Série Perspectivas 2014 – Jean Ramos

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 24 de fevereiro de 2014 - 21:20

Placa de 5 segundos no ar, largou…

Mundocross – Antes de falar de 2014, faça aí uma avaliação do que rolou na tua temporada 2013.

Jean Ramos – 2013 foi um ano produtivo, onde tive bons resultados no AMA Supercross 250 Costa Oeste e vinha batalhando pelo titulo no Brasileiro de Motocross, mas falhas mecânicas e irregularidade estavam me custando preciosos pontos. Depois acabei quebrando o ombro e perdendo várias etapas do Arenacross e do Brasileiro de Motocross. Estava me sentindo bem, rápido e agora é trabalhar nessas falhas para a temporada 2014.

Mundocross – Quais os campeonatos Estaduais, Nacionais e Internacional que pretende disputar em 2014, e em quais as categorias ?

Jean Ramos – Vou participar dos campeonatos Brasileiro de Motocross MX1, Arenacross categoria Pró, Mundial de Motocross MX1 e Copa Minas de Motocross.

Mundocross – Sobre a sua pré-temporada, o que já está fazendo e o que ainda pretende fazer para 2014 ?

Jean Ramos – Minha pré-temporada foi bem puxada. Treinei bastante com o Julien Bill e o Hector Assunção. Acho que fizemos um bom trabalho. Agora é ver onde precisamos melhorar ao decorrer dos campeonatos.

Mundocross – O que você achou do formato do calendário que a CBM criou para o campeonato de 2014, com etapas tendo algumas categorias e outras etapas tendo outras categorias em disputa, sendo que as categorias Feminina e MX4 terão somente rodada na etapa final ?

Jean Ramos – Eu acho que a CBM esta querendo abraçar o mundo. Assim não funciona. Com certeza temos que ter todas essas categorias, mas com um campeonato organizado, divulgado e com mais de uma etapa em algumas categorias.

Mundocross – Você irá disputar as etapas do Mundial de Motocross no Brasil, em Penha, em Santa Catarina e Senador Canedo, em Goiás ?

Jean Ramos – Sim, sempre é bom ter o contato com os pilotos de fora e analisar onde precisamos melhorar.

1798710_710203895667024_1740675466_n

Mundocross – Já faz algumas temporadas que não se tem campeonato Brasileiro de Supercross. O que você acha sobre isto ? Gostaria que tivesse um Brasileiro de Supercross ? Se sim, relate aqui sua opinião sobre qual formato de competição, de pistas e quantas etapas deve ter este campeonato ?

Jean Ramos – Com certeza o campeonato Brasileiro de Supercross faz muita falta. Precisamos voltar e criar um bom campeonato. Já temos poucas etapas dos campeonatos nacionais e com certeza agregaria muito a todos.

Mundocross – Com qual equipe e patrocínios e apoios que você já tem fechado para a temporada 2014 ?

Jean Ramos – Irei disputar a temporada 2014 pela equipe semi-oficial IMS Racewear / Honda / Ipiranga / Levorin / Vulcano Team.

Mundocross – Nesta temporada você vai competir em todas etapas do Arenacross no Brasil ?

Jean Ramos – Sim.

ax14honda18_ic_22022014_0387-39

Mundocross – Agora a palavra e o espaço são todo seus.

Jean Ramos – Queria agradecer a todos os meus fãs e patrocinadores por acreditar e sempre me apoiar e espero retribuir com boas disputas durante o ano.

Perfil do piloto Jean Ramos :

Nome completo : Jean Carlo Ramos
Data de nascimento : 28 de fevereiro de 1989
Cidade onde nasceu : Curitiba – SP.
Cidade onde mora : Indaiatuba – SP.
Moto atual : Honda CRF 450
Principal título : Campeão Latino Americano de Motocross MX2
Ídolo no Motocross Nacional : Eduardo Saçaki
Ídolo no Motocross Internacional : Ryan Villopoto
Pista favorita no Paraná : Cianorte
Pista favorita no Brasil : Canelinha – SC.
Comida favorita : Massas
Bebida favorita : Sucos
Comida nos dias de corridas : Massa
Bebida nas corridas : Gatorade

Tipo de filme favorito : Ação e comédia

Programa de TV favorito : Seriados
Lazer preferido : Relaxar
Esporte preferido fora o Motocross : Snow boarding
E-mail : [email protected]

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly