Brasileiros confirmados no Mundial de MX em Penha

Por Divulgação | Foto por Divulgação | 07 de Março de 2014 - 22:50

Nos dias 29 e 30 de março a cidade de Penha, Santa Catarina, receberá no final do mês o Mundial de Motocross. A CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) enviou comunicado no mês de janeiro aos pilotos das categorias MXGP e MX2, que participaram do campeonato Brasileiro de Motocross em 2013 e foram considerados aptos a participar da etapa do Mundial conforme o ranking e o nível técnico exigido pela organização:

Categoria MXGP

– Antonio Jorge Balbi Jr.

– Wellington Garcia

– Marcello Lima

– Jean Ramos

– Pipo Castro

– Roosevelt Assunção

– Thales Vilardi

– Anderson Cidade

– Rafael Faria

Categoria MX2

– Eduardo Lima

– Hector Freitas Assunção

– Endrews Armstrong

– Marçal Müller

– Gustavo Pessoa

– Anderson Amaral

– Fabio Aparecido dos Santos

– Gustavo Amaral

– Rodrigo Lama

Mas, alguns competidores não confirmaram a participação na etapa. A CBM adotou a decisão de comunicar outros pilotos antes do encerramento das inscrições. Também foi considerado o nível técnico dos competidores para entrar na disputa do Mundial.

Os confirmados são:

Categoria MXGP

– Antonio Jorge Balbi Jr.

– Wellington Garcia

– Jean Ramos

– Anderson Cidade

– Thales Vilardi

– Rafael Faria

– Carlos Campano

– Paulo Alberto

– Jetro Salazar

Categoria MX2

– Hector Assunção

– Endrews Armstrong

– Anderson Amaral

– Rodrigo Lama

– Fabio Aparecido

– Caio Lopes

Pilotos estrangeiros

Para melhor entendimento dos apaixonados pelo esporte, os pilotos estrangeiros, que vivem no Brasil e participam de competições nacionais, só podem se inscrever em competições internacionais via CBM. Quando esses competidores vêm correr no Brasil é exigida uma carta de desfiliação do seu país de origem.

Por estarem filiados a Confederação Brasileira de Motociclismo somente a CBM pode efetuar junto a FIM a inscrição do piloto em qualquer GP do Mundo.

Diferente do Motocross das Nações, em que só podem participar pilotos nascidos no Brasil já que irão representar o País, no Mundial de MX os estrangeiros podem competir desde que estejam aptos conforme os critérios exigidos pela organização.

JorgeBalbiJúnior

Jorge Balbi Jr.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly