Série Perspectivas 2014 – Otávio Pelegrino

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 26 de fevereiro de 2014 - 22:19

Placa de 5 segundos no ar, largou…

Mundocross – Antes de falar de 2014, faça aí uma avaliação do que rolou na tua temporada 2013.

Otávio Pelegrino – Minha temporada de 2013 foi muito boa, creio que a minha melhor até agora. Logo no começo do ano fui selecionado para o Reality Show da IMS Racing, onde fizemos uma série de testes e me deu um grande destaque de mídia. Após isso começaram os campeonatos, e meu foco foi a Copa São Paulo de Motocross na categoria MX2 Amador, onde consegui ser campeão.

Mundocross – Você está participando, ou vai participar de algum campeonato de Verão, ou prova (s) extra campeonato como parte de sua pré-temporada ?

Otávio Pelegrino – Estou participando da Copa Verão IMS Racewear de Motocross na categoria Intermediária Open, que funciona em um formato de três etapas, com a última valendo pontuação dobrada. Venci a etapa de abertura, mas cometi erros graves na segunda rodada, que finalizei na sexta posição, com vitória de Enzo Lopes. Ocupo agora a segunda colocação no campeonato 2 pontos atrás do primeiro, mas ainda disputarei a final que vai ser aqui na minha pista.

Mundocross – Quais os campeonatos Estaduais e Nacionais que pretende disputar em 2014, e em quais as categorias ?

Otávio Pelegrino – Nesse ano de 2014, estou pretendendo disputar a Copa São Paulo de Motocross e a de Velocross também, o Interestadual de Motocross, a Copa Minas de Motocross, e as etapas mais próximas do Brasileiro de Motocross e do Arenacross. Sendo que nos Estaduais eu pretendo disputar nas categorias Intermediária e MX2, já no Brasileiro de Motocross e no Arenacross na MX2.

1514527_577106375698181_971773801_n

Otávio Pelegrino

Mundocross – Sobre a sua pré-temporada, o que já está fazendo e o que ainda pretende fazer para 2014 ?

Otávio Pelegrino – Essa pré-temporada tem sido muito legal, e muito proveitosa, pois estou fazendo junto com o Humberto Martín, o ‘Machito’, que tem me treinado e me ajudado muito. Mas fora esse trabalho com a moto, também estou fazendo em um stúdio uma série de treinamento funcional específico para Motocross. Isso fora as corridas e a bike.

Mundocross – O que você achou do formato do calendário que a CBM criou para o campeonato de 2014, com etapas tendo algumas categorias e outras etapas tendo outras categorias em disputa, sendo que as categorias Feminina e MX4 terão somente rodada na etapa final ?

Otávio Pelegrino – Sobre o calendário 2014 da CBM, eu particularmente não gostei nada, pois creio que não se pode ter o título de campeão Brasileiro de Motocross definido em apenas uma etapa, e isso para três categorias. Na minha opinião, acho que o campeonato Brasileiro deveria sim ter etapas da 50, 65, 230, MX4 e MXF reduzidas, mas não ao extremo como foi feito com três delas. Para ser um campeonato de nível nacional, teria de ser disputado em pelo menos quatro etapas.

Mundocross – Quais as suas metas e aspirações no Motocross?

Otávio Pelegrino – Como sabemos que o Motocross é um esporte muito difícil, ainda mais no Brasil, onde é muito pouco valorizado, acho que nossos sonhos diante disso são bem mais simples. No Motocross as minhas metas são tentar ser campeão de todos os campeonatos que eu fizer inteiro, subindo de categoria ano após ano, e de conseguir patrocínios suficientes para conseguir pelo menos me manter no esporte, sem ter que tirar dinheiro do meu bolso.

Cópia de 1377095800_10

Otávio Pelegrino

Mundocross – Já faz algumas temporadas que não se tem campeonato Brasileiro de Supercross. O que você acha sobre isto ? Gostaria que tivesse um Brasileiro de Supercross ? Se sim, relate aqui sua opinião sobre qual formato de competição, de pistas e quantas etapas deve ter este campeonato ?

Otávio Pelegrino – O Brasileiro de Supercross foi extinto, mas na minha opinião, após isso acontecer, o Arenacross ganhou muita força e de certa forma tomou o lugar do Brasileiro de Supercross. Por isso acho que não devia ser retomado o Brasileiro de Supercross, e sim reformulado o Arenacross, com pistas um pouco maiores e mais bem feitas, mais categorias e mais vagas.

Mundocross – Com qual equipe e patrocínios e apoios que você já tem fechado para a temporada 2014 ?

Otávio Pelegrino – Ainda não concretizei todos os patrocínios para esse ano, pois ainda tem muita conversa em andamento. Mas que já estou fechado é com: Pista do Alemão Motocross / Utra MX / Betão Preparações / Gaia MX / Marcos Negretti Preparações / R Sette Academia / Dedel Motos / Borracharia Estilo / Extreme Racing e Cross Racing.

Mundocross – Você é um dos donos de uma pista que recebe pilotos de renome no esporte, como Ramon Sacilotti, a pista do Alemão. Sabemos que manter uma pista de Motocross não é fácil. Como que você e seus companheiros fazem para manter o formato da pista sempre atualizada ? Vocês seguem algum padrão ou modelo gringo ? Como é o esquema de vocês para custear a pista ?

Otávio Pelegrino – A Pista do Alemão Motocross já é um centro de treinamento de renome, por isso temos uma vasta clientela de pilotos que comparecem todo fim de semana para treinar. Nós sempre a modificamos e inovamos com bastante frequência, para que sempre tenha alguma novidade. O padrão da pista é baseado no nível dos pilotos que a freqüentam, por isso nunca podemos deixar a pista muito difícil, nem muito fácil.

Mundocross – Agora a palavra e o espaço são todo seus.

Otávio Pelegrino – Primeiramente queria agradecer ao pessoal do Mundocross por ceder esse espaço a mim e aos outros pilotos para contar um pouquinho de nós e do nosso trabalho. Agradecer a todos os meus patrocinadores e apoiadores que estarão juntos comigo esse ano, e ao pessoal que torce por mim. Valeu galera, espero que esse ano seja de muito sucesso para o Motocross em geral.

Perfil do piloto Otávio Pelegrino

Nome completo : Otávio Pelegrino Chicaroni
Data de nascimento : 9 de março de 1995
Cidade onde nasceu : Atibaia – SP.
Cidade onde mora : Atibaia – SP.
Apelido : Tatá
Moto atual : CRF 250

Número que vai usar na moto em 2014 : 513
Principal título : Campeão da Copa SP de Motocross na MX2 Amador
Ídolo no Motocross Nacional : Marcelo ‘Ratinho’ Lima
Ídolo no Motocross Internacional : Travis Pastrana e Ricky Carmichael
Pista favorita em Minas Gerais : Itajubá
Pista favorita no Brasil : Pista do Alemão Motocross
Comida favorita : Strogonoff
Bebida favorita : Guaraviton
Comida nos dias de corridas : Macarrão a bolonhesa
Bebida nas corridas : Gatorade, água e energético

Tipo de filme favorito : Ação

Programa de TV favorito : Pânico na TV, NBA, Mundial de Motocross
Lazer preferido : Sair com os amigos
Esporte preferido fora o Motocross : BMX Street, Skate e Wake
E-mail : [email protected]

Twitter : [email protected]
Face : facebook.com/otavio.pelegrino
Site : facebook.com/otaviopelegrino513

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly