Mundial de Motocross 2014 – 1ª Etapa – Losail

Por Mariah Morgado | Fotos por Divulgação | 04 de Março de 2014 - 7:34

Começando a temporada em um estilo espetacular com um programa noturno de tirar o fôlego, a etapa de abertura do campeonato Mundial de Motocross em Losail, no Qatar, não deixou de impressionar. Se a corrida do último sábado, 1º de março, for um sinal das coisas que virão em 2014, nós estamos diante de uma temporada rústica com Gautier Paulin da equipe Monster / Kawasaki Racing venceu o geral na categoria MXGP, ficando na frente do vencedor da primeira corrida, Max Nagl, da equipe HRC e do atual campeão Mundial Antonio Cairoli da Red Bull / KTM Factory Racing.

Na MX2, o atual campeão Mundial, Jeffrey Herlings da Red Bull / KTM Factory Racing faturou a primeira vitória da temporada no geral, ficando na frente de um dos vencedores de uma das baterias, para a surpresa de todos, Dylan Ferrandis da CLS / Kawasaki / Monstery e Romain Febvre da equipe Wilvo / Nestaan / Husqvarna Factory Racing.

Categoria MXGP

Durante toda a tarde Gautier Paulin parecia suave e agressivo. Na primeira corrida, o francês largou entre os cinco primeiros e tratou de trabalhar, ultrapassando Evgeny Bobryshev da equipe HRC e Kevin Strijbos da Rockstar / Suzuki World, melhor classificado nos treinos classificatórios, logo no início da corrida. Enquanto o objetivo teria sido perseguir o líder, Max Nagl, Paulin se encontrou brigando com Antonio Cairoli, que depois o ultrapassou e ocupou a segunda posição. Depois de um terceiro lugar na primeira corrida, Paulin acendeu todos os cilindros na segunda corrida quando ele e seu colega de equipe, Steven Frossard assumiram o controle da corrida na primeira volta. Depois de uma breve rodada de gato e rato com seu compatriota, Paulin conseguiu assumir a liderança e liderou todas as voltas desde a largada até a chegada para afirmar a vitória da primeira etapa do Mundial desta temporada.

MXGPstart_MXGP_1_QAT_2014

Frossard_MXGP_1_QAT_2014

Max Nagl faturou uma para os supostos perdedores na primeira bateria quando ele acelerou tudo e ultrapassou Kevin Strijbos ainda na primeira volta. Daí em diante, a estrela alemã andou suave e solidamente na frente, faturando a vitória da primeira corrida da temporada. Com uma vitória na primeira bateria e um quarto lugar na segunda, Nagl assegurou a segunda posição no geral em Losail.

Cairoli_MXGP_1_QAT_2014

Desalle_MXGP_1_QAT_2014

Antonio Cairoli faturou dois pódios consistentes e ficou em terceiro no geral da primeira etapa. Embora o atual campeão gostaria de estar no primeiro degrau do pódio, no quadro geral, seu resultado não foi tão ruim. “Eu fiz duas boas baterias hoje e estou muito feliz com isso. Eu sei que não estou em uma forma tão boa no momento, mas não está tão ruim e eu quero estar bem no final da temporada”.

Nagl_MXGP_1_QAT_2014_0

Philippaerts_MXGP_1_QAT_2014

Steven Frossard fez um sólido retorno ao pelotão da frente na categoria. Enquanto a certeza da velocidade de Frossard estava lançada no ar, logo o francês silenciou todos os seus críticos quando ele teve um resultado notável, mesmo ficando de fora do pódio por dois pontos depois de seus quarto e segundo lugares.

Jeremy Van Horebeek da equipe Yamaha Factory Racing completou o top 5 da noite com duas finalizações na quinta posição.

Paulin_MXGP_1_QAT_2014

MXGPpodium_MXGP_1_QAT_2014

O campeão Mundial MX2 2008, Tyla Rattray da equipe Red Bull / IceOne / Husqvarna Factory Racing foi forçado a se retirar do programa da noite devido a uma lesão que teve durante a pré-temporada. O ex-campeão sul-africano voltou para a Bélgica para passar por uma operação no dedo e espera retornar em Arco Di Trento, Itália, no dia 13 de abril.

Resultados da primeira corrida da categoria MXGP: 
1. Maximilian Nagl (GER / Honda) 34:57.925
2. Antonio Cairoli (ITA / KTM) +0:01.942
3. Gautier Paulin (FRA / Kawasaki) +0:07.827
4. Steven Frossard (FRA / Kawasaki) +0:15.643
5. Jeremy Van Horebeek (BEL / Yamaha) +0:26.612
6. Tommy Searle (GBR / Kawasaki) +0:31.196
7. Kevin Strijbos (BEL / Suzuki) +0:33.585
8. Evgeny Bobryshev (RUS / Honda) +0:34.386
9. Clement Desalle (BEL / Suzuki) +0:34.597
10. Joel Roelants (BEL / Honda) +0:50.077.

Resultados da segunda corrida da categoria MXGP: 
1. Gautier Paulin (FRA / Kawasaki) 35:04.471
2. Steven Frossard (FRA / Kawasaki) +0:02.773
3. Antonio Cairoli (ITA / KTM) +0:09.941
4. Maximilian Nagl (GER / Honda) +0:13.124
5. Jeremy Van Horebeek (BEL / Yamaha) +0:20.093
6. Clement Desalle (BEL / Suzuki) +0:23.932
7. Tommy Searle (GBR / Kawasaki) +0:25.651
8. Kevin Strijbos (BEL / Suzuki) +0:38.386
9. Evgeny Bobryshev (RUS / Honda) +1:02.213
10. Joel Roelants (BEL / Honda) +1:05.317

Overall da categoria MXGP no Qatar:
1. Gautier Paulin (FRA / KAW) 45 pontos
2. Maximilian Nagl (GER / HON) 43
3. Antonio Cairoli (ITA / KTM) 42
4. Steven Frossard (FRA / KAW) 40
5. Jeremy Van Horebeek (BEL / YAM) 32
6. Tommy Searle (GBR / KAW) 29
7. Clement Desalle (BEL / SUZ) 27
8. Kevin Strijbos (BEL / SUZ) 27
9. Evgeny Bobryshev (RUS / HON) 25
10. Joel Roelants (BEL / HON) 22 pontos

Campeonato dos fabricantes na categoria MXGP: 
1. Kawasaki 45 pontos
2. Honda 43
3. KTM 42
4. Yamaha 32
5. Suzuki 29
6. Husqvarna 17
7. TM 16 pontos

Categoria MX2

Jeffrey Herlings fez tudo que ele precisava fazer no final de semana, vencer a etapa de abertura. Embora os resultados e a pilotagem não estivessem a seu padrão, e suas largadas ruins também não ajudaram, o holandês ainda conseguiu conquistar a vitória no geral graças a seus primeiro e segundo lugares nas corridas.

Dylan Ferrandis apertou os parafusos no final de semana quando ele venceu a corrida de abertura na frente do atual campeão. Na segunda corrida, Ferrandis parecia ter dificuldades com a terra complicada de Losail, mas ainda assim conseguiu terminar em sexto lugar, ficando em segundo no geral. Depois, ele mesmo admitiu que seu resultado na segunda corrida foi devido a poeira em seus olhos.

Quem subiu no terceiro degrau do pódio da categoria no Qatar pelo segundo ano consecutivo foi Romain Febvre que fez duas corridas consistentes e ficou em terceiro no geral.

Forçado a se contentar na quarta colocação por um ponto, Arnaud Tonus da CLS /  Kawasaki / Monster teve que fazer uma corrida de recuperação depois que um acidente na primeira corrida o deixou em último. A sensação da Suíça se recuperou e conseguiu terminar a primeira corrida em décimo, guardando seu real momento de brilhantismo para a segunda corrida quando ele largou fora dos 15 primeiros e terminou na cola da roda traseira de Herlings, em segundo lugar.

Completando o top 5 veio o piloto KTM / Silver Action, José Butron, que teve uma noite de altos e baixos nos Emirados Árabes quando ele conquistou os dois prêmios de holeshot Fox Head e uma quarta colocação na primeira corrida. Infelizmente, o espanhol só conseguiu terminar a segunda corrida em oitavo depois de bater com Thomas Covington da Monster / Kawasaki Racing enquanto os dois brigavam pela segunda posição.

Em compensação, a noite foi desapontadora para Max Anstie da Bike it Yamaha / Cosworth quando duas estrelas incríveis o viram despontar na liderança e abrir vantagem. O inglês amigável estava em ‘modo fera’, elevando a barra a outro nível. Com a liderança nas duas baterias de mais seis segundos e em um momento com mais de vinte segundos na frente do fenômeno holandês, Jeffrey Herlings, problemas com a moto viram sua primeira chance genuína a uma vitória de GP escapar por seus dedos.

Enquanto isso, Thomas Covington rasgou o desafiador circuito de Losail quando ele ultrapassou José Butron pela segunda posição. O jovem americano, em sua estreia no campeonato Mundial MX2, se garantiu sozinho contra um exército de estrelas experientes da MX2 apenas para ser ultrapassado por Arnaud Tonus restando duas voltas para terminar a segunda corrida.

Resultados da primeira corrida da categoria MX2: 
1. Dylan Ferrandis (FRA / Kawasaki) 33:53.328
2. Jeffrey Herlings (NED / KTM) +0:00.329
3. Glenn Coldenhoff (NED / Suzuki) +0:02.209
4. Jose Butron (ESP / KTM) +0:13.569
5. Romain Febvre (FRA / Husqvarna) +0:13.882
6. Aleksandr Tonkov (RUS / Husqvarna) +0:21.091
7. Jordi Tixier (FRA / KTM) +0:26.905
8. Tim Gajser (SLO / Honda) +0:30.193
9. Valentin Guillod (SUI / KTM) +0:32.229
10. Arnaud Tonus (SUI / Kawasaki) +0:36.827

Resultados da segunda corrida da categoria MX2:
1. Jeffrey Herlings (NED / KTM) 33:49.169
2. Arnaud Tonus (SUI / Kawasaki) +0:01.204
3. Thomas Covington (USA / Kawasaki) +0:07.646
4. Romain Febvre (FRA / Husqvarna) +0:09.683
5. Aleksandr Tonkov (RUS / Husqvarna) +0:10.437
6. Dylan Ferrandis (FRA / Kawasaki) +0:12.271
7. Jordi Tixier (FRA / KTM) +0:12.453
8. Jose Butron (ESP / KTM) +0:13.740
9. Christophe Charlier (FRA / Yamaha) +0:14.739
10. Tim Gajser (SLO / Honda) +0:15.526

Overall da categoria MX2 no Qatar: 
1. Jeffrey Herlings (NED / KTM) 47 pontos
2. Dylan Ferrandis (FRA / KAW) 40
3. Romain Febvre (FRA / HUS) 34
4. Arnaud Tonus (SUI / KAW) 33
5. Jose Butron (ESP / KTM) 31
6. Aleksandr Tonkov (RUS / HUS) 31
7. Glenn Coldenhoff (NED / SUZ) 29
8. Jordi Tixier (FRA / KTM)
9. Tim Gajser (SLO / HON) 24
10. Christophe Charlier (FRA / YAM) 21 pontos

Campeonato dos fabricantes da categoria MX2:
1. KTM 47 pontos
2. Kawasaki 47
3. Husqvarna 34
4. Suzuki 29
5. Honda 24
6. Yamaha 21 pontos

MXGP do Qatar – Curiosidades

Tamanho do circuito: 1595 metros

Temperatura: 23°C

Condições climáticas: vento

Público presente: 7.000

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly