Millsaps conquistou a primeira vitória de sua carreira a bordo de uma Honda no AMA Supercross de 2008 em Atlanta.

James Stewart pode empatar com Ricky Carmichael na segunda posição na lista do número de vitórias na categoria 450SX, com um total de 48 vitórias caso vença neste final de semana.

Número de vitórias por marca na 450 em Atlanta

(Marca – Número de vitórias – Ano da última vitória)

Yamaha – 11 vitórias – 2009

Honda – 10 vitórias – 2008

Kawasaki – 7 vitórias – 2011

Suzuki – 6 vitórias – 2013

KTM – 1 vitória – 2012

Vencedores novatos na categoria 450 em Atlanta

Bob Hannah – 1997

Chuck Sun – 1980

Jeff Stanton – 1989

Damon Huffman – 1997

Davi Millsaps – 2008

Vencedores nas duas categorias em Atlanta

Damon Bradshaw

Ricky Carmichael

Chad Reed

James Stewart

Ryan Dungey

Recapitulando a categoria 450 em Dallas

James Stewart conquistou a 47ª vitória de sua carreira na categoria 450SX, foi a 94ª vitória de sua carreira no AMA. Ele é o primeiro piloto a vencer duas corridas consecutivas nesta temporada.

Apenas três pilotos ativos venceram duas corridas nesta temporada: Villopoto, Reed e Stewart.

As vitórias de Stewart em San Diego e Arlington lhe deram suas primeiras vitórias consecutivas desde St. Louis e Seattle em 2011. Foi a primeira vitória consecutiva da Suzuki desde Ryan Dungey em Phoenix e Anaheim 2 em 2010.

Justin Barcia conquistou seu primeiro pódio da temporada, ficando em terceiro lugar. Foi seu quarto top 5 em sete etapas.

Ryan Dungey terminou em segundo, marcando seu terceiro pódio e quinto top 5 em sete etapas.

Ryan Villopoto conquistou seu sétimo top 5 da temporada. Ele é o único piloto a terminar dentro do top 5 em cada corrida. Pela primeira vez desde a 2ª e 4ª etapa de 2012, ele agora tem três largadas sem uma vitória.

Justin Brayton conquistou seu quarto top 5 da temporada. Foi sua sétima vez entre o top 10.

Ken Roczen conquistou um sexto lugar, foi seu sétimo top 10 da temporada.

Andrew Short, Ryan Villopoto, Ken Roczen e Justin Brayton estiveram dentro do top 10 em toda etapa.

A 45ª vitória de Stewart na categoria 450SX veio no ano passado em Atlanta.

Curiosidades da categoria 250SX em Atlanta

A primeira corrida aconteceu no dia 23 de Fevereiro de 1985 e Eddie Warren venceu com a Kawasaki. Esta será a 28ª vez que o gate vai cair para uma corrida da categoria 250SX em Atlanta. A KTM nunca venceu uma corrida da categoria em Atlanta. A Yamaha venceu cinco corridas consecutivas, de 1999 a 2003, em Atlanta.

Vencedores novatos na categoria 450 em Atlanta

Eddie Warren – 1985

Keith Turpin – 1986

Denny Stephenson – 1990

Doung Henry – 1993

John Dowd – 1996

Ricky Carmichael – 1007

Josh Grant – 2006

Ryan Dungey – 2007

Trey Canard – 2008

Dean Wilson – 2011

Wil Hahn – 2013

Número de vitórias por marca na 450 em Atlanta

(Marca – Número de vitórias – Ano da última vitória)

Kawasaki – 8 vitórias – 2010

Honda – 8 vitórias – 2013

Yamaha – 7 vitórias – 2003

Suzuki – 4 vitórias – 2007

Recapitulando a categoria 250SX em Dallas

Adam Cianciarulo conquistou a primeira vitória de sua carreira em sua primeira largada no campeonato.

A equipe Monster Energy/Pro Circuit/Kawasaki dominou o pódio com Cianciarulo, Blake Baggett e Martin Davalos terminando nas três primeiras posições, respectivamente. A última vez que isso aconteceu foi em 2007 com RV, Christophe Pourcel e Christopher Gosselaar.

Depois de fazer cinco largadas na categoria 450SX na costa oeste, Vince Friese conquistou uma quarta posição na primeira corrida do campeonato 250SX Costa Leste.

Oito pilotos diferentes venceram as estreias de suas carreiras profissionais: Trey Canard, Bem Townley, Chad Reed, Ernesto Fonseca, Brian Swink, Damon Bradshaw, Donnie Schmit, Eddie Warren e Bobby Moore.

Número de voltas lideradas na categoria 450 na temporada 2014

James Stewart – 49

Ryan Villopoto – 35

Chad Reed – 23

Justin Brayton – 13

Ken Roczen  – 12

Ryan Dungey – 8

Número de voltas lideradas na categoria 250 na temporada 2014

Cole Seely – 52

Justin Hill – 20

Adam Cianciarulo – 12

Dean Wilson – 12

Jason Anderson – 6

Martin Davalos – 3

Prêmio Holeshow da categoria 450 em 2014

Anaheim 1- Ryan Villopoto

Phoenix – Matt Moss

Anaheim 2 – Ryan Dungey

Oakland – Vince Friese

Anaheim 3 – James Stewart

San Diego – Andrew Short

Arlington – Ryan Dungey

Prêmio Holeshow da categoria 250 em 2014

Anaheim 1- Jason Anderson

Phoenix – Cooper Webb

Anaheim 2 – Cooper Webb

Oakland – Dean Wilson

Anaheim 3 – Cole Seely

San Diego – Dakota Tedder

Arlington – Adam Cianciarulo

Volta mais rápida na classificatória da categoria 450 em 2014

Anaheim 1- Justin Barcia

Phoenix – Ryan Villopoto

Anaheim 2 – Justin Brayton

Oakland – Ryan Villopoto

Anaheim 3 – Ryan Villopoto

San Diego – James Stewart

Arlington – Ken Roczen

Volta mais rápida na classificatória da categoria 250 em 2014

Anaheim 1- Dean Wilson

Phoenix – Jason Anderson

Anaheim 2 – Jason Anderson

Oakland – Dean Wilson

Anaheim 3 – Dean WIlson

San Diego – Jason Anderson

Arlington – Martin Davalos

AMA-logo2

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly