Curiosidades do AMA Supercross em Rutherford

Por Mariah Morgado | 26 de abril de 2014 - 10:09

Curiosidades da categoria 450 em East Rutherford

Esta será a sexta vez que o gate vai cair em East Rutherford para uma etapa do AMA Supercross.

O MetLife Stadium sediou o Super Bowl 48 e vai sediar sua primeira corrida do AMA Supercross.

Rick Johnson venceu a primeira corrida que aconteceu em East Rutherford em 1987. Ele ficou em segundo no campeonato daquele ano.

Em 1988, Johnson venceu o main event pela Honda e depois venceu o campeonato daquele ano.

Ao lado de Johnson no pódio de 1988 estavam George Holland e Jeff Leisk, foi a primeira vez que a Honda dominou o pódio na temporada de 88 e a sua nona vez na história.

A segunda corrida em East Rutherford aconteceu no dia 06 de Maio de 1989 e Jeff Stanton venceu pela Honda e ainda venceu o campeonato daquele ano.

No pódio de 1989, quem completou o pódio foram Mickey Dymond pela Honda e O’Mara pela Suzuki.

A terceira corrida foi no dia 19 de Maio de 1990 e Jean-Michael Bayle venceu pela Honda. Jeff Ward e Damon Bradshaw se uniram a Bayle no pódio daquele ano. Jeff Stanton venceu p campeonato de 1990.

A quarta corrida aconteceu no dia 18 de Maio de 1991 e Stanton venceu pela Honda ao lado de Bradshaw e Mike LaRocco. Stanton também venceu o campeonato de 1991.

A Honda é invicta em New Jersey.

Em duas das quatro corridas em East Rutherford, o vencedor da etapa venceu o campeonato.

Em 10 dos últimos 16 jogos do Super Bowl que aconteceram nos mesmos estádios que receberam corridas do AMA Supercross, o NFC venceu 10 jogos comparados aos seis da AFL (o Seattle Seahawks, mais recentemente, em 2014).

Quando haviam corridas de supercross no mesmo estádio que o Super Bowl no mesmo ano, Jeremy McGrath tem o recorde de quatro vitórias, Bob Hannah e Chad Reed tem duas vitórias cada um.

A Honda e a Yamaha venceram seis corrida no estádio que recebeu o supercross e o Super Bowl, a Kawasaki tem duas e a Bul-Taco tem uma vitória.

Número de vitórias por marcas na 450 em East Rutherford

Honda

Recapitulando a categoria 450 em Seattle

Andrew Short faturou um oitavo lugar, ele tem ficado entre os dez primeiros em 15 das 16 corridas. Em suas 36 largadas anteriores, ele ficou de fora do top 10 por apenas três vezes.

Short também é o atual líder das largadas consecutivas com 36 main events diretos, Ryan Dungey está com uma corrida atrás, com um total de 35.

Ken Roczen conquistou uma sétima posição, foi o seu 13º top 10 da temporada.

Trey Canard conquistou uma sexta posição e ele tem estado no top 6 em todas as suas três primeiras corridas após a lesão.

Justin Barcia faturou seu quinto top 5 consecutivo e nono top 5 da temporada.

Eli Tomac conquistou seu terceiro top 5 da temporada, ficando em quarto lugar.

Dungey  conquistou seu nono pódio da temporada com um terceiro lugar.

James Stewart conquistou seu oitavo pódio da temporada e terceiro resultado na segunda posição.

Foi a 70ª vitória da carreira de Ryan Villopoto no AMA. Ele se tornou o primeiro piloto na história da categoria 450 a ter cinco temporadas consecutivas com pelo menos cinco vitórias.

Curiosidades da categoria 250 em East Rutherford

Em 1988, LaRocco venceu o main event pela Yamaha, foi a segunda vitória de sua carreira.

Em 1989, Bradshaw venceu o main event pela Yamaha.

Em 1990, Denny Stephenson venceu pela Suzuki e foi o campeão da temporada.

Em 1991, Brian Swink venceu pela Honda. Foi sua última vitória pela Honda. Ele foi o vencedor da temporada.

Em três das quatro corridas em East Rutherford, por três vezes o vencedor da etapa venceu o campeonato.

Número de vitórias por marcas na 250 em East Rutherford

Yamaha

Suzuki

Honda

Recapitulando a categoria 250 em Seattle

Martin Davalos conquistou a segunda vitória de sua carreira na categoria.

Justin Bogle terminou em segundo, conquistando seu terceiro pódio consecutivo em sete corridas, ele agora tem cinco pódios.

Blake Baggett conquistou seu quarto pódio da temporada, na terceira posição.

Kyle Cunningham empatou seu melhor resultado da temporada com uma quarta posição.

AJ Catanzaro conquistou seu primeiro top 5 da temporada, ficando em quinto lugar.

Gannon Audette conquistou seu primeiro top 10 desde Las Vegas em 2011.

Ano – Estádio – Piloto – Marca- Vencedor

1974 – Houston – Jim Pomeroy – Bul-Taco – AFC

1978 – New Orleans – Bob Hannah – Yamaha – NFC

1982 – Pontiac  – Bob Hannah  – Honda – NFC

1983- Pasadena – Broc Glover – Yamaha –  NFC

1989 – Miami – Rick Johnson – Honda – NFC

1993 – Pasadena – Jeremy McGrath – Honda – NFC

1994 – Atlanta – Jeremy McGrath – Honda – NFC

1998 – San Diego – Jeremy McGrath – Yamaha – NFC

2000 – Atlanta – Jeremy McGrath – Yamaha – NFC

2002 – New Orleans – Ricky Carmichael – Honda – AFC

2003 – San Diego – Chad Reed – Yamaha – NFC

2004 – Houston – Chad Reed – Yamaha – AFC

2006 – Detroit – James Stewart – Kawasaki – AFC

2011- Dallas – Trey Canard – Honda – NFC

2012 – Indianapolis – Ryan Villopoto – Kawasaki – NFC

2014 – New Jersey – ? – ? – NFC

Número de voltas lideradas na 450 em 2014

Ryan Villopoto – 144 voltas

James Stewart – 84

Ryan Dungey – 24

Chad Reed – 23

Ken Roczen – 21

Justin Brayton – 13

Justin Barcia – 11

Mike Alessi – 9

Cole Seely – 1 volta

Número de voltas lideradas na 250 em 2014

Cole Seely – 67 voltas

Martin Davalos – 42

Adam Cianciarulo – 34

Jason Anderson – 21

Justin Hill – 20

Justin Bogle – 15

Blake Baggett – 14

Dean Wilson – 12 voltas

Prêmio do Holeshot da 450 em 2014

Anaheim 1 – Ryan Villopoto

Phoenix – Matt Moss

Anaheim 2 – Ryan Dungey

Oakland – Vince Friese

Anaheim 3 – James Stewart

San Diego – Andrew Short

Arlington – Ryan Dungey

Atlanta – Mike Alessi

Indianapolis – Mike Alessi

Daytona – Ryan Villopoto

Detroit – Cole Seely

Toronto – Ken Roczen

St. Louis – Mike Alessi

Houston – Ryan Villopoto

Seattle – Ken Roczen

Prêmio do Holeshot da 250 em 2014

Anaheim 1 – Jason Anderson

Phoenix – Cooper Webb

Anaheim 2 – Cooper Webb

Oakland – Dean Wilson

Anaheim 3 – Cole Seely

San Diego – Dakota Tedder

Arlington – Adam Cianciarulo

Atlanta – Adam Cianciarulo

Indianapolis – Vince Friese

Daytona – Martin Davalos

Detroit – Martin Davalos

Toronto – Justin Bogle

St. Louis – Martin Davalos

Houston – Jessy Nelson

Seattle – Dean Wilson

ais rápidos nos treinos classificatórios da 450 em 2014

Anaheim 1 –Justin Barcia

Phoenix – Ryan Villopoto

Anaheim 2 – Justin Brayton

Oakland – Ryan Villopoto

Anaheim 3 – Ryan Villopoto

San Diego – James Stewart

Arlington – Ken Roczen

Atlanta – James Stewart

Indianápolis – James Stewart

Daytona – Dean Wilson

Detroit – Ryan Villopoto

Toronto – James Stewart

St. Louis – James Stewart

Houston –  Ryan Villopoto

Seattle – Ken Roczen

Mais rápidos nos treinos classificatórios da 250 em 2014

Anaheim 1 – Dean Wilson

Phoenix – Jason Anderson

Anaheim 2 – Jason Anderson

Oakland – Dean Wilson

Anaheim 3 – Dean Wilson

San Diego – Jason Anderson

Arlington – Martin Davalos

Atlanta – Adam Cianciarulo

Indianapolis – Adam Cianciarulo

Daytona – Adam Cianciarulo

Detroit – Adam Cianciarulo

Toronto – Martin Davalos

St. Louis – Martin Davalos

Houston – Jason Anderson

Seattle – Dean Wilson

Classificação do campeonato 450 2014 após quinze etapas
1. Ryan Villopoto – 318 pontos (5 Vitórias)
2. James Stewart – 270 (5 Vitórias)
3. 
Ryan Dungey – 267 (1 Vitória)
4. Ken Roczen – 249 (2 Vitórias)
5. Justin Barcia – 214
6. Justin Brayton – 196
7. Andrew Short – 194
8. Broc Tickle – 126
9. Josh Hill – 124
10. Wil Hahn – 122
11. Chad Reed – 111 pontos (2 Vitórias)

Classificação do Campeonato 250 Costa Oeste após sete etapas
1. Jason Anderson – 178 pontos (5 Vitórias)
2. Cole Seely – 170 (1 Vitória)
3. 
Justin Hill – 139 (1 Vitória)
4. Dean Wilson – 138 (1 Vitória)
5. Cooper Webb – 121
6. Malcolm Stewart – 121
7. Jessy Nelson – 103
8. Zach Osborne – 100
9. Shane McElrath – 96
10. Jake Canada – 72 pontos

 

Classificação do Campeonato 250 Costa Leste após sete etapas
1. Martin Davalos – 149 pontos (2 Vitórias)
2. Justin Bogle – 141 (1 Vitória)
3. Adam Cianciarulo – 120 (3 Vitórias)
4. Blake Baggett – 100 (1 Vitória)
5. Vince Friese – 100
6. Kyle Cunningham – 94
7. 
Cole Thompson – 89
8. 
Matt Lemoine  – 74
9. Alex Martin – 72
10. James Decotis – 65 pontos

AMA-logo2

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly