Todd Waters fora do GP da Holanda

Por Mariah Morgado | Foto por Divulgação | 26 de abril de 2014 - 8:10

A Husqvarna Motorcycles anunciou a imprensa hoje que o piloto da equipe Red Bull / IceOne / Husqvarna Factory Racing, Todd Waters, sofreu múltiplas lesões em um acidente enquanto treinava em Eersel, na Holanda, na última quarta-feira, 23 de Abril de 2014.

Todd quebrou a tíbia e fíbula esquerdas, uma fratura limpa no meio dos dois ossos, e também uma fratura em sua clavícula direita e uma pequena fratura no quadril direito. Ele passou por cirurgia ontem a noite no Hospital da Universidade de Eindhoven que é especializado em ortopedia esportiva, onde os médicos inseriram com sucesso um parafuso tibial em sua perna esquerda. É esperado que ele seja liberado do hospital nos próximos dias.

Todd Waters esteve envolvido em um acidente grave enquanto treinava na areia se preparando para a sexta etapa do campeonato Mundial de Motocross que acontecerá no dia 4 de maio em Valkenswaard, na Holanda. Em um salto cego, ele se deparou com um acidente de vários pilotos. Incapaz de tomar uma ação evasiva, o jovem australiano pousou em uma moto caída e se machucou.

O australiano atualmente está em sétimo na classificação da MXGP e espera-se que volte a ação em cerca de três meses. A Husqvarna deseja a Water tudo de melhor para uma recuperação rápida.

Antti Pyrhönen: “Esse foi um dia de azar. Basicamente, Todd teve uma grande falta de sorte. Mas acontece e temos que aceita e focar em sua recuperação. Todd é uma pessoa positiva e forte, tenho certeza que ele vai voltar mais cedo do que esperamos. Realmente é uma pena, mas não foi um erro dele. Todd estava indo muito bem nessa temporada, melhorando o tempo todo. Os médicos lhe disseram que pode levar três meses até que ele volte a sua forma completa. A equipe estará o apoiando completamente durante esses tempos desafiadores.”

ImageProxy

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly