Série Perspectivas 2014 – Marçal Müller

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 21 de fevereiro de 2014 - 20:00

Placa de 5 segundos no ar, largou…

Mundocross – Faz aí uma avaliação do que rolou na tua temporada 2013. Os pontos que você acha que cresceu no seu nível de pilotagem e também os pontos que tem para corrigir para 2014.

Marçal Müller – O 2013 para mim iniciou complicado, pois estava voltando de uma lesão LCA séria, e isto atrapalhou bastante minha pré-temporada, assim tendo resultados não tão positivos nas primeiras etapas. Aos poucos as dores iam diminuindo eu conseguia ter mais confiança em meu joelho conseguindo treinar mais e ganhar preparo e velocidade. Logo começou a virem resultados nas corridas. A primeira corrida de 2013 que veio resultado positivo foi em Sorriso com um quinto lugar, e logo seguido de um terceiro lugar em Sergipe.

Depois disso fui mantendo um nível médio de resultados entre os cinco primeiros até minha última corrida de 2013 que foi em um Arenacross em Recife, onde nos treinos cronometrados machuquei meu joelho novamente, mas mesmo assim fui para corrida com dores e fiz minha melhor corrida do Arenacross, liderando até faltar duas voltas e acabei em segundo. Para 2014 estou tentando trabalhar preparo físico e velocidade onde acredito que com minha pré-temporada deste ano já estou melhor que ano passado.

Mundocross – Em 2012 você foi o piloto brasileiro que teve o maior destaque na equipe Brasileira do Motocross das Nações. O que houve que em 2013 você não fez parte do time brasileiro no Motocross das Nações ?

Marçal Müller – Primeiramente queria agradecer novamente o Sr. Manuel Carlos Hermano, o ‘Cacau’, por ter me convocado em 2012 para o MXoN, por ter sido a minha melhor experiência dentro deste esporte. Falar de MXoN é difícil, pois tem muita burocracia por trás, onde não cabe a mim relatar. Sorte que temos pessoas no Brasil como o ‘Cacau’, apaixonado pelo esporte onde não admite o país ficar de fora da Copa do Mundo de Motocross, e levou nas costas o time brasileiro para esta competição. Por isso admiro sua vontade de ajudar o esporte sem ganhar nada em troca. Em 2013 ele me convidou novamente, mas como já comentei antes, eu não estava muito seguro com meu joelho, e acabei recusando o convite.

Mundocross – Quais os campeonatos Estaduais, Nacionais que irá disputar em 2014, e em quais as categorias ?

Marçal Müller – Irei participar do campeonato Gaúcho de Motocross nas categorias MX2 e MX Pró, onde na minha opinião em todos os aspectos é o melhor campeonato Estadual do Brasil. Irei fazer também o Arenacross na categoria MX2, e por motivos de patrocínio/custos sobre minha própria equipe, a ‘544 Motorsports’,  não irei participar do campeonato Brasileiro de Motocross este ano.

Mundocross – O que você fez na sua pré-temporada visando a abertura do Arenacross, e o que ainda irá fazer focando o Brasileiro de Motocross 2014 ?

Marçal Müller – Bom, como comentei anteriormente não irei fazer o campeonato Brasileiro, então estou desde o inicio de janeiro treinando 100%  para o Arenacross, onde estou muito confiante e preparado para a abertura neste sábado em Blumenau, Santa Catarina.

992931_4469794321395_241576923_n

Marçal Müller

Mundocross – O que você achou do formato do calendário que a CBM criou para o campeonato de 2014, com etapas tendo algumas categorias e outras etapas tendo outras categorias em disputa, sendo que as categorias Feminina, 230 e MX4 terão somente uma rodada na etapa final ?

Marçal Müller – Acho um pouco confuso, pois isto deixa as etapas distantes umas das outras para certas categorias. Mas se for para abraçar mais categorias, mais pilotos, e mais prestigio ao campeonato, acho válido.

Mundocross – Qual a corrida que você competiu em 2013 que achou mais emocionante em termos de disputas e prazer em competir ?

Marçal Müller – Meu 2013 teve três corridas que gostei muito de andar e tive resultados bons. As etapas do Brasileiro de Motocross em Sergipe e São José onde fiz dois terceiro lugar, e no Arenacross, que foi a última etapa que andei em Recife, onde fiquei em segundo lugar depois de liderar a prova.

Mundocross – Você pretende disputar as etapas do Mundial de Motocross que terão no Brasil em Santa Catarina e em Goiás ?

Marçal Müller – Não irei participar.

Mundocross – Com qual equipe e patrocínios e apoios que você já tem fechado para a temporada 2014 ?

Marçal Müller – Como este ano fechei para andar satélite pela Yamaha / Geração, montei minha própria equipe, que é a ‘544 Motorsports’, onde contamos com o patrocínio da Yamaha Geração / ASW / Geramotos / Moto Style / Pro Race / Pirelli e Yamalube.

1380287_4870255372671_2076942317_n

Marçal Müller

Mundocross – Quem será teu mecânico e preparador para este temporada ?

Marçal Müller – Continuo com o mesmo mecânico/preparador de muitos anos, o Elton Rohden.

Mundocross – Agora a palavra e o espaço são todos seus.

Marçal Müller – Quero agradecer todo apoio que tive final do ano passado quando machuquei o joelho novamente, onde optei por não fazer de novo a cirurgia do LCA, onde ate hoje estou treinando normalmente mesmo com ele (ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo) não estando 100%, mas se eu tivesse optado por operar eu iria comprometer meu ano de 2014, pois a recuperação da cirurgia demora normalmente seis meses. Então a vontade de vencer esta maior do que qualquer coisa rsrsrs.

Quero dizer para todos que curtem o meu Motocross, que estou contando com o apoio e torcida de vocês para mais um ano, ainda mais este ano que vou estar competindo por provas mais perto de minha torcida, no campeonato Gaúcho de Motocross. Quero agradecer minha família e namorada por sempre me apoiarem em tudo que faço, e agradecer também ao Mundocross por fazer este ótimo trabalho e dar espaço aos pilotos. Muito obrigado a todos !!! #go544

Perfil do piloto Marçal Müller :

Nome completo : Marçal Müller
Data de nascimento : 12 de novembro de 1992
Cidade onde nasceu : Novo Hamburgo – RS.
Cidade onde mora : Nova Hartz – RS.
Apelido : ‘Massa’ ou ‘Müller’
Moto atual : YZ250F

Número que vai usar na moto em 2014 : 544
Principal título : Campeão Brasileiro MX Júnior 2010
Ídolo no Motocross Nacional : Marco Müller e Milton Becker
Ídolo no Motocross Internacional : Chad Reed
Pista favorita no Rio Grande do Sul : CT Müller Racing
Pista favorita no Brasil : CT Yamaha / Geração
Comida favorita : Japonesa
Bebida favorita : Sucos
Comida nos dias de corridas : Massa
Bebida nas corridas : Água

Tipo de filme favorito : Comédia & Ação

Programa de TV favorito : Comédia & Ação
Lazer preferido : Pedalar
Esporte preferido fora o Motocross : Jet ski
Instagram : @marcalmuller544

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly